Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Classe jurista

Advogado Marcus Elidius assume cargo de juiz efetivo do TRE-SP

O advogado Marcus Elidius Michelli de Almeida assumiu nesta segunda-feira (11/12) o cargo de juiz efetivo do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, na classe jurista. Ele substituirá Luiz Guilherme da Costa Wagner Junior, que deixou a advocacia para se tornar desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Marcus Elidius (ao centro) fez graduação, mestrado e doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Divulgação/TRE-SP

A posse formal ocorreu no gabinete da Presidência do TRE-SP, diante dos demais juízes da corte. O presidente, desembargador Mário Devienne Ferraz, saudou o novo membro por “suas qualidades de advogado de reconhecida competência e suas virtudes de homem probo, proficiente, equilibrado, justo e de notável senso jurídico”.

Marcus Elidius é sócio do Michelli de Almeida Advogados Associados e membro de comissão da Ordem dos Advogados do Brasil, entre outras atividades. Desde novembro de 2015, já era juiz substituto do TRE-SP.

O novo integrante do tribunal possui graduação (1988), mestrado (1995) e doutorado em Direito (2002) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde é professor assistente. Também leciona na Fundação Armando Álvares Penteado e na Faculdades Integradas de Guarulhos.

O TRE-SP é composto de sete juízes efetivos: dois desembargadores do TJ, dois juízes de Direito, um juiz federal e dois juristas, sendo estes últimos nomeados pelo presidente da República a partir de lista tríplice.

Revista Consultor Jurídico, 12 de dezembro de 2017, 11h11

Comentários de leitores

1 comentário

Minhas saudações

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Grande nome para envergar a toga em tão importante pretório. Tem importante missão no próximo pleito, mas a missão mais difícil será dos eleitores diante de tantas tranqueiras que querem pegar uma "beirinha esperta" no legislativo.

Comentários encerrados em 20/12/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.