Consultor Jurídico

Notícias

Prerrogativa do defensor

Moro quebra sigilo profissional de advogado de Lula e divulga grampos

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

26 comentários

Gran circus brasilis sauda a distinta plateia

hammer eduardo (Consultor)

Já sabia que viriam com um caminhão de pedras em cima da atitude do Juiz Moro em divulgar os grampos porem cabe perguntar o basicão , os variados marginais envolvidos nestes diálogos telefônicos ( com pedrinha no dedo ou não) merecem respeito nesta verdadeira ZONA que virou o Brasil atualmente ? Hoje a Nação assiste estupefata a esta verdadeira orgia da avacalhação em que aquela bandida incompetente entrega de maneira informal o DES-governo da Nação nas mãos daquele calhorda nove dedos . Estamos a poucos passos de uma "venezuelização" em definitivo se ninguém fizer nada , dentro ou fora da Lei , o que importa e que estamos indo rápido para o velho beleleu e neguinho perde tempo com "detalhinhos" menores MESMO que amparados em Lei . Pergunto também , os sigilos e as leis servem para encobrir atos criminosos e bandidagens explicitas ?. Se fossemos um Pais serio , os envolvidos já estariam NO MINIMO fora do governo e de preferencia na cadeia , INCLUSIVE divogadios vagabundos que se propõe a participar desta baderna pseudo-juridica travestida de "legalidade". Nunca seremos uma Nação que assim possa ser chamada enquanto campear livremente este prostibulo da Cidadania no varejo com aplausos de hiena dos "colegas" que se servem no mesmo cocho da bandalheira travestida de Direito. 1964 ocorreu por uma migalha desta esculhambação devidamente travestida de "democracia" que vemos atualmente. O Brasil entra na reta final do desastre total enquanto as hienas gargalhantes nem conseguem reparar que vão para o bueiro a reboque. Viva Sergio Moro , que Ele erre a vontade pois mesmo assim estará sendo realmente útil ao Brasil e ajudando a desmascarar esta corja de vagabundos e enganadores que se abrigam embaixo do cobertor curto que chamam de Justiça.

Casa desabou

mgoiatti (Auditor Fiscal)

Pelo meu "insipiente" conhecimento do direito, o Estatuto da Ordem não está acima da Constituição Federal.
Ja a Constituição Federal diz que todos somos iguais perante a lei.
Que rebatam esses dizeres os "doutores de araque" defensores de bandidos corruptos e que recebem honorarios vultuosos de dinheiro sujo.
Doutores de araque sim, porque Doutor é só quem possui título de dourado,defensores dos bandidos

E a coisa em si?

Gecivaldo (Advogado Assalariado - Empresarial)

Bom dia.
Preocupam-se com ilegalidades ou não das interceptações. E a "coisa" em si? A cegueira libra sobre os compadres do "governo dilma e agora lula"!

Ficou louco de raiva

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Esse juiz ficou maluco ou está indo para o time dos asnos! Está agindo nos mesmos padrões da tucanalha perdedora das eleições, ou seja, completamente desgovernado porque perdeu o cliente.

A decisão do Juiz Moro

IZIIVAH (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Quando há conflito de bens juridicamente protegidos, o Juiz deve decidir .....
Moro simplesmente decidiu .... Lula ainda não tomou posse.
Perdeu a oportunidade de utilizar o "cheque" que Dilma lhe entregara e "sacado" seu crédito (sigilo das gravações) ....
Agora, antecipa a sua posse, prevista para terça, a fim de fugir da prisão, possivelmente já decretada pelo juiz Moro.
Somente com a posse estará livre do livre do juiz Moro...
Ventila até o seu não comparecimento na posse para fugir de eventual prisão que, ao que tudo indica, já está decretada.

Teixeira é Investigado!

Wander Barbosa & Carini Advogados (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

"Mantive nos autos os diálogos interceptados de Roberto Teixeira, pois, apesar deste ser advogado, não identifiquei com clareza relação cliente/advogado a ser preservada entre o ex-Presidente e referida pessoa. Rigorosamente, ele não consta no processo da busca e apreensão 5006617-29.2016.4.04.7000 entre os defensores cadastrados no processo do ex-Presidente. Além disso, como fundamentado na decisão de 24/02/2016 na busca e apreensão (evento 4), há indícios do envolvimento direto de Roberto Teixeira na aquisição do Sítio em Atibaia do exPresidente, com aparente utilização de pessoas interpostas. Então ele é investigado e não propriamente advogado. Se o próprio advogado se envolve em práticas ilícitas, o que é objeto da investigação, não há imunidade à investigação ou à interceptação."

