Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Classe em perigo

OAB-SP pede investigação sobre assassinato de advogado em Guarulhos

O advogado criminalista Leandro Balcone, de 35 anos, foi morto a tiros e facada dentro do próprio escritório na manhã desta terça-feira (22/3). Até o momento, o trabalho de perícia no corpo no escritório segue em andamento e, por isso, ainda não há definição de local e horário para o velório.

O presidente da seccional de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos da Costa, manifestou em nota “profundo pesar” pela morte de Balcone. “Era um jovem que se destacava na liderança da advocacia em Guarulhos”, enfatizou.

A OAB-SP entrou em contato com a Secretaria de Segurança para acompanhar as investigações. “Assim como, por meio da Comissão de Acompanhamento de Inquéritos, liderada por João Ibaixe Júnior, estará atenta a todo o desenrolar das notícias sobre esse crime que chocou a todos”, afirma a entidade.

O presidente da Subseção de Guarulhos, Alexandre de Sá Domingues, se mostrou abalado com o ocorrido: “É com grande tristeza que vejo um advogado, um defensor da liberdade, ser assassinado em pleno exercício do seu mister”. 

Revista Consultor Jurídico, 22 de março de 2016, 18h11

Comentários de leitores

4 comentários

Recordemos

LunaLuchetta (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

A diretoria da OAB sp não está preocupada nem com os Advogados, nem com a Advocacia. Não há como esperar coisa alguma além de uma "notinha" quando acontece fato - GRAVÍSSIMO - como este.
Recordemos: o Doutor Sidney Uliris Bortolato Alves (que foi diretor e presidente da CAASP) faleceu durante uma audiência em Barueri. Quando começou a se sentir mal, pediu para que o Juiz interrompesse a audiência e lhe prestasse socorro. Não foi atendido, ou melhor, o Magistrado mandou lhe servir um copo d'agua.
O que fez a OAB ? Pelo que eu saiba, nada. Não teve coragem de pedir, ou melhor, exigir uma apuração !! Faltou coragem !!!

Brasil

Professor Edson (Professor)

59 mil homicídios por ano, 10% dos homicídios no mundo.

O assassino acha que está fazendo um bom trabalho

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Infelizmente é o destino de todos nós advogados. A Ordem dos Advogados do Brasil fica no mi-mi-mi no momento da tragédia, mas assim que o caso é esquecido pela grande mídia tudo também é esquecido na Ordem. Há poucos dias um jovem colega advogado foi morto a facadas em plena luz do dia na cidade de Bandeirantes. Outros exemplo inúmeros, em todo o país. Dada a inércia da OAB em valorizar a profissão, os mais exaltados acreditam que mentir visando prejudicar o advogado, não pagar honorários, e até matar o causídico, é coisa normal. Não raro, a própria Ordem dá guarida a caloteiros que devem honorários e inventam o mundo e o fundo para não pagar. Se a própria Ordem não valoriza o advogado, certamente que ninguém mais irá dar valor à profissão, e a seguir nesse ritmo a profissão acabará por desaparecer logo em breve.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 30/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.