Consultor Jurídico

Notícias

Violação da intimidade

Especialistas defendem descarte de grampo inútil à investigação no Roda Viva

Comentários de leitores

4 comentários

Moro presidente !!!!!

ocj (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Se o cnj cometer algum desatino contra o juiz moro, certamente o colocará como fortíssimo candidato à presidência da república. Desde já o meu voto é dele !!!!!!!

CONJUR isento?

Carlos (Advogado Autônomo - Criminal)

Todos os advogados que estão tendo seus clientes condenados dizem estar "a favor da democracia". Conta outra!
O próprio advogado Toron está no meio de tudo isso e escreve pro CONJUR e participa de ato político (descaracterizando a advocacia)...
O CONJUR, por sua vez, cria 10(dez) matérias diárias tentando desqualificar a operação lava jato... qualquer movimento nos processos e lá se vai uma semana de matérias tendenciosas... até sobre notícia da rede Al Jazeera, do Catar, a qual é livre (rs)...
CONJUR apenas informando? Conta outra...

Grampos.

Paulo A. M. Filomeno (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Me parece que está começando o calvário do Dr. Moro. Em breve, será suspenso das funções pelo CNJ e depois, aposentado com vencimentos proporcionais.
Tomara que não !
É ver para crer.

O que é inútil?

ANTONIO VELLOSO NETO (Advogado Autônomo - Criminal)

Em interceptações telefônicas de um modo geral, o Juiz não deve mandar descartar 'prova' que não interessa para alguns, pois pode servir para outros. Assim, uma coisa é impedir que sejam liberadas as conversas gravadas para a mídia e outra é descartar parte de diálogos como prova indesejada sem antes ouvir a defesa. Exemplo recente foram as declarações de Paulo Roberto Costa e a citação de Marcelo Bahia da Construtora Odebrecht.

Comentar

Comentários encerrados em 30/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.