Consultor Jurídico

Comentários de leitores

48 comentários

Os dois corpos

O IDEÓLOGO (Cartorário)

O pensamento do Juiz sobre a sua opinião sobre determinado Partido Político, não pode se confundir com o seu pensamento como membro do Estado, encarregado de aplicar, imparcialmente, os textos legais à solução dos conflitos jurídicos. Ou seja: a pessoa do juiz se fraciona. O ilustre Lenio Streck escreveu importante artigo sobre a teoria dos "Dois Corpos" - O que é preciso para (não) se conseguir um Habeas Corpus no Brasil" no Conjur. Aconselho a leitura e a atuação da OAB em grave fato.

Alô Corregedoria!

Carol Oliveira Lima (Assessor Técnico)

Penso que sentença é coisa séria, não deve ser usada para chacota ou manifestação de desprezo, sem qualquer pudor, como ocorreu no presente caso. Não deveria o juiz agir com imparcialidade?
Lamentável o tratamento discriminatório injustificado conferido ao partido, que foi tratado com escárnio e desprezo na sentença. Pior, agindo assim, esse juiz revela - publicamente - sua posição partidária anti-PT.
Cabe procedimento administrativo e, NO MÍNIMO, o juiz deveria ficar impedido de atuar como JUIZ ELEITORAL.
Afinal, "(...) juiz tem a obrigação de abster-se de intervir nas causas em que veja comprometida a sua imparcialidade ou naquelas que um observador razoável possa entender que há motivo para pensar assim".

Falta de maturidade!

Gilbert R L Florêncio (Assessor Técnico)

Apesar de eu não ser petista, estou certo de que um juiz não pode confundir o sentimento que carrega em suas entranhas com o seu mister funcional. Esse juiz demonstrou apenas NÃO ter maturidade suficiente para ser um julgador. Lastimável.

Juiz partidário

Vladimir de Amorim silveira (Advogado Autônomo - Criminal)

Juiz agora tem partido politico.

Contestação do Dr. Cláudio Castello é petição de alto padrão

Carolina Almeida (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Colegas,
A questão principal, aqui, não é se o juiz pode ser irônico mas o quanto absurda é essa ação.
Eu cliquei ao final da matéria e baixei a contestação.
É uma peça brilhante, elaborada de forma bastante contundente, uma petição de um grande advogado, que muito enobrece a nossa causa.
Já aviso que não conheço o Dr. Cláudio.
Mas quando se examina o seu trabalho, dá para se perceber uma advocacia de alto nível.
Seu cliente foi muito bem representado, de forma dura e enérgica contra o PT, que é o algoz acusador.
Ele realmente merece essa vitória-derrota.

Quem aguenta os petralhas?

Ricardo Fernandes Paula (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

O Brasil foi saqueado e quebrado pelos impolutos, paladinos da moralidade, aqueles que nunca fizeram nada de errado! Isso é um fato público e notório!
Parabéns ao Juiz, ele é cidadão, pagador de impostos e sofredor como todos os brasileiros, a sua decisão merece apenas um reparo: a condenação foi injusta, deveria ser de apenas um centavo!!! Esse pessoal já tem demais!!!

Acordais Templários!

João pirão (Outro)

Isso não deixa de ser um reflexo das animosidades políticas que temos invocado, acordando vários espíritos que estavam dormindo. Agora a santa inquisição será instaurada para subjugar aqueles que pensem diferente de mim. Poderão sobreviver, mas sob as nossas condições.

Furada

João pirão (Outro)

Uma pena o que fez esse juiz. Talvez "sem querer querendo", mas jogou fora a oportunidade de ser sensato. Colocar na sua decisão o cunho político não foi a melhor opção. Embora ele não seja doutrinador, o que faz ou deixa de fazer vira um precedente, e aí o feitiço pode se virar contra o feiticeiro.
Era melhor ter extinguido o processo, pois se ele não sabe, como servidor público (mais ainda um juiz) ele deve primar pela impessoalidade, a razoabilidade, e sobre tudo, a economicidade.

Sobrenome

Denis Acioli (Industrial)

O sobrenome já não nega. 'JUIZ' pode torcer por partido como fosse time de futebol? Deveria ser isento não?
Vamos lá dr. no dia 13 !!!!!!

O juiz até que foi bom demais ....

