Consultor Jurídico

Comentários de leitores

14 comentários

Quem não é corrupto!!!

Karlos Lima (Oficial de Justiça)

Somente parte da sociedade não é corrupta, mas no âmbito da politica quase todos eles são.
Porque não investigam os governos do PSDB, no âmbito federal e estadual e até municipal. Creio que ninguém entra para politica pensando em ajudar alguém, a não ser que o próximo seja de sua família ou amigos íntimos. Todos querem uma fatia do bolo. Fenando Henrique, Serra, Alckmin, Aécio, Temer, esse é o mais temeroso. E Etc...

Artigo ou defesa?

Martins Sócio Escritório (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Não entendi o que pretendeu o "suposto" articulista: escrever um artigo (se for isso.....) ou iniciar a defesa do ex-presidente? O problema no direito hoje é que toda opinião traz um interesse ou um "lado" consigo. Pouco se faz com isenção. Quem atua em direito penal sabe que há condenações por lavagem de dinheiro com muito menos elementos do que os apresentados. Está certo isso? Depende das circunstâncias e da instrução processual. O ex-presidente é realmente autor dos crimes que lhe são imputados? Não sei, talvez somente a instrução processual diga isso. Mas há elementos para denúncia (ainda que sem a necessidade daquele espetáculo pobre de anteontem)? Parece que sim. Por que nenhum advogado do Lula ou ele próprio explicam a razão de eles terem apresentado a desistência do apartamento original (que não era a cobertura) e ajuizado a ação de ressarcimento apenas no final do ano passado, após as investigações do MP aqui de São Paulo, que concluíram que a cobertura era dele?

Comportamento machiavélico

Dr. Jorge Ávila - previdenciário, trabalhista, consumidor (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Os ilustres representantes do MP deveriam entender que os fins não justificam os meios, e que justiça + política = parcialidade!

"In dubio:pro societate!"

Neli (Procurador do Município)

"In dubio:pro societate!"Todos que estudam Direito, desde o primeiro ano (este ano faz 40 anos que comecei a estudar direito,agradeço a Deus por amar o Direito!),sabem que na Denúncia quando houver dúvidas, oferece. Provas deverão ser coligidas(pró ou contra), no decorrer da instrução processual penal.Ao término da instrução penal, sendo outorgados ao réu amplo direito de defesa, e se as dúvidas permanecem, ele deverá ser absolvido"in dubio pro reo". Ou seja, para oferecer a denúncia, pode ter uma dúvida razoável que se resolverá em FAVOR DA SOCIEDADE..."In dubio pro societate". Lição elementar de direito processual penal. O único senão que tenho aos nobres e combativos integrantes do MPF foi ter "apresentado a denúncia" em público. Fora daí, estão perfeitos na acusação.Por outro lado, o ex-presidente ,nesta quinta-feira,deu um triste espetáculo, ao menoscabar o funcionário público.Quem carrega a Administração nas costas, é o funcionário público, concursado. É ele quem ama o Serviço Público é ele quem ama o seu trabalho.Hoje o Brasil está nesse eterno subdesenvolvimento e moralmente derrotado ,graças a pessoas que não colocam o interesse público acima de tudo.Políticos ou não que colocam seus interesses pessoais acima do Interesse Público.Ele , o ex-, desprezou os funcionários públicos não sabendo que a maioria desses indiciados do "petrolão" ou na ação penal 470, não são funcionários públicos,mas, políticos que colocaram interesses partidários acima do Bem Comum.Voto: não afere competência de ninguém!Quem se comunica melhor vence ! O Brasil precisa de estadistas!

Parcialidade

Danilo Mariano de Almeida (Estudante de Direito - Internacional)

