Consultor Jurídico

Vai para sanção

Projeto de lei que aumenta salário do Judiciário é aprovado no Senado

Retornar ao texto

Comentários de leitores

8 comentários

Hipocrisia...

Paulo Moreira (Advogado Autônomo - Civil)

Se não tiverem aumento eles não poderão viajar todos os finais de semana, não poderã

Esse povo deve é parar de "olhar o próprio umbigo" e observar os vencimentos de um médico, de um professor, de um policial... Se quer "vida de marajá", case-se com um, então!

País do egoísmo

ABSipos (Advogado Autônomo)

Mais um belo exemplo dos motivos pelos quais o Brasil está afundando e se tornará, de "o país do futuro", para o país que poderia ter sido o país do futuro.

Crise avassaladora, desemprego em índices históricos, pedaladas fiscais, déficit na casa da centena de bilhões, falência estatal em vários setores, mas mesmo assim, no pior momento possível e imaginável, se concede um aumento obsceno à "quem chora mais".

O mais interessante é que os próprios servidores pagarão a conta, obviamente em conjunto com o restante da população, quando forem atingidos pela inflação, violência, corrupção e outras mazelas típicas do custo Brasil.

E vem aquela pergunta cliché: "Como conseguem dormir à noite?"

Crise para quem?

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

Acho que os servidores públicos são os únicos trabalhadores que conseguem um reajuste desses em tempos de gravíssima crise econômica. Mas está tudo certo, porque esse dinheiro não é de ninguém mesmo então vamos dar uma casquinha dele para os servidores.

E a colocação do Jose Carlos Garcia (Advogado Autônomo) também faz todo o sentido, e ai vale aquela velha história "farinha é pouca meu pirão primeiro". Ou seja, serviços públicos de qualidade sim, porém primeiro o meu aumento salarial e dos meus benefícios. E se tiver que escolher entre um e outro, tenham certeza que a escolha será pelo segundo em detrimento do primeiro.

A propósito...

Paulo Moreira (Advogado Autônomo - Civil)

Antes que venham as ladainhas despiciendas do "eu estudei" ou "vão estudar", saibam que nem "50 doutorados" justificam os altíssimos salários e a produtividade pífia de boa parte.

Cuidado com o voto!

Dr. Jorge Ávila - previdenciário, trabalhista, consumidor (Advogado Sócio de Escritório - Previdenciária)

É por essas e outras que devemos ter mais cuidado ao votar para deputados e senadores do que para presidente!

Contrassenso

Jose Carlos Garcia (Advogado Autônomo)

Me soa ilógico o que se passa com o funcionalismo. De um lado a Justiça do Trabalho, após gastar 92% do orçamento de 17,1 bi, ameaça "fechar as portas". De outro os servidores deste mesmo judiciário recebendo aumento. Qual o objetivo? Comprometer todo o orçamento com gasto de pessoal?

está tudo dominado

JUNIOR - CONSULTOR NEGÓCIOS (Professor)

primeiro irão se acertar com o judiciário e o mp, pois ambos pertencem a um outro país e que não sofrem ajuste fiscal algum, depois aprovam a pec para barrar aumentos ao servidores do executivo.

República dos Servidores Públicos do Brasil

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

Tudo indica que esse (des)governo, mais parece com a "casa da tia Joana". Inconsistente e frouxo, o que certamente o min. Meireles, se assim continuar a politicagem Temer, não continuará no cargo.
É verdade que tiraram um poste (Dilma) que se encontrava no meio da rua, causando transtorno e acidentes a todos, mas a ausência de autoridade no governo parecer que continua.
Criar impostos para pagar e sustentar servidores públicos que já gozam de altos salários, em momento totalmente inoportuno, é abusar da inteligência dos cidadãos.
Preparem-se para eleições no final do ano.

Comentar

Comentários encerrados em 7/07/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.