Consultor Jurídico

Notícias

Quinto constitucional

Após processo polêmico, Marianna Fux
toma posse como desembargadora

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

23 comentários

Cargo

O IDEÓLOGO (Outros)

Assim que obter Graduação no antigo Ciências Jurídicas e Sociais, Mestrado e Doutorado em Direito Comercial, conseguirei atingir o ápice da carreira no Poder Judiciário do Rio de Janeiro? Espero que Deus me ajude.

não há motivo para revolta

JUNIOR - CONSULTOR NEGÓCIOS (Professor)

A qualidade é proporcional à qualidade da jurisdição entregue ao contribuinte e cidadão que leva sua demanda à justiça.

Um absurdo completo

Mauro Garcia (Advogado Autônomo)

Para não dizer que desmandos, negociatas e afins são entes exclusivos do Executivo e Legislativo. Quem tiver curiosidade, ouça a prova oral que a moça se submeteu. Uma única pergunta respondida em 30 segundos. Sobre o M. Fux já pesava aquele lobby horrendo em sua indicação para o STF, agora mais esta.

desvio

Mariana Ropelato (Servidor)

acho bonita a carreira de magistrado? estudasse e fizesse concurso entao! Quinto constitucional sendo usado em desvio de finalidade, assim como os cargos em comissao já perderam sua função! Só apadrinhamentos! absurdo

Parabéns ao país do faz de conta

Jackso Oliveira (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Todos sabemos que esse país é de "faz de conta" , sabemos que não será ela que fará os Acórdão e, sim seus assessores (esses muito qualificados), assim como é em todos os Tribunais Superiores, inclusive de seu pai. O pior são aqueles ditos magistrados (de carreira) que se consideram "Deuses" e as vezes recebem dano moral superior a R$ 50 mil, por serem assim taxados. e por morte de um filho estão julgado improcedente a Ação, o pior e juízes de carreira não deixarem os advogados trabalharem nas audiência (cerceando e conduzido o processo como eles querem), o pior ...o pior...o pior.... Sabemos ainda que vários magistrados de carreira empregam filhos em empresas (principalmente departamento de instituições bancárias). Dra. Marianna Parabéns por favor, não faça nepotismos velado, e seja isenta para o escritório do Bermudes que sabemos que tem o Poder Judiciário do Rio de Janeiro (principalmente o federal). Bem como sabemos que seu pai ao se aposentar irá prestar assessoria jurídica a esse grande escritório. A Sra. já apreendeu como funciona a democracia no escritório em que era sócia. Novamente Parabéns cuide de nós advogados e com o Poder que lhe foi conferido ajude a não acabar com a classe.

Vergonha para a OAB e para o Tribunal

Antonio Carlos Melo dos Santos (Advogado Autônomo - Civil)

E se não fosse filha de quem é? Será que teria conseguido esta vaga? Duvido muito. Nada mudou neste país. Não acredito mais no discurso de ética e moralidade da OAB, é só da boca pra fora.

livre mercado?livre iniciativa

Octavio Pires (Advogado Autônomo - Civil)

"Abaixo o Estado e tudo o que lhe diga respeito." Até o momento em que o Estado "sou eu". A partir daí, não há imoralidade, tampouco bandalheiras e muito menos o Estado é opressor tributário. Livre mercado e livre iniciativa, seja lá o que possa significar isso, "para os outros".

É a tar da meritocracia, uai!

Radar (Bacharel)

Não entendi o porquê do espanto. Não se fala tanto em meritocracia? Aí está ela, ao vivo e em cores. É essa a meritocracia que funciona nesse país. Bora, desancar bolsa família e a política de cotas!

Iminente e eminente

Totoni (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Segundo o vocabulário pátrio, o termo "iminente" deve ser utilizado em um contexto relativo a algo que está prestes a acontecer, em via de efetivação imediata.
Já viram algo de efetivação mais imediata que a nomeação, sabatina e posse da eminente desembargadora?

