Consultor Jurídico

Colunas

Segunda Leitura

José Bonifácio de Andrada e Silva é precursor do Direito Ambiental

Comentários de leitores

3 comentários

Patriarca da independência

Amaralsantista (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Com muita propriedade é muito estudo, o nobre articulista nos presenteou com essa pérola de matéria, onde todos os brasileiros deveriam de saber sobre o grande brasileiro que foi José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência do Brasil. Além de todas as habilidades apresentadas, ouso em destacar a de estudioso em geologia, onde deixou grandes ensinamentos para a humanidade. Era também poliglota onde dominava alguns idiomas que ajudou o Brasil a se relacionar com outros países em um momento bem difícil na Europa dominado por Napoleão Bonaparte. Se fosse nos dias atuais, com certeza seria um fervoroso torcedor do Santos Futebol Clube. Brincadeiras à parte, nós brasileiros devíamos nos debruçar mais nos estudos desse grande brasileiro. Parabéns ao Professor Vladimir por lembra dessa figura ímpar da história brasileira.

Responder

Heróis da pátria

Voluntária (Administrador)

O artigo é oportuno e não só por fazer a ligação entre José Bonifácio e o meio ambiente, mas mais ainda por fazer referência ao Patriarca da Independência. Enquanto a Venezuela cultua Bolivar, a Argentina Martim , os Estados Unidos Lincoln, Jefferson, Franklin e outros, o Brasil abandona seus heróis, como Caxias e outros.

Responder

O Patriarca da Independência, o Patriarca do Brasil

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Congratulações, Dr. Vladimir, por mais um excelente artigo. Há alguns meses, assisti ao vídeo de uma palestra do Gen. Villas Boas no Instituto FHC sobre Segurança Pública, na qual o General destacava o caráter permanente das FFAA e salientava que nas nações modernas, o "pai" da Pátria era sempre um militar que fez a independência ou a unificação de seu povo. E o Gen. Villas Boas frisou que, no Brasil, a situação é tão diferente porque nem se pode falar num "pai" da Pátria, já que D.Pedro I declarou a independência, mas, na verdade, a família real de Bragança continuou no poder. Enfim, se aqui tudo é tão diferente, o "pai" da pátria pode ser eleito pelos descendentes e o meu voto vai para José Bonifácio de Andrada e Silva. Boa semana, Dr. Vladimir.

Responder



Comentar

Comentários encerrados em 21/08/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.