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

Calma petistas e simpatizantes ... Poderia ser pior e o juiz ter julgado a ação improcedente porque o requerido só falou a verdade e ainda aplicado elevada multa ao PT como litigante de má fé ... e para terminar creio que fedido deve ser o bafo do Lula e não a prestimosa decisão em comento.

Realmente tempos sombrios

Fernando Lira (Outros - Internet e Tecnologia)

Um absurdo essa demonstração explícita, melhor, escancarada de parcialidade. Como já comentaram alguns colegas
"Uma chacota judicial como essa é para se lamentar. Uma pena que tenhamos juízes aplicam a lei de acordo com o destinatário".
"Tempos sombrios!"
"A sentença revela a ideologia de seu prolator."
A ironia(?) usada pelo excelentíssimo Juiz demonstra em que ponto chegou o Judiciário e aplaudir esse tipo de conduta, por nos agradar a sanha persecutória, é ajudar a armar a bomba que está por explodir de vez os direitos e garantias legais tão duramente conquistados a custa do sangue de muitos inocentes...

Cuidado

Gian Roso (Estudante de Direito)

Aos que aplaudem a decisão não se esqueçam de que amanhã pode ser um de vocês que se sinta ofendido e ganhe uma indenização de 1 real. Ademais, juiz tem o dever de ser imparcial, coisa que não se observa na decisão.

O povo, mais sério, está ficando cansado

Sérgio Tibiriçá (Administrador)

Pontos de vista diversos, muitos com razão, mas no atual momento do País, nada melhor do que demonstrar o pensamento "puro e real" de muitos, inclusive da classe de Juízes, que muitas vezes não estão aguentando mais o que estão assistindo fazer com nosso PAÍS. Minha vontade era ir embora para um Canadá da vida, mas vou aguardar mais um pouco, pois nunca tinha visto alguém conseguir ir tão longe, como este Sr. Sérgio Moro. Gostei da forma que este Juíz se manifestou, R$ 1,00 sendo que a diferença R$ ----.-----.-----.-----.----,00 parece que já recebida pelo partido "dentro dos parâmetros legais.

Juiz imparcial? Pelos na exteriorização deveria ser!

Weslei Estudante (Estagiário - Criminal)

Vai você exteriorizar nesse mesmo juiz e dizer que TODOS os juízes vendem sentença?
http://www.conjur.com.br/2015-mar-25/cnj-aposenta-juizes-venda-sentenca-quebra-imparcialidade

Digo com absoluta certeza que quem generaliza não é operador do direito “rectum”,e tal certeza que não tem nenhum estudo sobre corrupção, se pedir estatísticas e matemática será demais, história também. Porém a certeza será a prática o direito penal do inimigo ideológico.

O PT é mais corrupto? para uns sim, par outros não.

Para qualquer tese desse tipo teríamos que ter princípios e fases do processo e matemática, história (espaço e tempo):
- Investigação
- Oferecimento de denúncia pelo MP
- Arquivamento de denúncias
- Julgados em 1° instância
- …………………………...
- Trânsitos em julgados

Temos um “pouco” aqui:
Históricos:
http://www.tribunahoje.com/noticia/126259/brasil/2014/12/14/corrupco-no-brasil-desde-as-colonias-na-politica-e-no-mercado.html
http://www.jb.com.br/pais/noticias/2014/12/14/corrupcao-no-brasil-das-colonias-a-todas-as-esferas-da-politica-e-do-mercado/?from_rss=transito

Temos site aqui:
http://www.muco.com.br/
r/>Temos Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE):
http://www.prpa.mpf.mp.br/institucional/prpa/campanhas/politicoscassadosdossie.pdf

Olha que há um ranking, por incrivel que parece o PT não está em 1°.

Posso encher mais de dez páginas de praticamento todos os partidos.
Diante dos fatos fica difícil constar quem é mais corrupto. Mas o operador do direito deve ser isento, quanto mais o juiz.

Agora, pergunto:

É possível combater à corrupção com o direito penal do inimigo?
O "amigo" presunção de inocência, o inimigo presunção de cupla, será que possível, será que são operadores do direito "directum" e "rectum".

