Consultor Jurídico

Colunas

Reflexões Trabalhistas

Nova lei possibilita ampla defesa
e livre exercício da advocacia

Comentários de leitores

5 comentários

Menos do mesmo

Realista Professor (Professor Universitário - Criminal)

Artigo bem tímido. Trata de forma rasa o assunto. E de maneira atrasada, pois apenas no Conjur foram publicados 4 textos sobre a Lei, e mais completos, senão vejamos por ordem cronológica:

http://www.conjur.com.br/2016-jan-14/advogado-importante-inquerito-policial-nao-obrigatorio
r/>http://www.conjur.com.br/2016-jan-15/lei-1324516-exige-advogado-investigacao-criminal

http://www.conjur.com.br/2016-jan-19/academia-policia-exame-investigacao-advogado-otica-lei-132452016<br/>
http://www.conjur.com.br/2016-jan-29/limite-penal-lei-132452016-nao-acabou-carater-carater-inquisitorio-investigacao

O choro é livre

Ferraciolli (Delegado de Polícia Estadual)

Eita sujeito ensimesmado esse "Policial no Sangue".
Aproveite! O choro é livre!

ampla defesa em qualquer sítio

Octavio Pires (Advogado Autônomo - Civil)

Esses incisos já constam no ordenamento jurídico, quer na CF, quer no CPP, CPC, nas mesmas ou em palavras semelhantes. O simbólico é a expressão manifesta dada ao defensor para o acompanhamento de todo o processado, desde a origem, que sabemos, nem sempre é bem " organizada". Por várias vezes, após passar a noite trabalhando em uma peça, após tentar ajuizá-la no "plantão", a recebi de volta com o despacho: " Remeta-se à distribuição, vez que não vislumbro perigo de dano imediato a ser apreciado em plantão". E assim ficamos, sem maiores esclarecimentos. Seja como for, se o agente está preso, ou sob alguma custódia, não está "sob dano imediato"? Alguém gostaria de ficar preso ou custodiado por 1 minuto? Qual seria o momento para caracterizar o "dano imediato"

Frustração sem limites.

Bellbird (Funcionário público)

O articulista trata bem do assunto, o qual já é de conhecimento das carreiras jurídicas e foi aplaudida pela maioria. Aí aparece um cidadão para criticar. Já sabemos a profissão do chorão. Como sempre.

Contraditório ou retardatório?

Policial no Sangue (Agente da Polícia Federal)

Infelizmente as leis que afetam profundamente a sociedade estão sendo criadas apenas para atenderem interesses corporativista. Neste caso, interesse da OAB, criando mais mercado para os seus, e para delegados, para conseguirem a sua tão desejada carreira jurídica. Enquanto isso a sociedade vai se degradando em uma colcha de retalhos penais, sem a menor preocupação com seus efeitos. Imaginem as consequências de advogados interferindo nesta fase, retardando investigações, para que depois o MP, este sim responsável pela sua atuação, tornar tudo desnecessário como na verdade já é!

Comentar

Comentários encerrados em 13/02/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.