Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Terceira via

Com Michel Curi, disputa por comando da AMB terá três candidatos

A disputa pelos conselhos executivo e fiscal da Associação dos Magistrados Brasileiros deve ser acirrada neste ano, com três grupos concorrendo. O juiz Michel Curi e Silva, de Minas Gerais, foi o último a registrar sua chapa, intitulada Magistrados Independentes. Ele protocolou a candidatura no dia 12 de setembro.

Compõem o grupo como vice-presidentes os seguintes juízes: Alexandre Augusto Quintas (Amajme), Arielson Ribeiro Lima (Amepa), Edir Josias Silveira Beck (AMC), Eduardo Luiz Rocha Cubas (filiação direta à AMB – DF), Irineu Jorge Fava (Apamagis), Ludmila Lins Grilo (Amagis-MG), Paulo Cesar Ribeiro Meireles (Apamagis), Robson Celeste Candelorio (Amamsul), Rogério Carlos Demarchi (AMC), Ronie Carlos Bento de Sousa (filiação direta à AMB – GO) e Walter da Silva (Apamagis).

Juiz Michel Curi e Silva, de Minas Gerais, lidera chapa Magistrados Independentes.
Divulgação/AMB

Os integrantes das coordenadorias são: Justiça Estadual, Luiz Gomes da Rocha Neto (Amepe); Justiça Federal, Roberto Wanderley Nogueira (filiação direta à AMB – PE); Justiça do Trabalho, Andrea Keust Bandeira de Melo (filiação direta à AMB – PE); Justiça Militar, Jorge Luiz de Oliveira da Silva (Amajme), e dos Aposentados, Eduardo Guimarães Pessôa (Amaerj).

Para o Conselho Fiscal concorrem Marcus Vinicius Garcia da Silva (Amab), Paulinne Simões de Souza (Amamsul) e Vinícius da Silva Pereira (Amagis-MG).

Além de Michel Curi e Silva, disputam a presidência os juízes Jayme Martins de Oliveira Neto e Gervásio dos Santos. A eleição ocorrerá entre os dias 5 e 11 de novembro, e o grupo vencedor vai comandar a entidade no triênio 2017-2019. Com informações da Assessoria de Imprensa da AMB.

Revista Consultor Jurídico, 19 de setembro de 2016, 16h59

Comentários de leitores

1 comentário

Provando que o discurso é vazio

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Em época na qual se fala somente em defesa de minorias, porque não há na eleição dessa associação de juízes candidatos mulheres, negros, pobres, índios, incapazes, etc., etc.?

Comentários encerrados em 27/09/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.