Consultor Jurídico

Direito na Europa

Por Aline Pinheiro

Blogs

Silêncio diplomático

TPI reclama de inércia da ONU perante a crimes cometidos no Sudão

A procuradora-chefe do Tribunal Penal Internacional, Fatou Bensouda, clamou mais uma vez pela ajuda do Conselho de Segurança da ONU para prender o presidente do Sudão, Omar Al Bashir. O TPI tenta julgar Bashir por crimes contra a humanidade há mais de dez anos, mas ele tem ignorado mandado de prisão contra si e continua governando o país.

Esse não é o primeiro apelo da Procuradoria da corte internacional ao Conselho de Segurança, mas, até hoje, o órgão da ONU preferiu o silêncio. O curioso é que foi o próprio Conselho de Segurança da ONU que pediu, em 2005, que o TPI julgasse os crimes cometidos pelo presidente sudanês.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 10 de junho de 2016, 10h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/06/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.