Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Eles têm medo do julgamento!!!!

Jorge José R. P. Junior (Advogado Autônomo)

O juiz Sérgio Moro e os promotores que atuam nesse caso conhecem muito bem a incerteza jurídica que é o judiciário e com isso não querem ser julgados por seus iguais. Então preferem fazer todo um trabalho midiático contra essa lei, afetando toda uma parte da sociedade que idolatra eles incondicionalmente.

Enfim, um pouco de lucidez.

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Mas lucidez não ajuda na guerra de comunicação travada pelo juiz Sergio Moro e a Lava Jato contra o projeto de lei de abuso de autoridade. As pessoas estão viralizando esse alarmismo infundado como se fosse o fim do mundo.
Primeiro vieram as tais dez medidas que entre outras coisas previam uma "pegadinha" e a vedação à concessão de habeas corpus de ofício como se já não existisse restrições suficientes a esse remédio constitucional como a súmula 691 do STF.
O jornalista Elio Gaspari expôs de forma brilhante a desfaçatez da campanha de desinformação de Sergio Moro e da Lava Jato com o artigo "A turma da operação 'lava jato' deve confiar na justiça":
"Antes de concordar com o fim do mundo, fica uma pergunta: quem poderá condenar o policial, o procurador ou o juiz? Um magistrado, e só um magistrado.
Se os procuradores da 'lava jato', o juiz Moro, a ministra Cármen Lúcia e seu colega Joaquim Barbosa não confiam na Justiça, por que alguém haverá de fazê-lo?
De fato, juízes e procuradores podem se sentir intimidados, até mesmo aterrorizados. A Lei Maria da Penha, por exemplo, intimida e aterroriza milhares de homens que pensam em bater numa mulher. Assim são as coisas e é bom que seja assim" (http://www.conjur.com.br/2016-dez-04/elio-gaspari-turma-lava-jato-confiar-justica).
Espero que haja cada vez mais artigos e debates que exponham a campanha de desinformação do juiz Sergio Moro e da Lava Jato contra o projeto de lei de abuso de autoridade.
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Projeto vingativo

Professor Edson (Professor)

Tirando a parcialidade de alguns, cada um na sua, mas esse projeto é de alguém acusado de duas dúzias de crimes que obviamente busca uma vingança, não passa disso.

Estou doido, ou o articulista sustenta que

Thiago Bandeira (Funcionário público)

a lei é o que o judiciário diz que ela é?

Esclarecedor.

Hélder Braulino Paulo de Oliveira (Advogado Autônomo)

Muito bom,parabéns.

Comentar

Comentários encerrados em 4/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.