Consultor Jurídico

Notícias

Crise em detalhes

Delação de Delcídio acusa Dilma e Lula de interferir na "lava jato", diz revista

Comentários de leitores

13 comentários

Uma Luz no Fim do Túnel !

Jorge Florentino (Advogado Autônomo - Criminal)

O combativo Juiz Sérgio Fernando Moro; com o trabalho que vem executando como dito popular:" Doa a quem doer" com certeza só não está sendo bem aceito por aqueles que só queriam e querem usar do poder em proveito seus e de seus familiares e/ou de pessoas do círculo de amizades; isto no campo político como se vê até então.
Tudo isto me faz recordar o dia 01/01/1965; data em que estava completando 16(dezesseis) anos; quando ganhei de presente um livro intitulado;" Cânticos Revolucionários"; e fazendo jus ao seu Título o conteúdo era composto de poesias e apesar de já ter passado mais de meio século; não apagou da minha memória o estribilho; que analisando no sentido exato da mensagem do poeta; talvez seja o momento propício para o seu "sepultamento" com as honrarias ao Juiz que pelo que se vê na mídia; não é de esquerda; não é de direita e não é neo liberal ou seja não tem vinculação nenhuma política; é simplesmente um Nacionalista; isto é com letra maiúscula mesmo.
Transcreve-se o estribilho ipsis litteres: " Por isto faminto povo; com raríssima exceção; todo político é trápola; todo governo é ladrão."
Espera-se que esta luz no fim do túnel; não seja uma locomotiva com dezenas de vagões lotados de minério; ou vagões tanques lotados de combustível; atropelando o Juiz Moro e toda a sua equipe; queira Deus que esta Luz seja emanada pelo Ser Supremo e que continue Iluminado este Profissional.
Não posso deixar de mencionar o celebre Pensamento de Napoleão Bonaparte:" O mundo sofre muito. Não por causa da violência das pessoas más, e sim pelo silêncio das pessoas boas."

Estamos esperando

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Fala-se que Delcídio teria desmentido a reportagem da Revista, e também que os jornalistas que publicaram a reportagem afirmam terem provas do que divulgaram. Pelo que eu vi, não restou esclarecido como os jornalistas conseguiram informações de processo sigiloso, o que leva a crer que ao menos em tese a informação foi obtido por meios criminosos, retirando em via de consequência a credibilidade. De qualquer forma, desde há muito é evidente que Delcídio foi preso e excomungado para que mantivesse sua boca bem fechada. Quando ele foi solto, a língua dele naturalmente começou a se expandir e ganhar mobilidade, e toda a Nação aguarda o que ele tem a dizer. A única coisa a se lamentar nesse episódio é que nós não temos nenhuma instituição realmente isenta que possa passar a limpo a questão e propiciar uma resposta realmente real aos fatos.

Ser intocável...

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

A Conjur demonstra claramente pela censura de certos comentários que alguns figurões da república são pessoas intocáveis...

ju2 (Funcionário público)

Eududu (Advogado Autônomo)

Não confirmar é uma coisa. Desmentir é outra.

Todos já sabemos que o PT, Lula e Dilma são desonestos. Mas seus apoiadores e mavs não precisam ser. Pare, porque está ficando feio.

Mais provas?

Eududu (Advogado Autônomo)

O prejuízo da refinaria de Pasadena já foi constatado (coisa de um bilhão de reais). O conselheiro que causa um prejuízo desses a uma empresa, só pode estar agindo de má fé (Dilma disse que não leu o contrato... conselheira de m...). Dilma, antes de ser presidente, foi ministra de minas e energia e conselheira da Petrobrás durante o "petrolão". A reunião da Dilma e J.E.Cardoso em Portugal com o Min Levandowshi, fora da agenda oficial, de fato aconteceu, embora Dilma e Cardoso dizerem ter sido um encontro casual, uma coincidência. Agora, veremos o que filmaram as câmeras do circuito interno do andar térreo do Palácio do Planalto, onde Delcídio afirma ter se encontrado com o Des. Marcelo Navarro a pedido de Dilma (espero que as imagens não sumam, como ocorreu no caso Lina Vieira, quando disse que Dilma a pressionou para aliviar Sarney na Receita).

Sobre Lula, melhor nem comentar. Vou lembrar apenas que a empresa do filho dele (que não tem um funcionário sequer) recebeu R$ 2,5 milhões da Marcondes&Mautoni por um trabalho (?) copiado de páginas da internet, que qualquer estudante do ensino médio faria melhor ... Fora o amigo Bumlai, os amigos empreiteiros, os imóveis "emprestados".

