Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mês da conciliação

Em mutirão, 64% das audiências com imobiliárias no RJ acabam em acordo

Nos três primeiros dias de audiências com empresas do ramo imobiliário, durante a 12ª Semana Nacional de Conciliação, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro alcançou o índice de 63,89% de acordos fechados entre clientes e empresas, reduzindo o estoque de processos.

Especialistas consideram o setor imobiliário um dos que apresentam mais dificuldades na resolução alternativa de conflitos. O mutirão acontece durante todo o mês de novembro entre consumidores e companhias como Light, Claro, Telemar, Itaú e Bradesco.

A campanha concentrada do TJ-RJ tem expectativa de alcançar o maior índice de acordos possíveis nas cerca de 50 mil audiências previstas em todos os juizados especiais cíveis do estado. Somente no Centro Permanente de Conciliação do Fórum Central devem ocorrer cerca de 2.200 audiências.

A Semana Nacional de Conciliação, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça em todos os tribunais de Justiça do país, ocorre entre 27 de novembro e 1º de dezembro. Mas neste ano, o TJ-RJ se antecipou e iniciou a campanha no dia 30 de outubro, ampliando a duração da campanha para 30 dias.

As ações estão sendo coordenadas de forma integrada pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), presidido pelo desembargador Cesar Cury, e pela Comissão Judiciária de Articulação dos Juizados Especiais (Cojes), presidida pelo desembargador Joaquim Domingos, e tem alcance estadual. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 8 de novembro de 2017, 11h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/11/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.