Consultor Jurídico

Notícias

Massacre de Pedrinhas

Estado do Maranhão é condenado a indenizar familiares de mortos na prisão

Comentários de leitores

6 comentários

Justiça injusta

O Ninfador (Outros)

Algumas perguntinhas básicas:
1) Se é para indenizar familiares de presidiários, por que não indenizam também as famílias daqueles que morreram vítimas desses mesmos presidiários?
2) Se é para indenizar, o certo não era a "justa"(hã? hehehehe!!) justiça maranhense indenizar mexendo no bolso das autoridades incompetentes e inócuas na época dessas chacinas (dentre eles o ex-Secretário da Segurança Pública do Maranhão e a ex-Governadora "sarnenta", a corrupta Roseana, filha do coronel bigodudo?
Enfim, pena de morte para bandidos, pois quem assassina, estrupa e desvia dinheiro público tem que morrer mesmo!

R$100.000.00

Professor Edson (Professor)

Tem que indenizar sim, todo cidadão assassinado nesse país dentro ou fora dos presídios a família merece indenização, o presidiário é culpa do estado e o cidadão solto também, afinal de contas o cidadão solto paga imposto para ter segurança, portanto é culpa do estado, vamos lá...são 60 mil homicídios por ano 100 "pau" pra cada um....bem ..dá pra fazer um belo pé de meia.

chega a ser engraçado... afinal querem se juntar a CUBA?

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Primeiro, não me identifico com corrente partidária alguma, mas julgo-me com suficientes neurônios para considerar causa de risco de dano cerebral permanente a leitura de alguns "pensadores da direita" brasileira... As mesmas frases de efeito, um mais nervoso que o outro, um com fixação freudiana por orifícios diante da total incapacidade de suportar a divergência, erros crassos de lógica...frases de efeito vazias...
O que é engraçado em alguns seguidores do "pensamento liberal de direita" em situações como essa é que defendem uma situação que pode levar o Brasil, adiante, a ser excluído da OEA.
Vem aí o caso Herzog vs. Brasil, no cumprimento da Sentença Gomes Lund a CorteIDH critica abertamente o STF, a Corte Interamericana irá realizar vistoria em presídios, Pedrinhas é objeto de medidas provisionais, cautelares contra o Estado Brasileiro na CorteIDH há anos... O STF não tomou posição do nada... já está mal na fita, se recusa a fazer controle de convencionalidade...
O que considero risível é se defender posições que no final poderão levar o Brasil a ser excluído da OEA.
E o que isso tem de engraçado? O único país das Américas excluído da OEA é Cuba, e a extrema direita brasileira, que sofre de daltonismo, qualquer contrariedade enxerga a cor vermelha, tem como um dos jargões o "vai pra Cuba, vai viver em Cuba" com um quê de imprecação, impropério...

Quanto a obrigação dos presos indenizarem as vítimas, está no artigo 387, IV, do CPP, decorre do artigo 66 do CPP, e o que era antes o quadro de "executar dívida de quem não tem nada é pedir esmola ao diabo", agora os condenados terão algum numerário para arresto. Aí vem o problema. Falam tão mal dos advogados, falam tão mal da Defensoria Pública, quem vai ingressar com ações judiciais de reparação?

Verdade.

Bellbird (Funcionário público)

Sugerir que as vítimas destas criaturas inocentes entrem como terceiros juridicamente interessados a fim de bloquear tais pagamentos para serem ressarcidos pelos prejuízos causados pelos anjinhos.

Dinheiro público realmente é uma beleza...

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

Cada um faz o que quer, ninguém precisa prestar contas pra ninguém, e a sociedade sempre se ferra tendo que bancar a farra feita por burocratas que vivem no mundo da fantasia.

Agora além da sociedade ter que aceitar as agressões e todo o terrorismo imposto por esses malandros ela também terá que sustenta-los de maneira forçada.

Mas eu quero ver é quem vai indenizar as vitimas desses criminosos contumazes, mas a vitima que se dane ninguém se preocupa com elas, o negócio é proteger bandido.

Quanta agilidade e eficiência.....

daniel (Outros - Administrativa)

Mas, o curioso é que as vítimas dos bandidos não conseguem a indenização com tanta rapidez......

Comentar

Comentários encerrados em 18/03/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.