Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Serviço tabelado

OAB-RJ aprova piso de R$ 150 por audiência de advogado correspondente

Cento e cinquenta reais. Esse é o valor mínimo a ser cobrado por advogados correspondentes para a participação em audiências de conciliação ou instrução de julgamento, de acordo com a proposta aprovada pelo Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do brasil do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (6/10).

A proposta também diz que caso haja maior quantidade de audiências a serem feitas pelo profissional dentro do período de um mês, haverá um ajuste decrescente, com os seguintes descontos:

  • a) de 5 a 10 audiências, desconto de até 20%
  • b) de 11 a 20 audiências, até 35%
  • c) de 21 a 40 audiências, até 50%
  • d) acima de 40 audiências, até 65%

Ainda segundo o texto, as partes poderão firmar um contrato determinando valor fixo para pagamento mensal dos trabalhos de correspondência, independentemente da natureza ou quantidade de atos realizados, "observado o item 1.2 da Tabela VI como mínimo mensal no momento da contratação”. O item da Tabela de Honorários para “Advocacia mensal ou de partido” fixa o valor mínimo de R$ 3.089,75 para o profissional, com assistência total na comarca da sede do advogado.

O texto aprovado é do conselheiro Márcio Vieira Souto, que divergiu do voto do relator do processo e procurador-geral da Seccional, Fábio Nogueira, que sugeria valor mínimo de R$ 200, a partir de requerimento ao Conselho feito pelo presidente da subseção da OAB de Bangu, Ronaldo Barros.

“Não podemos criar subclasses dentro da advocacia, apesar de entendermos que ela não é homogênea. O ponto central para a Ordem é combater o aviltamento da profissão”, afirmou o presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 6 de outubro de 2016, 19h56

Comentários de leitores

9 comentários

audiência cara

vladimiru (Engenheiro)

Será que só as entidades de classe da advocacia estipulam os valores a serem cobrados pelos advogados? O quê dizer da lei de assistência judiciária gratuidta, tanto para pessoas físicas como para jurídicas?

Fundo o poço

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

1 - faxineira faz faculdade para exercer a profissão?
2 - faxineira mantém escritório?
3 - faxineira estuda o caso antes de ir ao trabalho?
4 - faxineira responde por eventuais falhas técnicas?
5 - faxineira presta contas a clientes?
6 - faxineira usa terno e gravata?
7 - faxineira tem tribunal de ética?

Pois é. Estamos comparando o trabalho dos advogados com os das respeitáveis faxineiras. Chegamos ao fundo do poço.

Honorários polpudos

O IDEÓLOGO (Outros)

Com R$ 150,00 por audiência, teremos advogados correspondentes ganhando mais que professores-doutores mensalmente.

Inversão de valores na sociedade brasileira!!!

Shalom!!!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/10/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.