Consultor Jurídico

Comentários de leitores

24 comentários

Inconstitucionalidade parcial

João da Silva Sauro (Outros)

O parágrafo 1º do artigo 3º da lei, ao excluir da contagem aqueles que alcançariam a classificação pelo mérito próprio desvirtua totalmente a lei, e indica a pretensão de que a política seja permanente, literalmente obrigando a escolha daqueles menos qualificados,mesmo quando outros, com as mesmas condições que a própria lei criou, se mostraram habilitados.

Cotas

kele (Bancário)

Vejamos os aprovados no teste da OAB, se querem cotas acabem com as provas para exercicio da profissão, isto é o erro, pois se cursa uma universidade para ter curso superior e poder exercer a profissão escolhida, apos ainda ter de fgazer uma prova para poder exercer é um erro, que não se aprove nos cursos academicos, cotas é o resultado do percentual de reprovação nas prova da OAB .
para que cursar 4/5 anos vamos fazer logo a prova se aprovado me forneça a carteira da OAB

Cotas

kele (Bancário)

Qual brasileiro não é derivado do indio ou negro, este PT criou cotas para negros, indios, portadores de necessidades especiais, homosexuais, e outras mais, logo teremos que crias cotas para brancos, heteros, sem necessidades especiais, porque não dar educação de qualidade "Dever do Estado". Nivelar por baixo é muito confortavel, O Ministro Joaquim Barbosa, não nasceu rico, não estudou em escolas particulares, é negro e chegou onde chegou. Quem quer vai a luta. è a mesma coisa da bolsa familia, o cidadão não quer mais trabalhar

Escondidinho....

Pek Cop (Outros)

Gostaria de saber se o senhor é cotista?

Petista!

Pek Cop (Outros)

E aí mariante você é candidato a vereador pelo Pt número 13133, e achas que desta forma vai ser eleito....primeiro pare com injustiças na atualidade e pense no presente sem rancores e magoas por algo que ocorreu a quase 2 séculos, acorda para a vida!!!!

Doença ou ignorância?

Pek Cop (Outros)

Não sei porque alguns estudam tanto, se formam, trabalham com leis e direitos e lutam pela injustiça racial....pergunto ao sábio advogado se ele acha justo com o homem branco e pobre o sistema de cotas para negros?, sem falar que para qualquer ser humano com um pingo de inteligência não enxergue que essa lei só acirra o racismo e a divisão de raças, sem falar que se eu precisar de um advogado para me defender jamais vou querer um cotista de qualidade inferior e despreparado!!!!, um abraço ao mariante puxa saco do Pt e defensor de desigualdades....

Quem foram os algozes?

Ian Manau (Outros)

Argumenta-se que a "Lei de Cotas" é para compensar os negros pelos anos de escravidão no Brasil. Todavia, foram eles mesmos quem escravizaram os de mesma cor, ao venderem uns aos outros a traficantes europeus de escravos, em guerras tribais na África. Vítimas? Falar isto é tabu nos dias de hoje. Que cada um se esforce para subir na vida por mérito próprio! Isto é IGUALDADE PARA TODOS.

Gambiarras do apartheid tupiniquim

Rilke Branco (Outros)

A OAB não é perfeita, mas, historicamente, exerce o papel de uma das mais importantes instituições da República, da democracia e da cidadania.
Mas, bancar agora a "politicamente correta" deste governo idioapata para afagar e separar seres humanos, em razão da demora da Lei Áurea, é repristinar a incivilidade existente antes de 1888; desta feita, em desfavor de brancos, pardos, amarelos, mamelucos, cafuzos, mulatos, mestiços, pardos e toda a ordem de cútis e púbis.
Os "Martin Luther King" e "Nelson Mandela" do Brasil usam "black-tie" e querem criar uma NEGROCRACIA.
Estamos em 2016: que reine a MERITOCRACIA !!!

OAB vergonha nacional....

Pek Cop (Outros)

Essa OAB não passa de um fantoche nas mãos do Pt, depois que esse adans foi colocado como presidente da ordem pela dilma, sai feito louco babando em proteção as manobras sorrateiras do governo, será que esse pau mandado não tem vergonha na cara!!!!

OAB na luta pelos Direitos Humanos: nosso apoio!

Paulo Mariante (Advogado Autônomo)

Saúdo a iniciativa da OAB ao ingressar com esta ação pela declaração da constitucionalidade da lei de cotas, que poderá contribuir de vez com a superação de decisões de alguns órgão do Judiciário que ainda recusam o reconhecimento deste direito.
Lamento que tantos advogados que aqui se manifestaram comentando a matéria e atacando - inclusive em termos rebaixados e rasteiros - a posição da OAB em favor das cotas evidenciem tanto desconhecimento sobre os Direitos Humanos.
Sugiro a estes advogados que leiam as decisões do próprio STF sobre as cotas antes de escreverem tantos equívocos.

Paulo Tavares Mariante
OAB-SP nº 89.915-A

Por renda sim!

Neli (Procurador do Município)

A cota por renda, sou favorável,porque o Estado Brasileiro não deu,e não dá, para as pessoas de baixa renda, condições de melhoria na vida(educação, principalmente), seria uma reparação.

Todos são...

