Consultor Jurídico

Fraude trabalhista

TST reconhece vínculo de médica contratada como prestadora de serviço

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

E la nave va..

MarcolinoADV (Advogado Assalariado)

Pessoa com formação superior, profissional, aceita a condição de terceirizado porque "ou é isso, ou é isso". Não tem opção.

Pouquíssimos profissionais conseguem estabelecer as regras com seu empregador; a imensa maioria aceita porque precisa trabalhar.

Justiça do Trabalho tem inúmeros problemas, mas a grande parte das ações dizem respeito a direitos......incontroversos.

Empregador brasileiro acha ruim ter de pagar salário, efetuar o repasse (sim, pois é descontado do salário) de contribuição previdências, férias, etc.

Nem mesmo convenção coletiva (o caso da moda "negociado sobre o legislado" empregador brasileiro cumpre. Canso de me deparar com clientes que não cumprem absolutamente nada das convenções.

O problema é que nem mesmo advogados costumam seguir as leis. Oferecem salários de miséria para advogados EMPREGADOS, sem qualquer registro; a maioria é associado de fachada ou não possui vínculo algum mesmo.

Somos um país de caráter duvidoso mesmo. Aqui empregado é chamado de colaborador, mas tratado como escravo.

País dos gatunos e espertalhões (2)

Nelson Cooper (Engenheiro)

O Marcos tem toda a razão. As leis trabalhistas foram feitas para o trabalhador hipossuficiente e que não teve oportunidade de se educar. Por isto, o paternalismo.
E aí , pessoas que tem condição social e educacional se aproveitam de uma lei que não foi feita para este perfil e se posam de coitadinhas que foram enganadas pelo tomador de serviço.

Combinado sobre o legislado e JT extinta...

Mig77 (Publicitário)

Caso típico, previsto na reforma trabalhista do relator Rogério Marinho, que está cometendo um erro enorme em não pedir a extinção a Justiça do Trabalho e esperar os deputados votarem.Quem sabe aprovam.
Não há lugar para intermediário quando o assunto é sério, quando diz respeito a vida das pessoas, a dignidade e a formação de caráter.Somos um país de formação moral deformada e as leis trabalhistas e a Justiça do Trabalho perpetuam essa tendência.

País dos gatunos e espertalhões

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Pessoa com formação superior, profissional, aceita determinada condição de trabalho que lhe é favorável (se não fosse, não aceitaria). Depois, vai contestar o que aceitou de livre e espontânea vontade na Justiça. E, para a agravar, a Justiça lhe dá razão.

Comentar

Comentários encerrados em 3/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.