Consultor Jurídico

Notícias

Presidente gravado

OAB entrega à Câmara dos Deputados pedido de impeachment de Temer

Comentários de leitores

5 comentários

OAB

O IDEÓLOGO (Outros)

A OAB cumpre o seu papel institucional. E parabéns pela coragem, porque o presidente Temer, além de jurista, é advogado.
Vamos cortar na carne.
Avante OAB!!!

Isso é ou não é ingratidão da OAB ?

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

O Presidente Temer indignado, deve está cantando: o refrão da música: Vou festejar: gravada por Beth Carvalho: OAB, “Você pagou com traição/ A quem sempre/ Lhe deu a mão”. Vejam Senhores a incoerência e a ingratidão da OAB. Em 19/05/2014, OAB homenageou Michel Temer por ter sido o autor do art. 133 da CF: "O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei”, e por ele ter sancionado a Lei nº 11.767/08 que dispõe sobre à inviolabilidade do local e instrumentos de trabalho do advogado, bem como de sua correspondência”.
Sem querer adentrar no mérito da questão, em tela, creio que antes de qualquer proposta oportunista, OAB deveria aguardar o laudo técnico das gravações clandestinas e muito bem arquitetadas e não obstante respeitar a ampla defesa e o (Due Process of Law), ou seja e devido processo legal de que trata o (art. 5º LIV – LV da Constituição.
Essa proposta descabida não é novidade. OAB só entra no jogo para lucrar alto: No Impeachment do ex-Presidente Collor ela foi agraciada com o seu pernicioso, famigerado caça-níquei$, exame da OAB, (bullying social), uma chaga social que envergonha o país dos desempregados. Criam-se dificuldade para colher facilidades. Estima-se que nos últimos vinte e um anos, OAB abocanhou extorquindo com altas taxas de inscrições e reprovações em massa quase R$ 1.0 bilhão de reais, sem nenhuma transparência, sem nenhum retorno social e sem prestar contas ao TCU, triturando sonhos e diplomas, gerando desemprego.
Presidente Temer tem que deixar de ser omisso e em respeito ao primado do trabalho, os direitos humanos, e a crise do desemprego que assola o país, editar uma MP extirpando esse câncer, exame OAB

Dois Pesos duas Medidas

CesarMello (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

A OAB cada vez mais me decepciona.
No caso da PresidentA, havia clara violação à lei de responsabilidade fiscal (diversos clientes meus ficaram sem receber do governo por conta das pedaladas, então não venham me dizer que não existiram, pois vi empresas fecharem e dezenas de empregados serem demitidos em razão das supostas pedaladas que "nunca existiram"), sen contar a evidente dificuldade mental de até mesmo articular frases conexas. Mesmoa ssim a OAB levou 2 anos para pedir o Impeachmen, e quando o fez, Inês (ou Iolanda) já era morta, tendo feito só para "não ficar do lado errado da história", e muito a contragosto).
Agora, em 5 dias o fazem porque Temer não mandou prender imediatamente um Bravateiro (algo que só Bolsonaro faria, e, se o fizesse, lhe pediriam a cabeça por demonstrar desiquilíbrio e ser fascista e autoritário) e por receber um suspeito às "escondidas".
Oras, quantas vezes Iolanda recebeu seus suspeitos de estimação nas mesmas condições? Tentou até nomear o mais suspeito de todos para ministro!
OAB, tenha Coerência! Se não cabia o Impeachment de Iolanda, não cabe o de temer muito menos!
Se Cabe o de Temer, porque demoraram tanto para pedir o de Iolanda??
A OAB deveria gastar mais tempo cuidando dos ADVOGADOS que estão às traças e menos se metendo em Política.

Fundamentos

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Neste encontram-se fundamentos, mas no anterior, foi o maior fiasco e ação politiqueira desequilibrada!

telespectador/palhaçonocirco

Rafael Galimberti Lagares (Advogado Autônomo)

Quer dizer então que o Ex.Senhor Presidente recebe um dos maiores empresários brasileiros, a noite, acionista do governo, no uso de suas atribuições politicas, ou seja, estava praticando politica a la Banania, e aí a Oab decide pedir a retirada de um Presidente com base em provas ilicitas. Olha, passou da hora das instituições brasileiras se derem ao respeito, e mostrar realmente de que lado estão. Por que a dignimissima entidade não se preocupou em normatizar as delações ? fixando uma objetividade ?Até quando vamos ter que conviver com escândalos nas páginas dos jornais de áudios interceptados ilegalmente ? Será que a OAB sabe a importância que tem os parlamentares para a democracia? Será que Juízes e promotores estão tendo responsabilidade na condução dos processos e seus reflexos diretos na economia? Afinal, é muito fácil bradar justiça quando entra todo mês na sua conta 88 mil reais, e de quebra uma estabilidade, mas, a realidade é que a maioria dos brasileiros não detêm esses privilégios e sofre na mão desse circo todo.

Comentar

Comentários encerrados em 2/06/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.