Consultor Jurídico

Direito na Europa

Por Aline Pinheiro

Blogs

Combate ao terrorismo

Corte europeia manda Espanha indenizar homem que foi torturado pela polícia

Uma das câmaras da Corte Europeia de Direitos Humanos condenou a Espanha a pagar 20 mil euros (cerca de R$ 80 mil) de indenização a um homem que foi preso e torturado pela polícia. Os juízes europeus também recomendaram que o país crie regras mais claras para a prisão temporária, que tem sido frequentemente a causa de abusos policiais.

No caso discutido, o espanhol foi preso pela polícia em sua casa, sob a suspeita de terrorismo. Ficou quatro dias detidos e, durante esse período, ele conta que não pode falar com seu advogado e que foi torturado pelos policiais. O espanhol foi solto sem nem sequer ter sido indiciado.

Clique aqui para ler a decisão em francês.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de junho de 2016, 10h42

Comentários de leitores

1 comentário

Seqüelas irremediáveis....

Pek Cop (Outros)

Quando isso acontece a justiça passa a ser desacreditada pelo torturado, fica com síndrome de perseguição e outras paranóias provenientes do mal trato e esculacho, essa indenização por mais que seja alta comparada a nossa realidade nacional, não apaga a covardia sofrida!!!!

Comentários encerrados em 09/06/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.