Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Logo virão os nossos Tonton Macoutes

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Pelo andar da carruagem logo defenderão a criação de uma força de segurança pública radicalmente inspirada nos antigos Tonton Macoutes.
Há um forte argumento, não significa que verdadeiro, enquanto Papa Doc e Baby Doc mandavam no Haiti, os Tonton Macoutes mantinham a ordem e a segurança interna, e quando Baby Doc caiu e os Tonton Macoutes foram extintos, o Haiti virou um caos incontrolável...
Parece que há gente que acredita em tais argumentos.

Um falso debate.Uma falsa visão

Observador.. (Economista)

Que interessa à muitos.
No fundo, a sociedade não é contra os Direitos Humanos.É conduzida e fazer escolhas que interessam mais a ideologias do que representam a realidade. No fundo a sociedade está cansada de sentir medo e de ver que ninguém age com firmeza para protegê-la. Parece que ideologias deixam a entender que Direitos Humanos tem lado.
Policiais são humanos.Civis mortos por bandidos são humanos.E nunca este grupo se mobiliza para minimizar a dor de quem sofreu e sofre com a criminalidade desenfreada.
Balas perdidas?Sempre da polícia.Sempre.Bandido deve sempre acertar o alvo...
Policiais mortos?Ninguém comenta.
Crimes bárbaros acontecidos nas cidades?Pouco se fala.
Já nas comunidades, qualquer evento ganha uma dimensão distorcida, onde o que menos se busca é a verdade.
Comunidades reféns de traficantes e toda espécie de bandido...onde a imprensa retrata a polícia sempre como a vilã, nunca os bandidos que lá vivem e impõe o silêncio através do medo.
Chega a ser risível esperar que alguém aponte criminosos como culpados por qualquer coisa, morando na comunidade onde continuarão, após a entrevista dirigida acabar.
Precisamos respeitar os Direitos Humanos de todos os brasileiros.
Precisamos enfrentar e confrontar bandidos de sangue, não só os de colarinho branco. Os de sangue ainda estão todos os dias ceifando vidas, aleijando, usando armamento de guerra para enfrentar a polícia e o Estado.
Acho que o que a sociedade, de fato, almeja, é que se deixem de lado ideologias, falsas premissas e muita distorção, e pacifiquem - de verdade, não de mentirinha - nossas cidades.
Cuidem da sociedade.
Direitos Humanos para todos nós.

Ah o óbvio...

Alexandre (Advogado Assalariado)

Pombas, mas é claro que Direitos Humanos atrapalham o combate ao crime. Atrapalham o combate indiscriminado e sem limite ao crime. E isso não é ruim, muito pelo contrário, é necessário. Da mesma forma, o combate ao crime, com suas penas, é empecilho à plena realização dos Direitos Humanos.

Pesos e contrapesos, direitos e obrigações. Todos são limitadores, necessários e diria até essenciais para uma democracia, mas não deixam de ser limitadores.

A mais absoluta ignorância

_Eduardo_ (Outro)

Somente a mais absoluta ignorância e carência de recursos educacionais básicos explicam imputar aos direitos humanos a pecha de constituir um entrave ao combate ao crime.
Tempos tenebrosos

para a Esquerda bandido é um coitadinho....

daniel (Outros - Administrativa)

para a Esquerda bandido é um coitadinho.... Já para Direita bandido é um malandro, preguiçoso e oportunista.... Na Sociedade os comunistas esquerdopatas conseguiram impor a visão do coitadismo penal....., mas a Direita está ressuscitando...

Comentar

Comentários encerrados em 14/04/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.