Bilionésima Pérola Fluminense

Kelsen da Silva (Outros)

Venho comentando aqui reiteradamente essa sina do Rio de Janeiro com suas homéricas gafes judiciais. É uma atrás da outra.

Patrimonialismo

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Patrimonialismo disfarçado x Patrimonialismo descarado e despudorado. Á moda não tem fim.

Pois é...

Klaus Costa (Advogado Autônomo - Criminal)

Não conheço o trabalho dela, mas ela "trabalhou" no mesmo escritório desde os 18 anos de idade (?!) e era sócia (?!) e agora é desembargadora com apenas 35 anos (?!). Isso tudo é muito estranho, beirando o cômico. Os concursandos que entram na magistratura estão beirando os 30 anos de idade e, agora, tem desembargador nessa faixa de idade. Desculpem-me, mas ter um pai ex STJ e atual STF CONTRIBUIU MUITO para esse cargo dela. Ou vai me dizer que bastou "estudo e dedicação" a uma advogada que nunca ouvimos falar e que se destacou apenas pela relação de parentesco? É claro que ela pode ser extremamente competente (e não duvido que seja), mas eu, no lugar dela, recusaria o cargo, justamente para demonstrar que minhas qualificações e habilidades estão acima de qualquer suspeita/ajuda/contribuição/parentesco. Conheço advogados conhecidos no meio jurídico, dando aula, com mestrado e doutorado no exterior e que sequer conseguem indicação na lista em razão da falta dos "apadrinhamentos" necessários. Desejo boa sorte à nova (literalmente) desembargadora e que ela consiga superar todas as suspeitas do mundo jurídico. Não deve ser fácil ser desembargadora revendo julgados de juízes de primeiro grau mais velhos e com muito mais experiência na judicatura.

Sabatina no "you tube"

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Imperdível. Muita sorte á "iminente" "desembarcadora". Ela vai precisar, porque se depender do conhecimento.....

Máxima Vergonha.

Paulo Garcia (Advogado Assalariado - Administrativa)

A que ponto chegamos! E os advogados cariocas nada fizeram para impedir tal absurdo, de uma semianalfabeta jurídica (quiçá em outros setores também). Essa moça é conhecida por todos por sua inexpressividade. Este País, e, especificadamente, aquele Estado do Rio de Janeiro, é uma vergonha incomensurável às pessoas que prestam.

Goela abaixo

Bruno César Cunha (Advogado Assalariado - Civil)

Mesmo com a pressão e o inconformismo da comunidade jurídica, conseguiram entubar essa "desembargador" na garganta do povo. Tenho pena dos que estarão sob a jurisdição to TJ-RJ. Não bastasse apoio às truculências processuais do Moro, agora eles têm a mais famosa desembargadora do país.

Iminente?

Glacidelson (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Será que ela falou iminente mesmo ou foi erro de digitação? Se falou iminente, começou mal. O correto seria eminente.

Vergonha desse país !!!

Renan R. S. (Funcionário público)

Eu esperava mais da justiça... :(

Vergonha desse país !!!

Renan R. S. (Funcionário público)

Eu esperava mais da justiça... :(

À rés do chão...

Jose Paulo Ximenes da Silva (Engenheiro)

Senhores juristas, isso não é nepotismo, agravado com o dolo da máscara e, mais grave ainda, "paitrocinando" por quem tem no exercício do maís alto cargo do judiciário, a obrigação do zelo à decência?
Que horror.
É ainda usarem como argumentos a pessoalidade em ellogios fora de lugar e sentido a banca de jurisconsultos.
Pobre Brasil.

Parabéns à Desembargadora.

Observador.. (Economista)

Mas não posso deixar de registrar.
Vivemos em um triste país.
E, no fundo, qualquer um sabe disto. Desde os tempos de Rui Barbosa, poucas condutas mudaram. O que temos agora é Face, Insta e Iphones, deixando com ar moderno todas as condutas arcaicas que ainda selam o destino do nosso país.

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 22/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.