Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Laranjas em potencial

27,9% das doações eleitorais têm algum indício de irregularidade, diz TCU

Dos 330.574 registros de doação eleitoral analisados pelo Tribunal de Contas da União até agora, foram identificados indícios de irregularidades em 92.276, o que equivale a 27,9% do total. Já quanto aos registros de despesas com 399.602 fornecedores (empresas ou pessoas físicas), 5.482 demonstram algum indício de irregularidade, o equivalente a 1,4% do total, desde quando os batimentos começaram a ser feitos.

Os cálculos estão sendo executados semanalmente por auditores de controle externo especializados em entendimento de conteúdo e linguagem de bases de dados. O processo consiste no cruzamento das informações das prestações de contas dos candidatos e partidos com outros arquivos.

Os resultados estão sendo transmitidos ao Tribunal Superior Eleitoral para envio aos juízes eleitorais nos municípios, que são responsáveis por verificar os indícios e tomar as providências cabíveis, assegurando aos envolvidos o direito ao contraditório e à ampla defesa.

O trabalho inédito é resultado de uma parceria firmada pelo TSE e diversos órgãos públicos para fiscalizar a prestação de contas dos candidatos e coibir crimes eleitorais no período de campanha. Para preservar a identidade dos investigados, o TSE não divulgará os nomes dos doadores e beneficiários. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 21 de setembro de 2016, 19h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/09/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.