Delcídio é do PT e era líder do governo! LÍDER DO GOVERDO DILMA. Lembro, ainda, que Bastou Delcídio mencionar o banqueiro André Esteves na gravação feita pelo filho de Cerveró para o banqueiro ser preso também. Com Lula haveria de ser diferente?

Para terminar, Delcídio não fez acusação. Fez delação. Se traiu ao não a quadrilha, aí é outra conversa...

Delcídio desmentiu a revista Quanto É

ju2 (Funcionário público)

Nota de esclarecimento do senador Delcídio Amaral (PT-MS):

Em respeito ao povo brasileiro e ao interesse público, o Senado Delcídio Amaral e a sua defesa vêm se manifestar sobre a matéria publicada na Revista IstoÉ na data de hoje. À partida, nem o Senador Delcídio, nem a sua defesa confirmam o conteúdo da matéria assinada pela jornalista Débora Bergamasco. Não conhecemos a origem, tampouco reconhecemos a autenticidade dos documentos que vão acostados ao texto. Esclarecemos que em momento algum, nem antes, nem depois da matéria, fomos contatados pela referida jornalista para nos manifestarmos sobre fidedignidade dos fatos relatados. Por fim, o Senador Delcídio Amaral reitera o seu respeito e o seu comprometimento com o Senado da República.

SENADOR DELCÍDIO AMARAL

ANTONIO AUGUSTO FIGUEIREDO BASTO

http://www.conversaafiada.com.br/politica/delcidio-enforca-pig-na-istoe

Lava jato

Joacil da Silva Cambuim (Procurador da República de 1ª. Instância)

É tudo muito estranho. Os governos Dilma e Lula souberam nomear ministros amigos para os tribunais superiores e PGR dócil. O resultado é que, até hoje, só condenados petistas e quem estivesse - ou esteja - relacionados ao PT e ao governo. No caso do mensalão petista, o STF julgou até quem não tinha foro por prerrogativa de função. Depois, mudou o entendimento quando os réus eram de outro espectro político. Todo fala em "foro privilegiado", mas foi exatamente por terem tidos essa "benesse" que os petistas e seus aliados se lascaram. Ou seja, se são julgados pelo STF tem um julgamento dos mais célere da nossa história. Se são julgados em 1ª instância, em especial nas mãos de Sérgio Moro, também são julgados a toque de caixa e sem piedade nenhuma. Como dizer que Dilma e Lula interferiram na Lava jato se só petistas e aliados são alcançados por aquela "força tarefa"? E PF? Persegue adversário, como fez no governo FHC com Lunus? Alguém se lembra? Ou só investiga petistas e aliados. Aos fatos, portanto.

Provas

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

A regra é acusar e provar, senão, será mais um ato de desespero de quem está caindo e se vingando de forma mais vil porque foi relegado.

Crise no PT?

Observador.. (Economista)

Estamos vivendo um novo, longo e penoso "Baile da Ilha Fiscal" e o título é "crise no pt"?
A crise - grave - é no país e é institucional.

Motoniveladora

Luiz Carlos de Oliveira Cesar Zubcov (Advogado Autônomo)

A verdade foi colocada em marcha e nada há de interromper o seu curso.
Na existência há sempre um instante providencial desmascarando algum algoz.

Será que agora a casa cai?

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Será que o Brahma repetirá que não sabia de nada? Será que a militância acéfala (ou interesseira) do partido do Brahma e do PosTe vai acusar novamente a existência de "vazamento seletivo", "complô da direita", "golpe" ou qualquer outra coisa muito esclarecedora que essa gente repete como papagaio?
Quando foi a Veja disseram que se tratava de matéria comprada vinda de um "semanário tucano". Essas outras empresas também são "semanários tucanos"? Imprensa isenta se resume à revista "Carta Capital" e ao blog "Conversa Afiada"?
O que dirá o "respeitabilíssimo" Instituto Lula? Que vai haver mais processos com vistas à reparação pelos SUPOSTOS danos morais sofridos pelo Brahma?
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Nota da Redação - comentário ofensivo Comentário editado

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

Comentário ofensivo removido por violar a política do site.

Desembargador Marcelo Navarro

mfontam (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

Interessante que o Desembargador Marcelo Navarro, salvo engano originário do MP, agora Ministro do STJ, no TRF de Recife foi um convicto defensor de que ações de improbidade administrativa não devem observar o foro especial previsto na constituição, mas sim que deve ser processada e julgada pela 1a. instância.

Comentar

Comentários encerrados em 11/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.