Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Folha inchada

Pesquisas mostram que salários acima do teto são a regra nos tribunais de Justiça

Uma pesquisa que analisou dados de 15 tribunais de Justiça mostra que, em 73% dos casos (4.655), os juízes recebem acima do teto constitucional do funcionalismo público, que é de R$ 33.763. O levantamento foi feito pelo Portal 360.

Outra pesquisa, feita pelo jornal O Estado de S. Paulo, aponta que no mês de julho o TJ de Minas Gerais pagou valores líquidos acima do teto para 98% dos magistrados. O contracheque mais alto foi o de um juiz de entrância especial, no valor de R$ 461.153,91 líquidos. Outros dois juízes o seguiram no ranking, com R$ 408.690,36 e R$ 362.228,19.

O jornal também apurou que, no Tribunal de Justiça de São Paulo, mais da metade dos magistrados (56%) recebeu em julho vencimentos líquidos acima do teto.

Revista Consultor Jurídico, 29 de agosto de 2017, 19h19

Comentários de leitores

8 comentários

Explicações

PAIVA (Oficial da Polícia Militar)

O judiciário ainda está devendo ao povo, uma explicação melhor do que vem a ser verbas indenizatórias, pois são muitas essas verbas, que precisa de uma explicação mais específica.

Para refletir

Observador.. (Economista)

Sobre que sociedade queremos.....
Lembrando que crise pode ser uma grande oportunidade para refletirmos que país foi construído até agora e qual queremos em nosso futuro e para nossos filhos.

http://veja.abril.com.br/ciencia/sem-recursos-maior-obra-da-tecnologia-nacional-pode-parar/

O Mundo Paralelo do Judiciário

MarioPorto (Estudante de Direito - Criminal)

Não... Com certeza o Judiciário citado na matéria não é de terrae brasilis, aqui andam fazendo cortes nos salários mínimos e reformas de todos os tipos.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 06/09/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.