Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Imposto sindical

Funcionários da CUT ameaçam entrar em greve contra plano de demissões

A dita reforma trabalhista acabou com o imposto sindical obrigatório. Por causa disso, a Central Única dos Trabalhadores iniciou um Plano de Demissão Incentivada (PDI). E contra ele, os empregados da entidade ameaçaram entrar em greve, segundo o jornal Folha de S.Paulo.

O PDI abrange todas as direções estaduais da CUT, segundo o jornal, e acabará no dia 4 de dezembro. Se o resultado não for satisfatório, um processo de demissão será iniciado. Vagner Freitas, presidente da entidade, afirmou que os trabalhadores foram consultados. "Diferentemente das empresas, os trabalhadores foram consultados. Não é um momento de felicidade", disse à Folha.

Revista Consultor Jurídico, 18 de novembro de 2017, 11h40

Comentários de leitores

4 comentários

Ah, a ironia.

Drake (Advogado Assalariado - Eleitoral)

Notícia mais gostosa que já foi publicada na Conjur. Vou deixar salva para a eternidade.

CUT

O IDEÓLOGO (Outros)

A CUT trai as suas origens.
Vão embora pelegos para a Coreia do Norte.

Lulinha vem aí

LeandroRoth (Oficial de Justiça)

Calma meu povo.
.
Com o retorno do Lulinha, o qual segundo as pesquisas pode até ganhar em primeiro turno, voltará a jorrar dinheiro público (meu, seu e nosso) na CUT (Covil Único dos Trapaceiros), UNE (União Nacional dos Esquerdistas) e outras entidades chapa-branca e parasitárias.
.
Aliás, quem também jorrava dinheiro nessas entidades era o Hugo Chavez. Acabou que deu no que deu por lá.
.
Por fim, é bom lembrar que essa mesma CUT, e a UNE também, fizeram vigorosos protestos em 2007 e 2008 contra as investigações que então apenas engatinhavam de desvios na Petrobras. Saíram as ruas dizendo que tudo era uma conspiração para privatizar este grande tesouro do país.
.
E a mentalidade de esquerda segue querendo mais Estado, sem perceber que o que gera riqueza e elimina a escassez (pobreza, miséria, etc) é uma economia produtiva, com ambiente favorável ao empreendedorismo. Quanto maior o Estado, menor o povo.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/11/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.