Neli (Procurador do Município)

Todos são iguais perante a lei,mas, no Brasil atual existe um mais igual do que o outro. O Colendo STF declarará que a lei é constitucional, mas que é inconstitucional,é!!! E é!!!!

OAB discrimina entre vítimas

Paulo Kullock (Técnico de Informática)

A discriminação racial é um crime caracterizado nas leis; assim como qualquer outro crime. Não existe razão legal para o Estado proceder a reparações às vítimas de um crime de maneira diferente das vítimas de outros crimes. O Estado deve limitar-se às mesmas atividades que pratica em casos de outros crimes: prevenção, combate e punição.

Advocacia é contra

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Mais uma ação da OAB alinhada com o autointitulado "Partido dos Trabalhadores" e absolutamente nenhum apoio por parte dos advogados brasileiros, que pela regime ditatorial vigente na Instituição não podem opinar sobre nada. Os advogados brasileiros são contra privilégios e mecanismos fictícios e inconsequente de "saneamento de vícios históricos" através de cargos públicos, algo que o PT e a cúpula da OAB não entendem (são viciados em se apoderarem de cargos e fazerem o que querem quando no poder).

E a OAB...

Pyther (Advogado Autônomo - Administrativa)

Fica a pergunta já que se alvoroçam nessas situações
Quantos presidentes do conselho federal foram negros?
Vamos simplificar, quantos presidentes das regionais são negros?
Mais fácil ainda... quantos presidentes de comissões, fora a da igualdade, são negros?
Então como diria o saudoso Francisco Milani "Não me venha com chorumelas!"
Limpa a sua casa antes de reclamar da sujeira na casa dos outros.

Lamentável

Sidnei A. Mesacasa (Advogado Autônomo)

A administração pública deve selecionar os melhor preparados para exercer a função. Princípios da impessoalidade e do interesse público. Não importa sua cor, raça, sexo, opção sexual, beleza, condição econômica, etc. A lei e a ação da OAB demonstram a visão de que o cargo público não serve para melhor prestar o serviço público e atender ao interesse do povo. Serve, segundo essa visão, primordialmente para gerar renda ao servidor. Lamentável a atuação da OAB. De novo...

Parabéns à OAB

Prætor (Outros)

quando acerta precisa ser aplaudida. As políticas discriminatórias contra cidadãos brasileiros em razão da cor de sua pele precisam ser derrubadas, pois afrontam ESCANDALOSAMENTE a Constituição Federal.

Cotas por renda

Fausto Kayser Almeida (Advogado Autônomo)

Não sou racista e acredito que as cotas, quando existirem, deveriam se dar pelo critério de renda per capita, explico. Existem pessoas negras abastadas, assim como existem pessoas brancas/amarelas/pardas em situação de miserabilidade. Qual o sistema de cotas disponível a estas? Portanto, em respeito ao princípio da igualdade, acredito que o único critério que é capaz de proporcionar uma análise equânime é o da renda per capita. Dessa forma, as políticas públicas de redução das desigualdades, efetivamente atingiriam seu objetivo, sem fomentar a discussão da luta entre raças, a qual é desnecessária e racista.

Oab......

Antonio Carlos Kersting Roque (Professor Universitário - Administrativa)

Mais uma vez a nossa gloriosa OAB, e seu Coêlho, na contramão da evolução.
Perguntem aos afrodescendentes americanos os que eles pensam de cotas.
A direção da OAB bem que poderia fazer uma pesquisa entre seus filiados para saber o que eles pensam sobre.
O resto é autoritarismo.
Sou contra as cotas Coêlho!

Oab gosta de meter o bedelho em tudo

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Por Vasco Vasconcelos,escritor e jurista. Em aditamento ao texto anterior, OAB deveria tempestivamente sepultar de vez a última ditadura a escravidão contemporânea da OAB.Não é da alçada da OAB e se nenhum sindicato avaliar ninguém.Isso é um abuso um assalto ao bolso dos escravos contemporâneos da OAB.Os mercenários da OAB têm que parar de pregar o medo o terror e a mentira. Art. 209 da CF diz que compete ao poder público avaliar o ensino.Isso é papel do Estado (MEC). Não é´porque a violência do transito está aumentando que o Presidente da OAB e seus conselheiros irão parar o seu carro e exigir teste do bafômetro. Isso é papel dos agentes do trânsito.Está insculpido em nossa Constituição Federal – CF art. 5º, inciso
XIII, “É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer. O papel de qualificação é das universidades e não de sindicatos. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases – LDB – Lei 9.394/96 art. 48 da LDB: os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade nacional como prova da formação recebida por seu titular. Isso vale para os diplomados de medicina, engenharia, arquitetura, psicologia,(…) enfim para todas as profissões menos para advocacia? OAB para calar nossas autoridades isentou dessa excrescência os bels. em direito oriundos da Magistratura, do MP e os de Portugal. E com essas tenebrosas transações e discriminações essa excrescência é Constitucional? Onde fica o Princípio da Igualdade? Que poder é esse que afronta vergonhosamente a Constituição Federal, a Declaração Universal dos Direitos Humanos? Onde está a responsabilidade da social da OAB? Pelo direito ao trabalho fim urgente do caça-níqueis exame da OAB.UFA!

Comentar

Comentários encerrados em 5/02/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.