Consultor Jurídico

Notícias

Interesses da advocacia

Ex-presidente da OAB-RJ, Wadih Damous deixa mandato na Câmara

Comentários de leitores

7 comentários

Inimigo nº 1 dos servidores públicos de 70 anos ou mais

Delfino Theilacker (Funcionário público)

É, meu caro Wadih. Já vai tarde. Parabéns Neli. Os outros estão por fora, até o Zé Machado, inclusive. O Wadih, meus colegas servidores com 70 anos e que continuam na ativa, se dependesse desse Wadih.. estaríamos agora no olho da rua.

Subordinado!!!!

Neli (Procurador do Município)

Subordinado!!!!Absurdo ter 513 deputados federais e quando um deles vai ser Subordinado do Executivo(estadual, federal ou municipal) os contribuintes pagam dois salários: para quem desprezou a função que foi eleito e preferiu ser sobalterno do Executivo e do suplente que assumiu. No senado acontece o pior: o senador eleito vai ser subalterno do Executivo e seu suplente nem votos recebeu.Os contribuintes pagando dois salários.Urge-se acabar com esse absurdo: membro do Poder Legislativo sendo eleito, se sair, perde o mandato. Queria ver esses absurdos que ocorrem em todas legislaturas ocorrer.E como não se bastasse, o número absurdo de deputados e de senadores, além de deputados estaduais e de vereadores. Democracia não se faz com inflação de políticos.Mais absurdo ainda é ter 30 e tantos partidos políticos, muitos deles sem ter eleito nenhum parlamentar e sangrando os cofres públicos com o famigerado fundo partidário.Pela proibição de membros do Legislativos serem subalternos do Executivo;pela redução do número de deputados(estaduais e de vereadores) e pela cláusula de barreira partidária,já.Invés de elogiar o ex-presidente da OAB/RJ deixo essas sugestões para emenda constitucional. Ciao querida.

Independente de partido

Thiago R. Pereira (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Belo trabalho Wadih. Não votei em você, mas, de fato, fizeste nesse curto espaço de tempo um trabalho que merece reconhecimento. No mais, independentemente da linha ideológica seguida, merece também reconhecimento a coerência de sua atuação, na medida em que há muito nosso parlamento está verdadeiro metricio político, um bataclan.

Abçs, nos vemos no próximo sufrágio, momento de mudança, por excelência.

Essa mudança querida pela opinião publicada, pois a Malta tá mais perdida que cego em tiroteio, é só ver a nossa volta, É GOLPE!

Bom combate

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Cumpriu seu dever com responsabilidade e eficiência. Parabéns.

Planfetagem

Alexandre Mota (Outros)

Mais uma matéria planfetária da Conjur, para não sair da rotina.

fim

Professor Edson (Professor)

Sem o PMDB o PT volta a ser um partido inexpressivo, muitos ainda vão abandonar esse Titanic.

LUTA

O IDEÓLOGO (Outros)

O lutador e ex - presidente da OAB defendeu Dilma, porém se esqueceu dos seus eleitores do Rio de Janeiro. Aproveitou as oportunidades.
Shalom!!!

Comentar

Comentários encerrados em 12/05/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.