Consultor Jurídico

Comentários de leitores

7 comentários

Substituto ?

Angelo Frizzo (Contabilista)

Foi "treinar" para substituir o Zavascky ? A "enrolação" da lava jato já está se derretendo. E os "interésses"? Tem que acabar logo com a Petrobras e entregá-la.

"Novas Ideias"

ju2 (Funcionário público)

Mas... São "novas ideias" em português ou em inglês? No STF ele não precisa ter "novas ideias". Basta apenas julgar conforme as leis. As brasileiras, melhor explicando.

Férias culturais

incredulidade (Assessor Técnico)

Evidentemente, o Ministro está de férias nos EUA. E nas férias dele, pode fazer o que quiser.
O problema, penso eu, são as tais férias.. Afinal, pelo que consta, esse é o segundo período de 30 dias...
Se nas férias o Ministro continua querendo contado com a ciência jurídica, então que ficasse aqui e adiantasse processos, oportunidade em que poderia continuar aperfeiçoando seus conhecimentos e, ao mesmo tempo, desafogando o Judiciário.

parabéns ao juiz

Ricardo T (Advogado Assalariado - Civil)

Parabéns ao Juiz da Corte Constitucional Brasileira. É preciso sair do "quarto de jack". Conhecer outras legislações, em especial o direito estrangeiro. Estudar é um ato de humildade. Criticar, sem fundamento em fato ou dados, não passa de sofismo.

A cultura americana

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Já que o ministro Barroso tem tanta admiração pela cultura americana, que vá fundo e estude todas as suas manifestações. Recomendo, especialmente, o documentário de Bill Still, disponível no youtube, cujo título é The Money Masters. Existe disponível uma versão com legendas em português "Os Mestres do Dinheiro The Money Masters português), assim mesmo, fechando parênteses, mas sem abrir, quem postou fez desse jeito.

Jurisvoyeurismo misantrópico

Rilke Branco (Outros)

Essa é a nossa juristocracia, em mais um ato de um exibicionismo fetichista egocentrista.
Como se não houvesse o que fazer aqui no Brasil do Judiciário emperrado e cortesão.
Alguém instale uma wi fi para a elite misantropa.

Desnecessário

Gilmar Rafael da Silva (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Não entendo a razão de um Ministro do nosso Egrégio Supremo Tribunal Federal ter de buscar reforços em sua sabedoria na doutrina e jurisprudência de tribunais estrangeiros.
Nossos problemas são diversos daqueles e tão evidentes que bastaria a estrita observação da Carta Magna de 1988. O resto é perfumaria. Modelos de discriminação, de falta de tolerância e de prepotência, por certo não tem dado certo.
No mais, parece que a tendência atual que nos impõe nossa casta, é ser dependente, inclusive juridicamente, de modelos de fora.
Uma vergonha.

Comentar

Comentários encerrados em 26/01/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.