Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Lesão à honra

Citado em filme, padre de Franca (SP) irá processar produtores de Spotlight

Incluído em uma lista mundial sobre pedofilia exibida no filme Spotlight – Segredos Revelados, o padre José Afonso Dé, da cidade de Franca (SP), afirma que vai processar os produtores do longa. Condenado a 60 anos de prisão em primeira instância, ele conseguiu reverter no Tribunal de Justiça de São Paulo sete das nove sentenças.

“Assim, em dois casos ainda é mantida sua condenação, mas aguardamos um desfecho favorável do recurso. Quando sair o resultado, vamos à Justiça contra os produtores do filme", afirmou José Chiachiri Neto, advogado do padre, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. Ele conta que será pedida uma indenização por lesão à honra, “devido à divulgação do nome do padre e da cidade de Franca no mundo todo”.

Os casos envolvendo o padre ocorreram em 2010, e as vítimas tinham entre 12 e 17 anos de idade na época. Afastado pelo Vaticano de qualquer atividade pública, o padre tem 82 anos e ainda está ligado à Igreja Católica. 

Revista Consultor Jurídico, 19 de fevereiro de 2016, 14h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/02/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.