Consultor Jurídico

Sem debate

Marcelo Freixo impetra MS contra proposta de venda de estatal de saneamento do Rio

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Ação popular

Marcio Luciano Menezes Leal (Administrador)

Neste sentido, O vereador Fernando William (PDT) ingressou com uma ação popular sob à fundamentação que a privatização é ilegal porque o saneamento e coleta e tratamento de esgoto é atribuição do município, e o Rio de Janeiro sequer foi consultado sobre a venda da companhia estadual que presta esse serviço na cidade.

Endereço certo

Euclides de Oliveira Pinto Neto (Outros - Tributária)

Podem apostar: - o comprador da CEDAE será uma empresa ligada à SUEZ ou à VEOLIA... procurem saber quem são os donos... vai ganhar uma garrafa de água mineral...

Pezão "Torto" ri e Marcelo "Frouxo" pira

Pé de Pano (Funcionário público)

Quem são os contrariados à privatização? O PSOL, hehehe, partideco comuna, que gosta de Estado grande, gordo, inchado, com altas cargas de impostos, intervindo e controlando tudo e todos! Marcelo "Frouxo" e sua trupe do barulho, devotos de Stalin e Marx, querem a população do Rio sem água nas torneiras e que a Baía da Guanabara continue imunda!

Parece que Deus está ouvindo minhas preces...

Anselmo Souza (Auditor Fiscal)

Há muito tempo rezo para que Deus me permita viver o suficiente para ter a alegria de ver a CEDAE privatizada. Quem já precisou da CEDAE sabe do que eu estou falando. Moro no Flamengo, um bairro do Rio que fica praticamente no meio da cidade, mas vive faltando água. Sempre que há uma operação, ficamos sem água 3 ou 4 dias. Incrivelmente este problema é resolvido pelos "pipeiros". Não acredito nos boatos de que tem funcionários da CEDAE manipulando manobras para benficiar os "pipeiros", essas coisas não acontecem no Brasil...
Salve... privatização...

Comentar

Comentários encerrados em 14/02/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.