Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Teoria e prática

Livro de colunistas da ConJur discute investigação criminal pela Polícia

A atuação do delegado de polícia em buscas e apreensões, requisições de dados e delações premiadas envolve novas discussões a respeito da investigação criminal. E o debate está posto no livro Investigação Criminal pela Polícia Judiciária, que será lançado nesta terça-feira (11/10).

A obra, que será lançada em Curitiba, é assinada pelos delegados e professores Henrique Hoffmann, Leonardo Marcondes, Márcio Anselmo, Rodrigo Carneiro e Ruchester Marreiros. Eles reuniram os textos publicados semanalmente pelos autores na coluna Academia de Polícia, na ConJur. A primeira tiragem já está esgotada.

Os textos foram organizados por temas e, ao final, há um índice de perguntas para facilitar a consulta e estudo.

Autores são colunistas da ConJur

“O livro demonstra que delegados de polícia se qualificaram, procuram indicar caminhos, sublinhar questões, proporcionando amplo debate democrático. O livro, portanto, realinha a temática da importância de se garantir a tranquilidade do investigador, na linha do Delegado Natural, das garantias democráticas para apuração da verdade possível, as limitações, as regras e as estratégias possíveis”, escreve no prefácio da obra o juiz Alexandre Morais da Rosa, também colunista da ConJur.

Na ocasião também será lançado o livro Colaboração Premiada: o novo paradigma do processo penal brasileiro, do delegado da Polícia Federal Marcio Anselmo. Na obra ele analisa decisões do Supremo sobre o assunto de acordo com a legislação do tema. A intenção do autor, responsável pelas investigações que deram início à operação “lava jato”, é que o livro sirva como manual para a prática do instituto. O prefácio é assinado pelo juiz Sergio Moro.

Clique aqui para comprar o livro Investigação Criminal pela Polícia Judiciária na Livraria ConJur.

Serviço
Lançamento dos livros Investigação Criminal pela Polícia Judiciária e Colaboração Premiada: o novo paradigma do processo penal brasileiro
Terça-feira (11/10), às 19h
Escola Superior de Polícia Civil
Rua Tamoios, 1.200 – Curitiba (PR)

Revista Consultor Jurídico, 11 de outubro de 2016, 11h18

Comentários de leitores

1 comentário

Parabéns

Realista Professor (Professor Universitário - Criminal)

A doutrina está carente de obras aprofundadas nessa temática de investigação criminal.
Os autores são reconhecidamente especialistas no tema e certamente irão contribuir bastante para o debate.

Comentários encerrados em 19/10/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.