Consultor Jurídico

Notas Curtas

Da Redação

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Apontando o perigo

Toron será ouvido na Câmara sobre pacote de 10 medidas do MPF

O criminalista Alberto Zacharias Toron será ouvido pela comissão da Câmara dos Deputados que analisa o Projeto de Lei 4.850/2016, de autoria do Ministério Público Federal e apelidado de "10 medidas contra a corrupção". Doutor pela USP e ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral, Toron tem posição clara sobre o tema: “Vou, com a experiência de 35 anos de advocacia, demonstrar o perigo de se amesquinhar o Habeas Corpus como estão querendo fazer. Retroagiremos à Ditadura do Estado Novo getulista”. A sessão será segunda-feira (17/10), às 14h30. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 14 de outubro de 2016, 20h42

Comentários de leitores

3 comentários

É amigo...

Rodrigo P. Martins (Advogado Autônomo - Criminal)

Direito é direito, pode passar a limpo o que for, mas na hora que o mesmo "cidadão de bem" que grita aos quatro cantos do planeta que "#somostodosmoro", quando precisar invocar um direito verá que não o tem mais e aí vai reclamar do que diversos colegas de profissão vem falando há anos sobre o que a "justiça" está virando.

Não reclame depois para não ser incoerente.

Liberdade com responsabilidade....

Pek Cop (Outros)

Atitudes desesperadas demonstram o lado lucrativo da advocacia, o país esta sendo passado a limpo, como a justiça explica e conforta as vitimas....e quando as vitimas são o próprio povo que de boca aberta e cabisbaixos vem o futuro dos seus filhos sendo ameaçado por políticos e meia dúzia de defensores????

Dá-lhe toron!

José R (Advogado Autônomo)

É isso aí. Denuncie mesmo a escalada do autoritarismo, o retrocesso civilizatório e a eliminação das mais básicas garantias do cidadão em um regime que se pretende de liberdades!
Lembre-os de que, após o ataque ao Congresso, aos direitos pessoais, à atividade advocatícia e ao habeas corpus, o próximo alvo será a liberdade de Imprensa (sigilo de fonte, para quê?). Tente acordar os letárgicos inocente úteis. Boa sorte, a cidadania agradece.

Comentários encerrados em 22/10/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.