Consultor Jurídico

Notícias

Duras palavras

Aragão vira alvo de processo por chamar CNMP de corporativista em artigo

Comentários de leitores

7 comentários

Realmente não falou nada demais.

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Especialmente se comparado ao sujeito mencionado pelo comentarista Marcelo-ADV (Outros).
Essa ladainha do conselheiro Fábio George Cruz da Nóbrega de que "instituições devem ser preservadas" é a prova de que esse processo se deve apenas ao melindre dos membros do CNMP.
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Comentário!

Marcelo-ADV (Outros)

Não falou nada demais, comparado a isto:

http://www.conjur.com.br/2017-jan-08/promotor-justica-sp-desembargadora-cara-empregada/c/1

Deixem o homem falar o que pensa

Thiago Bandeira (Funcionário público)

não concordo com quase tudo que ele escreve, mas ele tem o direito de esbravejar.

Solidariedade ao Dr. Aragão

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Ressalvadas as honrosas exceções, existe sim interesse pessoal em punir ou não punir determinado colega. É por essa razão que defendo a tese de que as autoridades sejam julgadas por Júri Popular.

Sã Chopança e mais carga de bobagens!

A favor da lei advocacia autônoma (Advogado Autônomo - Civil)

Esse indivíduo já deveria ter ido - como ele mesmo preconizou - para o além, ou o mais rápido possível para a Coréia do Norte! Vivemos ou não em um Estado Democrático de Direito? Ora, é muito melindre para pouca importância, pois, na verdade, o sr.Aragão tão-somente exerceu o seu sagrado direito (constitucional) de livre manifestação, sem atingir diretamente quem quer que seja, a não ser o próprio Sã Chopança. O que o CNMP deveria fazer é punir promotores corruptos e bandidos que despontam no MP. O sr. Aragão é verdadeiramente uma reserva moral do próprio MPF. Deveriam ser-lhes mais agradecidos e reconhecer o profissional competente e probo que ele representa nas fileiras do próprio MPF. No mais, tratam-se de picuinhas, despeito e inveja, típicos da "falta do que fazer". Vão trabalhar mais para justificar os "vantajosos vencimentos e penduricalhos (ajuda disso, ajuda daquilo!) que percebem do surrado cidadão, contribuinte e jurisdicionado brasileiro. Pode ter certeza ex-ministro Aragão, parcela expressiva dos operadores do direito lhe é solidária. Abaixo a antidemocracia do CNMP!!!

Atrasados

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

O ranço autoritário é tamanho que nem aceitam críticas ou seja, catinga de lava jato.

Necessário.

Sã Chopança (Administrador)

Processo mais do que necessário. Já estava demorando. Parabéns ao Conselho.

Comentar

Comentários encerrados em 6/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.