Consultor Jurídico

Notícias

Trabalhos interrompidos

Suicídio suspende prazos desta quarta-feira no TRT de São Paulo

Comentários de leitores

11 comentários

Praga do lalau

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Pegaram o homem "no pulo" (que para ele jamais foi fatal- muito ao contrário-) e depois disso colegas desesperados inexplicavelmente saltam das rampas num "pulo para a morte". É lamentável essa "estranha atração" para o cometimento de suicídios naquele local.

Etranho

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Suicídios em fóruns no Brasil não é uma coisa comum. No Fórum em questão, no entanto, diz-se que são 4 em poucos anos. Deveria haver uma investigação para apurar a causa, pois não se trata de uma situação comum.

Há um motivo para jornais não divulgarem suícidio

Júlio Silveira (Advogado Assalariado)

Mas o ConJur parece desconhecer.

A própria portaria do TRT2, se limitou a dizer que por um "lamentável incidente..."

Falta de responsabilidade.

Poderia ser um local de vidas salvas...

Mig77 (Publicitário)

Esse imenso edifício, deveria ser um complexo hospitalar, não de um absolutamente dispensável Forum Trabalhista.Vidas seriam salvas.

Inadmissível

breva (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Não é possível que isto esteja acontecendo, é preciso mais atenção de quem gere este imenso complexo, providências urgentes tem que ser tomadas. Não é admissível que o fórum trabalhista vire um palco de horror com esses inúmeros infortúnios. Algo além de nosso entendimento povoa aquele lugar...

Indignação extrema!!!!!

Luís Eduardo (Advogado Autônomo)

Quantos suicídios serão necessários nesse mesmo local para o TRT tomar providências de segurança que impeçam atos idênticos???????????????????????

A questão não é de segurança !

Mario Santos Silva (Advogado Assalariado)

Infelizmente
Não se trata de uma questão de segurança, Os suicídios continuarão!
Aconselho a todos que frequentam o local não ficarem no saguão.

Justiça desacreditada

IARA ZAVA (Outros)

O suicída era parte? Se sim, vemos claramente o resultado de uma justiça desacreditada. Uma sociedade e um Estado que a cada dia se vê mais desorientada, sem qualquer controle emocional e amparo.

4 suicídios.

Shimon (Serventuário)

O pior é que já se somam 4 suicídios.
Um estagiário, uma servidora e outros dois, partes.

Lamento muitíssimo, mas compreendo o desespero!

Leonardo BSB (Outros)

Eu acredito que essa pessoa deveria ser um sofrido empreendedor sacrificado por uma das muitas sentenças teratológicas da Justiça do Trabalho! Como dito pelo próprio valoroso presidente do TST, um dos juízes mais sérios e imparciais que já vi na Justiça obreira, juízes que nunca empreenderam e não sabem das dificuldades, inclusive ocasionadas por trabalhadores que têm uma das piores produtividades do mundo, condenam costumeiramente empresas a pagar mais do que o sujeito receberia durante a vida inteira! Pra muitos juízes do Trabalho que interpretam Diploma da década de 40 como se ainda vivêssemos naquela época em que a maioria das pessoas eram analfabetas, os empregados são sempre santos e explorados, malvado é o empregador que lhes dá emprego!!! Eros Grau bem leciona que é uma estupidez tremenda interpretar lei de modo alheio ao tempo atual!

Igualdade

Professor Edson (Professor)

Se um preso se mata o estado indeniza a família, e nesse caso, cadê a segurança e fiscalização, existe claro o direito à privacidade, mas já dois casos, existe algum responsável?

Comentar

Comentários encerrados em 17/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.