Consultor Jurídico

Notícias

Advogado é parte

Litigância de má-fé de advogados é punida por juízes trabalhistas, mostra jornal

Comentários de leitores

7 comentários

Advogado

O IDEÓLOGO (Outros)

O advogado, como profissional e cidadão deveria dar exemplo aos integrantes da comunidade. Mas, adota comportamentos contrários à ética e às leis.
Ele, em processo de Família, deseja a mulher do separado ou do divorciado, para satisfação de seus instintos bestiais.
Forma litisconsórcio de fato com autores de reclamatórias trabalhistas.
Perde prazo de recurso para obter o trânsito em julgado da decisão judicial e receber os honorários de sucumbência mais rapidamente.
Semeia no meio social a injúria e a difamação, para ter mais clientes e processos.
Defendem teorias totalitárias e racistas, com base nos desvarios do alemão Gottfried Feder.
Colabora, excessivamente, com Juízes e Promotores para obter, a todo custo, liberdade provisória de seus criminosos clientes.
Desmoraliza a Constituição defendendo a presunção de inocência até o trânsito em julgado da Revisão Criminal.
Critica a OAB quando recebe cesta básica.
Orienta clientes a ocultarem a verdade.
Combate a Justiça Criminal com expedientes nada ortodoxos, visando as prescrições das pretensões punitiva, retroativa e executória.
Entre a Justiça e os interesses de seus clientes, não hesita em abonar os segundos.
Não hesita em diminuir os direitos humanos, quando poderão prejudicar os seus honorários.
Orienta clientes ao inadimplemento de contrato.
Não se preocupa em defender as minorias.
Faz comentários depreciativos sobre o livro "A Questão Judaica", de autoria de Karl Marx, por este ser judeu e comunista.
Pratica advocacia com pensamento "terceiro-mundista".
Critica movimentos feministas.
Tumultua processo criminal com a impetração de Habeas Corpus.
Vive em seu mundinho do "ser e do dever-ser".
Não lê esse comentário.

Antigamente...

O IDEÓLOGO (Outros)

Antigamente todos procuravam o advogado, inclusive o Dr. Bucéfalo, personagem do escritor nascido no Império Austro-Húngaro Frank Kafka.
O referido profissional era admirado e exemplo de inteligência, integridade e conselheiro de toda a comunidade.
Atualmente, a sociedade não o tem em grande conta. É um profissional desprezado pelas práticas que adota, limitado em seu horizonte, restrito ao recebimento de honorários contratuais e sucumbenciais, e defensor das piores formas do Capitalismo tupiniquim.
Confunde a Doutrina com a Teoria, mistura alhos com bugalhos, navega em águas turvas, e se revela incapaz de modificar as estruturas sociais, contentando-se com o seu mundinho do "ser e do dever ser".

Deixa prá lá...

Mig77 (Publicitário)

Será que o tricolor cai?
Tomara que não !!!

parcialidade

LAV (Outros)

KKK fala sério, mas essa de retaliação....

Infeliz reportagem

Alessander S Barbosa (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Reportagem infeliz. Sem o devido cuidado, acaba por generalizar e colocar os advogados em uma mesma bacia de água suja. Mas, como se tem dito: Ai, Ai, que bom, Judiciário existe...

Parcialidade

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Reportagem claramente parcial, seguindo a ideologia do "direito é que os juízes dizem". Há milhares de acusações de juízes em face a advogados que são pura e simples retaliação em face ao profissional.

Advogados

O IDEÓLOGO (Outros)

Os advogados, esses "intelectuais práticos", de terninhos engomados e com ideias putrefatas

Comentar

Comentários encerrados em 17/10/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.