Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Limites profissionais

Advogado de convênio estadual pode atuar no Conselho Tutelar, diz OAB-SP

O advogado que atua por meio do convênio entre a Ordem dos Advogados do Brasil e a Procuradoria-Geral do estado pode ter atividades no Conselho Tutelar, sem risco de incompatibilidade entre as atribuições. O entendimento é da Turma de Ética Profissional da OAB-SP.

Há, porém, limitação em relação a causas envolvendo a Fazenda Pública que remunere o profissional. “Mesmo porque a Assistência Judiciária, como vem expresso no § 5º, da Cláusula Décima Segunda do Convênio, não se constitui em serviço público”, detalha a turma.

Também para os advogados que atuam no Conselheiro Tutelar, a limitação imposta abrange apenas ações junto à Justiça da Infância e da Juventude, desde que o processo tramite na comarca onde o profissional é conselheiro tutelar.

Clique aqui para ler esta e outras ementas definidas pela Turma de Ética da OAB-SP. 

Revista Consultor Jurídico, 3 de novembro de 2016, 20h07

Comentários de leitores

1 comentário

Advogados

O IDEÓLOGO (Outros)

Você encontra advogados fazendo parte de associações, de autarquias, de sociedades de economia mista, de empresas, de organizações não-governamentais, de sindicatos, de municípios, de estados-membros. Brevemente, teremos também a participação deles no Purgatório.

Comentários encerrados em 11/11/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.