Consultor Jurídico

Freio de arrumação

Decisão de Teori na "lava jato" pode ser renascimento do processo penal

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

Evidente indignação!

Júlio Candal (Advogado Autônomo - Civil)

Seria por demais inocente acreditar-se que o juiz Moro não soubesse, de antemão, da ilegalidade do ato de divulgação pública das conversas telefônicas entre Lula e Dilma! Portanto, se assim agiu, evidente que o fez por indisfarçável indignação, como cidadão, ao constatar que a instituição Presidência da República, por iniciativa da própria "Presidenta", estava na iminência de servir como "abrigo", ou "esconderijo" para o Sr. Lula, com o deliberado e exclusivo propósito de impedir, ou dificultar, a aplicação da legislação penal, situação simplesmente inimaginável, que, convenhamos, em muito ultrapassa a previsibilidade do Direito!

Texto Claríssimo

Observador.. (Economista)

E sem desenhos, como alguns mais exibidos adoram propagar, ao encontrar escritos que combinam com os próprios pensamentos.
Nada mais tolo e infantil do que ver alguém indagando se é preciso "desenhar". Eu peço. Gosto de ver os dons artísticos de um tolo em ação.
Dito isto, concordo com a clareza do texto.Assim como o comentário de Aliete Gondim (Advogado Assalariado - Trabalhista).
De Moro houve mais um gesto político, um quase auto-sacrifício....Pois é assim que se escreve a história das nações.
A história nem sempre é escrita "by the book". Muitas vezes, alguns rompem a mesmice para provocar mudanças.Nem que sejam na marra.
Por isto existem guerras, revoluções etc.
Mas, se quiserem, alguém aí pode desenhar....

Sacrifício

Aliete Gondim (Advogado Assalariado - Trabalhista)

Dentro da ótica finalística do devido processo penal, considero perfeito o texto e suas conclusões. Sem partidarismo, dentro da ótica do sacrifício individual de um juiz em detrimento da lei, se não fosse Moro, teríamos Lula como ministro.

Pá de cal

Contrariado (Auditor Fiscal)

Para os que só entendem desenhando, foi isto que os autores fizeram. Texto claríssimo, elucidativo e didático. Só não entende quem pretende manipular o Direito para se encaixar nas próprias teses.

Artigo erudito.

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

Muito bem escrito. Parabéns aos autores.

Dúvida...

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

Renascimento do processo ou mais blindagem aos corruptos? Aliás, o STF notadamente é o sonho de consumo de todo corrupto.

Em Brasilia um dos alívios dos políticos é saber que possuem foro privilegiado.

Comentar

Comentários encerrados em 31/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.