Consultor Jurídico

Comentários de leitores

9 comentários

Grande mestre

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

Grande perda para o mundo jurídico.

Tributo à Profa. Ada

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Minhas homenagens à cultura, perspicácia, combatividade e afetuosidade da eminente Mestra Ada Pellegrini Grinover. Ensinou Direito e ensinou a advogar. Ensinou a enfrentar e a ceder. Ensinou uma boa maneira de viver. Que Deus a tenha!

R.I.P - professora Ada Pellegrini

Paulo Moreira (Advogado Autônomo - Civil)

Saudades de quando utilizei o livro dela de TGP no transcorrer da graduação. Todas as vezes em que abria o livro dela, dizia "bom dia, professora!", em alusão a um trecho do filme "Vai Trabalhar, Vagabundo" (1973), quando o personagem Dino -magistralmente interpretado por Hugo Carvana (R.I.P também)- é liberado da prisão.
Aliás, colega Neli (Procurador do Município), creio que não exista ninguém do ramo jurídico que não haja aprendido com a digníssima professora Ada Pellegrini. Quem disser que não, ou é mentiroso ou não é bacharel em Direito.

Cumpriu a Missão!

Neli (Procurador do Município)

Partiu da Terra quando cumpriu, com louvor, a sua Missão!
Que Deus lhe dê força, coragem e confiança na nova Caminhada.
Aprendi muito com a professora.

Eterna Professora

antonioCV (Juiz Estadual de 2ª. Instância)

Quando cursava a Faculdade de Direito do Largo São Francisco, anos 70, foi lançada a 1ª edição do Teoria Geral do Processo. Feliz coincidência. Mais gratificante ainda foi ter sido aluno da professora Ada, naquela disciplina. Agora, no início do ano, ela ministrou uma aula na Escola Paulista da Magistratura. Quando estávamos na sala dos professores, fez a mesma pergunta que fez ao Conjur: posso fumar aqui? Respondi, com todo o respeito: aqui a senhora pode fazer o que quiser. Haveria outra resposta que pudesse ser dada à eterna professora? O sentimento pela perda é profundo. E a gratidão pelos ensinamentos, imensurável. Antonio Carlos Villen. Desembargador. Diretor da Escola Paulista da Magistratura.

Brilhante jurista

O IDEÓLOGO (Cartorário)

A professora Ada destacou-se como processualista nos Regimes Políticos de Exceções. Porém, diante da CF/88 não conseguiu captar, totalmente, o momento de mudanças, como o deslocamento da ênfase do direito processual para o direito material, o desprezo à excessiva teorização do processo, a restrição à intensificação da dialética processual, substituída por prazos mais extensos para a prática de ato processual.

Perda irreparável

JOSÉ ANTONIO ALMEIDA (Advogado Sócio de Escritório - Eleitoral)

Tive a honra de privar com a Professora ADA PELLEGRINI GRINOVER em diversas ocasiões, como no Conselho Federal da OAB, que ambos integramos, ou na Comissão que elaborou o anteprojeto da Lei de Crimes Ambientais, uma das muitas contribuições dela ao aperfeiçoamento do ordenamento jurídico brasileiro, seu país de adoção, e pátria a que se dedicou a vida toda. Também honrou-me recepcioná-la em algumas das suas visitas ao meu Estado, o Maranhão, não só em atividades acadêmicas ou profissionais, mas também em prazerosos passeios nos Lençois Maranhenses. E como foram valiosos pareceres jurídicos por ela emitidos em causas sob meu patrocínio!
Trata-se de uma perda irreparável, de uma jurista como poucas, com lições memoráveis em diversas áreas, especialmente no processo penal e no processo civil, cuja contribuição ao Direito brasileiro é inestimável.
José Antonio Almeida, advogado e Professor do Curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão

Vá em paz

Gabriel Cabral Parente Bezerra (Advogado Autônomo - Tributária)

Jurista de referência! Obrigado por toda a sua contribuição ao Direito brasileiro.

Descanse em paz, professora Grinnover.

Sinceros sentimentos!

Luis Feitosa (Advogado Associado a Escritório - Criminal)

Suas lições permanecerão conosco!!!
Que seja calorosamente recebida por Deus!!!

Comentar

Comentários encerrados em 21/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.