Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Comando da classe

Jayme Martins de Oliveira é eleito presidente da AMB para triênio 2017-2019

Jayme Martins de Oliveira Neto será o próximo presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para o triênio de 2017 a 2019. Candidato da da chapa 1, “AMB Forte, Independente e Representativa”, foi eleito com 49,52% dos 11.182 votos apurados. 

Novo presidente da AMB, Jayme Martins é o idealizador do Instituto Paulista de Magistrados (Ipam).Divulgação/Apamagis

Natural de Monte Aprazível (SP), Jayme de Oliveira, 51 anos, é juiz da 13ª Vara da Fazenda Pública (SP) e presidente da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis). Foi eleito para o biênio 2014-2015 e reeleito para o biênio 2016-2017 da entidade paulista. O juiz foi fundador do Instituto Paulista de Magistrados (Ipam) e presidente nos biênios 2000-2001, 2002-2003, 2010-2011 e 2012-2013.

Jayme já havia ocupado cargo na AMB como coordenador da Escola Nacional da Magistratura (ENM), nomeado pelo Ato Executivo 40/2012. Também ocupou cargos na Escola Paulista da Magistratura (EPM), entre os quais coordenador adjunto de Assuntos Internacionais (Bélgica, França e Chile), coordenador de Direito Internacional.

Trajetória nas cortes
A carreira na magistratura teve início em novembro de 1991, por concurso de provas e títulos. Desde então, ocupou o cargo de juiz substituto na Comarca de Campinas; juiz de Direito de 1ª entrância no Foro Distrital de Cerquilho/Comarca de Tietê, 2º entrância na Comarca de Rancharia e 3ª entrância da Comarca de Santos e da capital.

Prestou serviços junto ao Gabinete do Decano; foi nomeado membro do 1º Colégio Recursal da Capital – Turma Especial; compôs a 9ª Câmara de Direito Privado A do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP); integrou a 1º Turma do Colégio Recursal dos Juizados Especiais da Fazenda Pública; e fez parte da 9ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP.

Jayme também exerceu a profissão de docente. Foi professor de Legislação Tributária da Faculdade Capital; de Teoria Geral do Estado da Universidade São Marcos; de Direito Administrativo no Curso de Direito da Universidade São Marcos, tendo recebido homenagens das duas primeiras turmas de formandos, nos anos de 2000 e 2001; e professor monitor de dois cursos lato sensu da Escola Paulista da Magistratura (EPM).

De 2002 a 2006, foi nomeado membro do Conselho de Coordenadores do Curso de Direito da Universidade São Marcos, período no qual também coordenou e ministrou aulas nos cursos de pós-graduação lato sensu em Direito Civil e Direito Processual Civil.

Revista Consultor Jurídico, 12 de novembro de 2016, 12h52

Comentários de leitores

1 comentário

Parabéns !

E. COELHO (Jornalista)

Tive a honra de ter sido aluno do Prof. Dr. Jayme Martins de Oliveira no curso de Direito do Universidade São Marcos, lembro que as suas aulas de Teoria Geral do Estado eram excelentes.
.
Ele soube, sempre com seriedade e objetividade, transmitir conhecimentos e apontar o caminho para a pesquisa.
.
Destacou-se como um dos melhores professores pela sua inteligência, conhecimento profundo da matéria, seriedade e personalidade firme.
.
Parabéns, que Deus o ilumine para continuar na sua respeitável trajetória.

Comentários encerrados em 20/11/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.