Esse juiz é mais um.....

ericapi (Advogado Autônomo)

....entre milhões de brasileiros que estão cansados de serem diariamente assaltados por essa corja do PT. Esse partido assolou nossos lares , nossos cofres públicos com dívidas para financiar campanhas eleitorais e encher o bolso desses corruptos! O Brasil acordou e creio eu, que a partir de agora, diante dos fatos apurados relativos a corrupcao, os quais sao publicos e notorios, essa erva daninha será exterminada do Brasil.

Ironia sim, mas não de mau gosto.

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Desrespeito ao dinheiro público é obrigar contribuinte a financiar campanhas políticas do PT mesmo mesmo que nem seja eleitor do PT.
Se o PT não admite ouvir outra coisa sobre as suas sandices e falcatruas que não seja amém então que não movimente o Judiciário.
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Falta de responsabilidade

George Rumiatto Santos (Procurador Federal)

Juiz que decide de forma abertamente parcial não merece ser juiz.
-
Ironia de mau gosto, que merece procedimento administrativo disciplinar.
-
Se houve dano, a indenização deveria se dar em patamar razoável, a remunerar a parte lesada (independente da parte ser "do agrado" ou não do magistrado) e o seu advogado. Se não houve dano, a ação deveria ser julgada improcedente, também com a consequente condenação em honorários e custas.
-
A decisão é debochada, parte para o achincalhe e a ofensa pessoal. Absolutamente lamentável.
-
Espero que as partes recorram, e que sejam tomadas providências em relação a esse desrespeito ao dinheiro público e ao próprio Poder Judiciário.

Públicos e notórios

E. Coelho (Jornalista)

O MM. Juízo não se ateve à qualquer entendimento pessoal ou ideologia, apenas se deteve nos fatos, os quais são públicos e notórios.
.
Poderia ter extinguido o processo por ilegitimidade de parte, mas não o fez. Preferiu condenar a parte à pagar ao glorioso PT o valor de R$ 1,00.
.
Será que a parte irá recorrer para reverter esse julgamento, ou pagará a condenação?

ha ha

Professor Edson (Professor)

Dois tesoureiros presos por corrupção, uma avalanche de provas e delações , ora bolas falar a verdade se tornou crime, quando?

Antonio Fernando Araujo Martins (Juiz Estadual de 2ª. Inst)

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

Antonio Fernando Araujo Martins (Juiz Estadual de 2ª. Instância).
Vou fugir um pouco do tema do artigo...
.
Segurança jurídica? Onde e quando houve isso no Judiciário brasileiro?
.
Haveria um pouco se o STF fizesse bom uso das súmulas vinculantes (editasse centenas sobre temas já pacificados). Como não faz bom uso, o Judiciário é como uma "prateleira de supermercado" onde acha-se entendimento para QUALQUER gosto.
.
Quer apenas um exemplo de insegurança jurídica sobre um tema mais que batido? Foi dada entrada em uma ação no Juizado Especial Central de SP. O Autor comprou um imóvel cujo valor TOTAL do mesmo era 400 mil reais. Mas a ação de distrato pretendia a devolução de apenas 20 mil reais pagos até então pelo Autor.
.
A Juíza DIRETORA de tal Juizado, disse que a ação não poderia ser proposta ali e sim no rito comum ordinário pois o valor da causa deveria ser o valor TOTAL do contrato. Extinguiu o processo.
.
Juntou-se DECISÕES (sim, no plural) do STJ, TJSP, Colégios Recursais, doutrina e até um enunciado do FONAJE, onde TODOS dizem que o valor da causa deve ser exatamente 1% sobre o valor econômico pretendido/almejado e NÃO o valor total do contrato. Ela não reconsiderou. Terá que se interpor apelação. OLHA O TRABALHO, tempo, dinheiro do judiciário (isto é irrelevante para o... Judiciário) que a falta de uma súmula vinculante faz...
.
"ENUNCIADO 39 – Em observância ao art. 2º da Lei 9.099/1995, o valor da causa corresponderá À PRETENSÃO ECONÔMICA OBJETO DO PEDIDO."
.
Onde está a segurança jurídica no caso em tela senhor Antônio Fernando Araújo Martins? .
Lembrando que este caso relatado está entre outros milhares que já deveriam ter súmula vinculante.
.
Quem está certo? Todos que mencionei ou a citada magistrada?

Comentar

Comentários encerrados em 15/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.