Consultor Jurídico

Notícias

Luto na advocacia

Eleitoralista Alberto Rollo morre em São Paulo aos 71 anos

Comentários de leitores

4 comentários

Um exemplo de homem e profissional

paulão (Advogado Autônomo)

No início da carreira, meados dos anos 80, tive a honra de conhecer o Dr. Rollo. Recém-formado, eu tinha uma visão belicosa do cenário jurídico e, por representar parte adversa ao cliente dele, cheguei ao escritorio desse grande profissional cheio de pedras na mão... Fui desarmado em segundos: com simpatia, uma finesse que poucas vezes vi nessa estrada árdua da advocacia, fez-me entender, de uma vez por todas, nosso papel de assessorar e conduzir. Tinha a educação dum principe! Fizemos excelente acordo, para todos, não tive mais ocasião de ve-lo mas sempre tive notícia da sua trajetória brilhante. Aos filhos dele e a todos que lerem este singelo comentário, fiquem certos: senti como se perdesse um amigo com quem estive há pouco, tão forte a impressao que dele guardo. Meus pêsames!

Perda irreparável

JOSÉ ANTONIO ALMEIDA (Advogado Sócio de Escritório - Eleitoral)

Conheci ALBERTO ROLLO nas lides da advocacia eleitoral, e tive oportunidade, como Presidente da OAB-MA, para realizar palestra em São Luís-MA, ocasião em que demonstrou uma vez mais seu brilhantismo. É uma grande perda, não só pelo excelente advogado que sempre foi, mas pela notável figura humana. Minha solidariedade a Janine e aos seus filhos e colegas advogados, que saberão certamente honrar a memória do pai.

José Antonio Almeida

Grande Perda

toron (Advogado Sócio de Escritório)

A advocacia perde um de seus baluartes. Conheci o saudoso Alberto Rollo como presidente da importante Comissão de Prerrogativas da OAB-SP. Compete, ativo e educadíssimo. Deixa um enorme legado, do qual se destaca seus queridos e ilustres filhos, grandes advogados como o pai! Alberto descansa entre os justos!
Toron

Doutor advogado

O IDEÓLOGO (Outros)

O Dr. Alberto foi lutador contra as asperezas da vida, a injustiça, contra os corruptos, contra o plano de saúde que não lhe quis proporcionar tratamento digno, contra o Estado opressivo.
Um jurista de primeira grandeza.

Comentar

Comentários encerrados em 16/01/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.