Consultor Jurídico

Notícias

Resgate da história

Batizar Congonhas de Freitas Nobre simboliza resistência à ditadura militar

Comentários de leitores

6 comentários

Por hoje então, haveria novo golpe militar...

Mig77 (Publicitário)

Li alguns comentários e com todo respeito, discordo "A ditadura militar veio porque parcela preponderante da sociedade brasileira reivindicava o fim das balbúrdias que assolavam e desestabilizavam a política, a economia e a vida social do País."(Dr. Sérgio Niemeyer) então, a trazer para os dias atuais, justificaria um novo golpe militar?Entendo que o mais sensato seria indicar qual foi a causa real do golpe militar no Brasil.Outro comentário (sytote (Advogado Autônomo - Civil) diz que Freitas Nobre "participou de ações de roubo a bancos, e assassinato de pessoas" Então o pessoal da Resistência deveria ficar em casa fazendo rosinhas?Acho que todos sabem que o Poder" aquele do "Todo Poder Emana do Povo, e em seu Nome é Exercido" foi arrancado de suas mãos, COM ARMAS por generais golpistas que cuspiram na Constituição após terem jurado respeitá-la e honrá-la.Se em nome da balburdia podemos aceitar um golpe militar, então está na hora.O Presidente da República gravado em situação insustentável, mala com R$ 500 mil com o cara da "mais absoluta confiança do presidente", citado pelo próprio na gravação, "passe para ele "e mais os 14 milhões de desempregados, ex-presidente do Congresso cumprindo etapa em Curitiba, Chefe da Casa Civil idem, Min. da Fazenda idem, empreiteiros financistas da ditadura militar presos.Bilhões roubados do país.O que temos hoje, então, senão balburdia?Que venha o golpe então, está justificado.
Também somos hoje, resultado dos 21 anos de ditadura militar.O Brasil, na verdade, não deu certo.A solução teria que vir do povo (2ªClasse), o ativo, o que paga impostos.Os passivos (1ª Classe) , os que não geram renda, devem ficar de fora dessa.Com eles não deu certo.Talvez seja a hora de praticar alguns ensinamentos de Henry Thoreau.

1984

Alair Cavallaro Jr (Outros)

George Orwel sempre atual.
De qualquer forma vai continuar sendo CONGONHAS!

Às favas essa estória de simbolizar resistência à ditadura

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

A ditadura militar veio porque parcela preponderante da sociedade brasileira reivindicava o fim das balbúrdias que assolavam e desestabilizavam a política, a economia e a vida social do País.
Depois da derrubada do governo que não governava nada, é verdade que os militares se excederam. E muito! Castelo Branco, dizem, queria devolver o governo aos civis. Morreu antes disso e de completar seu mandato. Era militar. Em seu lugar entrou Costa e Silva, depois veio o Médici, o Geisel, e o Figueiredo. Com o Médici e o Geisel instalaram-se os anos de chumbo que macularam a ditadura e o progresso econômico alcançado naqueles tempos.
Mas daí a mudar o nome de Congonhas, para homenagear alguém que lutou contra a ditadura, não tem nada a ver.
Esses parlamentares deveriam honrar os votos que lhes guindaram ao posto que ocupam, e em vez de ficar propondo e votando matérias que em nada contribuem para melhorar o cenário brasileiro, deveriam ocupar-se de pesquisar os anseios do povo e preparar projetos capazes de lhes atender as reivindicações, entre as quais nunca figurou essa de mudar o nome do aeroporto de Congonhas.
Se o parlamentar que propôs a mudança tivesse sido honesto com seus eleitores e anunciado sua intenção de propor tal projeto de lei como plataforma de seu mandato, jamais teria sido eleito.
(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – Mestre em Direito pela USP – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

Qual a razão?

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

A mudança de nome do Aeroporto de Congonhas para Freitas Nobre é um desserviço a São Paulo, com todo o respeito. Não temos tantos locais importantes que possam ser rebatizados em homenagens póstumas. Alguém já imaginou o Parque Ibirapuera ser rebatizado de Presidente Lula quando este sujeito morrer? Tanto Lula quanto Dilma se opuseram ao regime militar como Freitas Nobre. E deu no que deu. Historicamente serão insignificantes como o é Freitas Nobre. Caso queiram homenageá-lo poderiam fazer um puxadinho na "Fundação Fernando Henrique Cardoso" denominando-o com o nome de Freitas Nobre que era do PSDB (e anteriormente do PMDB) quando faleceu, dois partidos que hoje são sinônimos de corrupção política.

Conjur reincidindo na discussao oca ja feita antes

hammer eduardo (Consultor)

Sou apreciador das matérias escritas por Pedro Canario porem desta vez não entendi a estranha necessidade de voltar ao mesmíssimo assunto abordado a poucos dias atrás.
Poucos lembram e alguns sequer já ouviram falar no Deputado Freitas Nobre que entretanto esta ligado a historia recente do Pais.
De qualquer maneira , e não pretendendo repetir TODO meu comentário anterior que alias foi fartamente corroborado por outros Debatedores , cabe-me apenas insistir na enorme inutilidade de uma medida claramente demagógica por parte de um politico apagado e que pelo visto não tem nada muito mais importante para se preocupar em nosso Pais semi-destruido e flertando perigosamente com alguma forma de revolução bolivariana.
Podem botar o nome que quiserem pois aquele Aeroporto sempre será Congonhas. A demagogia barata e rasteira apenas causará confusão e despesas inuteis por parte de Passageiros e Empresas que la operam.

Triste e inócua perda de tempo.

Comunista

sytote (Advogado Autônomo - Civil)

Esse freitas que não tem nada de nobre. Participou de ações de roubos a banco e assassinato de civis. Como pode ser homenageado.?????

Comentar

Comentários encerrados em 6/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.