Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Grata, Dr. Resec

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Devemos considerar a sua abalizada opinião e tentar fazer chegar às defensoras americanas a sugestão de que devem atender os presos vestidas com roupas especiais impermeáveis, bem como capacetes espelhados que cubram todo o rosto à semelhança das roupas dos astronautas. Eu estou falando muito sério.

É o fim da picada

Resec (Advogado Autônomo)

As próprias prejudicadas não permitiram que o projeto de lei tivesse sucesso, por não concordar que tal atitude fosse considerada como crime? É o fim! Oras, se a legislação passar a considerar um ato como crime, assim o será! Essa proteção absurda e ridícula das próprias vítimas é ajuda o problema a chegar a tal ponto. Pergunte para o preso masturbador se ele está comovido com a atitude delas ou se esse comportamento é resultante de traumas sofridos pela prisão. Ele irá rir da sua cara ou fazer coisa pior.

E deviam cortar a língua de certas mulheres

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

A que ponto chegamos. Pessoas ficam confinadas em celas de prisão como gado durante anos sem atividades que cultivem o lado intelectual, artístico, criativo, ético ou o que valha em termos de humanização e querem que essas pessoas comportem-se como cavalheiros elegantes seguidores de regras de etiqueta. O próprio encarceramento desencadeia, em muitos casos, problemas de saúde mental. A "castração química" não é punição, mas um tratamento ao qual o condenado precisa aderir, além de acompanhamento psicoterapêutico. Se existem pessoas que se deixaram dominar pelo "irracional", cabe aos de "mente sã" encontrar soluções racionais, fundamentadas na Ciência e não responder com mais irracionalidade. Quem estuda períodos de tortura política em determinados contextos históricos de determinados países chega à conclusão de que os danos psicológicos da tortura são muito piores do que os danos físicos causados ao torturado, PORÉM os danos psicológicos causados pela tortura no TORTURADOR parecem ser irreversíveis. Então, quando depararmos com certos comportamentos que não conseguirmos racionalizar, é preciso tratar do assunto com muita Ciência e muita consciência e num trabalho sério de equipe.

Fácil a resolução!

Neli (Procurador do Município)

Fácil a resolução!Castrar quimicamente esses criminosos. Aliás, os criminosos sexuais, inclusive assediadores(em ônibus urbanos), deveriam ser castrados quimicamente. Se determinados homens não controlam o instinto animalesco, façam como se faz com animais :castra!

Desvirtuamento

Observador.. (Economista)

"Ela disse que ela, que já foi vítima dessa prática algumas vezes, e suas colegas defensoras públicas se recusam a denunciar os presos, quando eles se masturbam ou apenas mostram o pênis a elas, durante o trabalho, porque a função da Defensoria é defender os acusados de qualquer tipo de delito, não de acusá-los."

Isso mostra, no meu entender, o desvirtuamento e a má compreensão do que vem a ser a "defesa de alguém".
Defender sob quaisquer circunstâncias, para mim, é um estímulo a que certas práticas continuem.

Vivemos uma era onde se quer negar o lado humano primitivo, sem ideais e irracional que possa existir.
Criaram-se discursos utópicos que mais tem feito mal, às pessoas, do que bem.

Há pessoas que não tem como serem recuperadas.
Há distúrbios mentais que estão sendo confundidos com meros caprichos, desejos ou anseios naturais de alguém.
E há que se separar o ideal de defesa, da aceitação de todo tipo de conduta por aquele que está sendo acusado.

Comentar

Comentários encerrados em 14/11/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.