Me desculpe o nobre escritor mas o texto é dotado de total parcialidade em defesa do ex-presidente.
Como já foi mostrado em diversas reportagens, o MPF jamais disse que está agindo sem provas e na convicção. Ninguém age assim.
Os maiores esquemas de corrupção dentro do governo envolviam até mesmo o ministro da casa civil (José Dirceu) cujo gabinete era dentro do Palácio do Planalto, e o presidente não sabia de nada? De duas, uma. Ou o presidente era um bocó, ou pertencia ao esquema. E sabemos que de bocó Lula não tem nada.
Mesmo que o triplex tenha sido dado a Lula após ele deixar o cargo de presidente, o fato não muda em nada a ilegalidade da conduta, pois é totalmente possível praticar o crime de lavagem de capitais com a utilização de bens, neste caso, um triplex e um sítio, que para caracterizar o crime não ficam em nome do real proprietário. Vejam como exemplo as contas de Cunha, que era usufrutuário/beneficiário.
É gritante que Lula está envolvido no maior esquema de corrupção do país, bem como no Mensalão, pois foram atos que se iniciaram no seu governo.
Quando ele disse em suas declarações ontem que o seu governo trouxe a tona a podridão da corrupção no governo, ele foi infeliz, pois o seu governo além de trazer a tona, participou dele e o institucionalizou, ampliando a corrupção de forma astronômica, criando até mesmo a propinocracia.
O MPF tem provas, pois se não as tivesse não ofereceria uma denuncia de forma leviana, mas tais provas serão abertas a defesa do ex-presidente seguindo o tramite processual. A não divulgação dos elementos da denúncia é pura e simples estratégia jurídica, para não antecipar atos do processo e fazer com que Lula se utilize de artimanhas para se safar impune de seus crimes.

Equívoco....

Pek Cop (Outros)

O MPF tem a obrigação de expor para o país os crimes cometidos pelo ex presidente, afinal ele é um futuro candidato a presidência sendo de interesse público acima de tudo o passado criminoso do ex operario que chegou a presidencia, nunca podendo se omitir ou se amedrontar pelas descabidas ações que a defesa acredita enganar os brasileiros com aquele jeitinho tanto bate ate que fura!!!!

comentário ofensivo. Comentário editado

WF Estudante (Estagiário - Criminal)

Será que esses comentaristas são contra a corrupção? Acredito que não, pois no mínimo usariam a coerência, aplicando o princípio da presunção de culpa para todos. Porém, é só o direito do autor, do inimigo ideológico.

comentário ofensivo. Comentário editado

O Show do MPF

Danilo Santos Sil (Advogado Assalariado - Administrativa)

Nossa, aquele power-point ridículo numa apresentação que se diz séria só pode ser brincadeira...e o "não temos provas mas absoluta convicção"...Hilário!! Alguém sabe o número dessa casa de espetáculos midiáticos, MPF? Vamos contratar esses meninos pra dar um show desses aqui na nossa cidade, os humoristas tradicionais andam muito sem graça... (Dizem que nas próximas "apresentações" de denúncia do MPF, vai ter dupla sertaneja, sorteio de brindes e show pirotécnico...)

Judiciário deve ser isento

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Eu não apoio Lula. Mas também não apoio denuncias sem bases e sem provas. Creio que precisamos acabar no Brasil com o partidarismo quando o assunto é Justiça.

A propósito...

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Não sei se os leitores deste artigo sabem ou não mas o denunciado CHOROU no seu pronunciamento à militância de quadrúpedes e acéfalos.
Se isso não prova que a denúncia contra ele é uma farsa então é porque que o MPF persegue o Brahma.
Simples assim.
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Sim, claro. Ele não sabia de nada. DE NOVO!

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Ele era apenas o maior interessado e beneficiário de toda a roubalheira que ocorria ao seu redor. Como poderia ter qualquer tipo de envolvimento com isso? Que tipo de gente cruel poderia tirar tal tipo de conclusão lógica e óbvia a partir dos fatos apontados na denúncia que não foram impugnados pelo denunciado em seu pronunciamento à militância acéfala?
"Tudo não passa de um fingimento de isenção e honestidade, pois, de fato, somente um objetivo teve esta entrevista coletiva: a condenação pública do ex-presidente Lula. Nenhum limite têm os procuradores do caso. A inclusão da mulher de Lula na denúncia demonstra isso."
Exatamente: um meliante tem princípios e jamais usaria sua própria mulher para delinquir. Como o MPF espera rebater esse tipo de argumento irrefutável?
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Isenção?

Luiz Holanda - OAB.CE (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Qual a isenção do Sr. Augusto Fernandes, se ele é advogado do Paulo Okamotto?
O fato de isso não vir expresso no texto retira a imparcialidade, que se espera, de qualquer veículo da impressa.
A Conjur tem o dever de alertar os seus leitores de que estão lendo textos de pessoas com interesses diretos no objeto debatido.
O mínimo de coerência seria se a Conjur convidadasse alguns dos membros do MPF a escrever um artigo defendendo a denúncia do Ex-presidente Lula e outros.

Lula

Guilherme Cezaro (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Ele é o advogado do instituto lula? Gostaria de saber pois não ficou muito claro isso no texto.

Nota da Redação - comentário ofensivo Comentário editado

hammer eduardo (Consultor)

Comentário ofensivo removido por violar a política do site.

Comentar

Comentários encerrados em 23/09/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.