Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Adoradores de sapo

Ton (Auditor Fiscal)

Pergunto a vocês, porque pode ser decretada contra os PPP e não pode sobre o santo do pau oco ?

Direto, sem perder a didática

Alexandre Alves Domingos (Outros)

Direto, sem perder a didática. É o eterno labor de se tentar fazer distinguir o que é jurídico daquilo que é o senso comum.

Lições de Abismos

J. Cordeiro (Advogado Autônomo - Civil)

Agora, quando a presunção de inocência foi expressamente revogada pelo Supremo Tribunal Federal, sob a justificativa do clamor popular e para favorecer a oposição política ao governo atual, essa de se discutir se certo ou errada a decisão de Curitiba em mandar prender o ex-presidente Lula é a mais pura balela.

Estado de Exceção foi em 1964. Os militares, usados pela infâmia civil de 1899 até 1988, caíram fora, cansados de serem usados como justificativa para atos vergonhosos.

Nestes tempos, a elite pretende valer-se da pavonice do Judiciário, ávidos de fama, ajudados por boa parte dos pequenos burgueses que compõem o Ministério Público e o Judiciário, instigados pela grande mídia, porta-voz da oposição e dos abastados.

A situação do momento é uma atitude ainda não nominada pelos estudiosos.

Mas, pelos rumos, parece que vamos sentir saudades dos anos de chumbo.

Lógica Básica

JuizEstadual (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Se há unanimidade contra a desnecessidade da prisão, quer dizer que todos são a favor da prisão.
Raciocínio lógico elementar mandou um abraço...

Defendendo Dirceu no livro

LeandroRoth (Oficial de Justiça)

Bitencourt. Certo.
.
Comprei outro dia o volume I do Tratado de Direito Penal dele. Me arrependi. Passa quase uma página inteira defendendo o Dirceu e relatando supostos "absurdos" da AP470 (Mensalão)...
.
Acho que não preciso dizer mais nada.

Comentar

Comentários encerrados em 22/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.