Ilegalidade

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

No mais, pelo que vem sendo divulgado pela imprensa O juiz federal Sergio Moro violou a lei divulgando as supostas interceptações. O mais exaltados vão dizer que se trata de uma "ilegalidade para o bem", e quanto a isso devemos lembrar que esse foi o raciocínio que o PT tentou nos empurrar ao longo dos últimos anos. Lei deve ser cumprida, e a falta de cumprimento da lei é que acabou com essa República.

Bonnie e Clyde

Professor Edson (Professor)

Ele fugindo da justiça, acusado de crimes graves, ela usando a máquina pública para ajudá-lo, e possivelmente também envolvida em crimes.

Só para pensar...

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

A Constituição...
Art. 102. Compete ao Supremo Tribunal Federal, precipuamente, a guarda da Constituição, cabendo-lhe:
I - processar e julgar, originariamente:
b) nas infrações penais comuns, o Presidente da República, o Vice-Presidente, os membros do Congresso Nacional, seus próprios Ministros e o Procurador-Geral da República;
Então a Legislação Infraconstitucional.
LEI Nº 9.296, DE 24 DE JULHO DE 1996
Art. 10. Constitui crime realizar interceptação de comunicações telefônicas, de informática ou telemática, ou quebrar segredo da Justiça, sem autorização judicial ou com objetivos não autorizados em lei.
Pena: reclusão, de dois a quatro anos, e multa.
xxxxxx
As probabilidades de o vazamento das escutas ter desdobramentos... Mas enfim, vão aparecer vozes dizendo que a Constituição é absolutamente relativa...

Sem problemas!

Flávio Marques (Advogado Autônomo)

Ora, se se não há motivos para manter o sigilo processual, nada mais correto que retirá-lo, até por que o processo É PÚBLICO! Todos nós temos o direito de saber o que passa nele, em especial por que o caso que ali se passo é de interesse nacional - baste ver como tal partidinho colocou um grande nação na lama! PARABÉNS AO JUIZ POR TRAZER A PÚBLICO QUESTÕES DE INTERESSE NACIONAL!!!

Que advogado?

A.F. WAGNER JR. (Advogado Autônomo)

Aquele que disse que eles tinham a faca e o queijo na mão e que ele deveria virar Ministro pra ter o foro privilegiado?
Não está relacionado no processo como advogado.

Erro?

MarcolinoADV (Advogado Assalariado)

Prezado Ramiro,

"Se o Juiz Sérgio Moro pagar o preço, e pode se ter certeza que nem toda gritaria histérica e zurros da opinião publicada serão capazes de livrá-lo da consequência de um erro tosco..."

Independentemente de achar que a trilogia "poderoso chefão" virou jardim de infância quando comparado ao que vivemos aqui, não acredito em "erro tosco". A divulgação foi proposital e visou causar um estardalhaço, ou alguém duvida disso?

Aliás, com essa moda de grampo e delações, tem gente graúda que deve estar agradecendo por Demóstenes haver caído faz tempo.

No mais, quero mais que Lula, Dilma, Delcídio, Aécio, Cunha, etc etc e etc se compliquem cada vez mais. O triste é o que e quem surgirá depois de todo esse cataclisma.

Todos estamos em risco

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Diz-se que a ocasião faz o ladrão. Esse ditado se aplica inteiramente em relação às prerrogativas da advocacia. De cada 100 advogados, 95 se dedicam a defender o cidadão comum honesto, em ações trabalhistas, previdenciárias, contra bancos, etc. Mas na prática essa fatia da advocacia não existe para a OAB ou para a grande mídia. O criminalista, notadamente os que defende políticos (corruptos ou não) dominam a OAB e fazem que eles sejam a cara da advocacia. Com a desmoralização dos advogados (criminalistas), obviamente que as prerrogativas dos advogados que realmente litigam contra o Estado e o poder econômico, estão em risco. O povo não distingue uns dos outros, e jogados na mesma vala a advocacia que defende o cidadão honesto vai sofrer ainda mais, obviamente com prejuízos aos próprios cidadãos.

O que virá pela frente?

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Não posso dizer que faça ideia do que virá pela frente, mas parece claro, de um lado a política e de outro a burocracia estatal de carreira, do jeito que a coisa ficou, um dos dois lados vai ao fim terminar arruinado, em terra arrasada. Salvo uma rebelião militar, outra "redentora", aí os dois lados saem totalmente arrasados, com juiz e promotor tremendo nas bases diante de um simples major, por que em regime de exceção, basta lembrar o AI-1, não existe vitaliciedade, inamovibilidade, carreira... manda quem pode e obedece quem tem juízo.
Sonham em fazer do Brasil uma Miami por decreto e a golpes de direito penal, isso aqui há muito tempo está mais para Haiti, que parecia funcionar melhor debaixo da ditadura Duvalier, Papa Doc e Baby Doc e tonton macoutes, do que está agora, caos total...
O próximo passo seriam os conflitos de rua entre partidários de um lado e de outro... Particularmente aposto numa acachapante derrota do modelo atual de burocracia estatal de carreira... Para mim não soa nada estranho ver os modelos decorebas de concurso público de divisão de poderes, de instituições, os modelos ideais, ruírem diante da nua e crua realidade sem véu de alegoria.

