Consultor Jurídico

Patrocinados

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Livro discute insegurança jurídica e jurisprudência tributária do Supremo

Obra pode ser adquirida na Livraria ConJur.

Quando discute matéria tributária, o Supremo Tribunal Federal não tem parâmetros claros de análise. É o que defende o professor Luciano Felício Fuck, secretário-geral da presidência do Tribunal Superior Eleitoral, em seu novo livro Estado Fiscal e Supremo Tribunal Federal. A obra será lançada no dia 8 de novembro, em Brasília.

O livro resulta da tese de doutorado em Direito de Fuck, Supremo Tribunal Federal e a Concretização dos Direitos Fundamentais no Sistema Tributário Constitucional Brasileiro, defendida na USP em março de 2015. No texto, ele afirma que o Supremo não tem dado segurança jurídica aos contribuintes e nem às autoridades fiscais em suas decisões em matéria tributária.

Para o professor, a demora em apreciar casos paradigmáticos, a "oscilação da jurisprudência" e a alta concentração de competências na área transformam o STF num fator de instabilidade. Com tantos poderes, defende Fuck, também deve ser papel da corte "considerar o delicado equilíbrio entre a proteção dos contribuintes e a necessidade de o Estado arrecadar".

Clique aqui para comprar o livro na Livraria ConJur.

Revista Consultor Jurídico, 1 de novembro de 2017, 8h51

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/11/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.