Qual será o preço do erro da preciptação

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Inevitável neste momento lembrar da sathiagraha, do Protógenes, do Juiz Fausto De Sanctis que saiu promovido a desembargador em matéria previdenciária para fugir à sanção imposta pelo CNJ.
Um óbvio ululante, pode se dizer ser questão de serendipidade num grampo virem gravações de pessoas com foro privilegiado, a consequência, toda a instrução é imediatamente transferida para o Tribunal Competente.
Se o Juiz Sérgio Moro pagar o preço, e pode se ter certeza que nem toda gritaria histérica e zurros da opinião publicada serão capazes de livrá-lo da consequência de um erro tosco, divulgar à imprensa gravações de pessoas com foro privilegiado, se o Juiz Sérgio Moro finalmente levar uma na lata, serei um dos que não terei nada para lamentar. Não que defenda a corrupção. Apenas por que tenho aversão ao nazi-fascismo, e o fato de se repetir uma mentira um milhão de vezes não a torna em verdade, nem repetir um erro um milhão de vezes o transforma em acerto.
No TRF-4 por certo irá dar em nada qualquer representação, mas quando a poeira baixar, no CNJ...
Há a questão do postulado empírico do menor subsídio, quem tiver o menor subsídio, como era o caso de Protógenes, é quem vai segurar as maiores bombas nas mãos...
Enfim, tudo parece ter virado uma guerra de destruição, e só vai acabar quando um dos lados conseguir arruinar o outro lado.
Tempos atrás postei comentários, acompanhando posição de outros comentaristas, comentários que provocaram reações iradas, de que a sathiagraha iria terminar numa grande nulidade.
O clima de guerra irreversível que acabou tomando, ou a Lava Jato arruina com quatro quintos da classe politica, ou então a Magistratura e o Ministério Público vão acabar soterrados pela política...

Adv? Já foi há muito tempo.

HERMAN (Outros)

Há muito o Dr. Roberto T, é bem mais do que adv do lula. Exatamente por isso não pode se situar sob o estatuto da Oab, faz parte do mesmo plano de poder. Antes, porém, conseguiu muitas benessis, como caso Transbrasil etc.

que Advogado do lula.

E melhor rasgar as leis

DANNIEL NOBRE (Estudante de Direito)

Quero deixar claro que não sou correlegionário de nem um partido politico, apenas quero expor minha opinião como estudante de Direito.
O mandato coercitivo contra o ex presidente "Lula" foi indiscutivelmente uma arbitrariedade (juridicamente falando), quanto à divulgação das conversar telefônicas do mesmo, pelo Juiz Federal Sérgio Moro, é praticamente um "Estupro" ao ordenamento jurídico, uma vez que o Juiz Sérgio Moro não detinha competência para divulgar as gravações, afinal a partir do momento de Lula foi nomeado Ministro as ações contra ele seriam julgadas pela STF, e é de conhecimento de todos a inviolabilidade do local de trabalho, bem como dos instrumentos de trabalho do advogado, exceto quando existem indícios de que o advogado praticou algum crime, e falando em indícios os existentes contra ele (Dr. Roberto Teixeira) são muito frágeis e inconsistentes até esse momento.

Eu fico triste quando vejo os magistrados atropelando a Constituição e as leis Infraconstitucionais.... por quais quer motivo.

J. Silva (Auditor Fiscal)

Observador.. (Economista)

Que bom que o senhor esclarece.
Acredito que o senhor Juiz Sérgio Moro também sabe.

Quanto a Moro...falam em Messias...que o povo brasileiro é tolo etc....
Por que nos EUA, Inglaterra, Rússia e outros países tem seus heróis e aqui alguns menoscabam feitos e pejorativamente classificam como "Messias"?

Heroí é aquele que com pouco e tendo tudo contra, consegue grandes feitos.

Os 300 de Esparta, nas Termópilas, comprovam.

Quanto ao Juiz Moro, ficarei com a frase de Churchill referindo-se ao Comando da R.A.F e seus pilotos, quando da resistência à invasão nazista, durante a WW2:

"Nunca tantos, no campo dos conflitos humanos, deveram tanto, a tão poucos".

Nunca o Brasil deveu tanto a alguns abnegados que, em pouco número, mostraram que podemos ser um país digno.

Que Deus os proteja!

Sigilo só entre advogado e cliente

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

O que NÃO é o caso concreto, como as provas já se encaminham avançadas nesse sentido. Agora, é preciso ter olhos "de quem quer ver".

Poço sem fundoe

Marcos Umberto Canuto (Advogado Autônomo)

INACREDITÁVEL!!! Que país é este?

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 24/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.