Consultor Jurídico

Notícias

Postura incisiva

Em primeiro discurso, novo presidente da OAB ataca governo e CPMF

Comentários de leitores

16 comentários

A mafia conjur

Ivo Antonio Bianchessi (Bacharel - Civil)

No minimo vergonhoso a puxação de saco da Conjur com o novo presidente da OAB Nacional respeitável Claudio Lamachia, que anos anteriores foi apedrejado pela Conjur por ter recebido e reconhecido, com justiça, o Prêmio de Melhores da Advocacia do Rio Grande Sul. Mas o mundo dá voltas. Certamente Lamachia receberá o recado, pessoalmente, dos fatos a ser lembrado.

O discurso foi correto, preciso e...

Adriano Las (Professor)

... se se converter em mais pronunciamentos e práticas incessantes contra essa bandidagem que capturou o nosso país, a OAB, enfim, reassumirá a sua importante missão institucional de defesa da sociedade contra essa cleptocracia, contra esse câncer sócio-político-econômico, missão essa que vinha sendo vergonhosamente achincalhada.

Que assim seja!

A OAB volta aos velhos tempos

antonio carlos teodoro (Advogado Sócio de Escritório - Previdenciária)

Parabens novo presidente, nós advogados militantes temos agrande esperança em sua pessoa, a OAB tem que realmente gritar pelo povo. A muito acompanho vossa luta, determinaçāo e vontade é sem duvida sua diferença. Deus o ilumine .

Correção de título.

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Dignidade e profissionalismo é o que lamachia nos oferece.

Dignidade e profissionalimos é o que lamachia nos oferece!

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

É o que PRECISÁVAMOS, como PRESIDENTE de uma ENTIDADE PROFISSIONAL, há muito tempo. FAÇAMOS ouvidos surdos aos que, SEM ENTENDEREM as FINALIDADES da OAB como ENTIDADE PROFISSIONAL, invectivam e achincalham, demonstrando total falta de competência e dignidade, mesmo.
Com LAMACHIA, a SOCIEDADE e ao CIDADÃO brasileiro, além, especialmente, dos ADVOGADOS, deverão andar o BOM CAMINHO .
Fazer ouvidos surdos aos que NÃO ENTENDEM ou NÃO COMPRENDEM os FINS da OAB NÃO É NÃO SER DEMOCRATA, mas é IGNORAR as PROVOCAÇÕES GRATUITAS e, também, que a OAB pode OFERECER À SOCIEDADE importantes passos para a DEMOCRACIA e para uma REPÚBLICA SADIA.
Parabéns LAMACHIA, a quem tenho acompanhado através do saite, que frequentava, ADVOGADOS do BRASIL, sediado no RGS, e que teve excelente atuação na presidência da OAB daquele ESTADO.
Muitas ESPERANÇAS DEPOSITO e, espero, DEPOSITEM os ADVOGADOS sobre ele, e acho que COMEÇOU MUITO BEM, com o DISCURSO PROGRAMÁTICO que fez.
FELIZMENTE, a OAB não está na mão de peleguistas que, tendo presidido algumas regionais da OAB, levariam a OAB nacional, sem dúvida, para o mal caminho que traçaram para as regionais por onde passaram, em que estiveram.

Alvíssaras em dobro!

Samuel Cremasco Pavan de Oliveira (Advogado Autônomo)

1.ª: Enfrentamento à este Governo federal, que tem tudo para entrar para a História como um dos piores. Fim da constrangedora subserviência aos "Donos do Poder".

2.ª: "Prerrogativa não é privilégio" - frase dita em entrevista. Não falou uma única vez em prerrogativa em seu discurso. Já passa da hora da Ordem parar de falar e pensar apenas em prerrogativas e começar a falar em deontologia, trabalhando também pelo cumprimento dos deveres ético-profissionais da classe e punição rigorosa dos infratores. Sem isso, não se resgatará o prestígio da advocacia brasileira.

Eleito pela OAB não pelo povo

Luiz Soares de Oliveira (Corretor de Imóveis)

Ele pensa que é um salvador da pátria. O país não necessita desse tipo de retórica. Ele foi eleito pela maioria ou por uma minoria que participa do mesmo grupo que o elegeu?
Espero que ele faça da OAB uma entidade democrática. Que para as eleições futuras haja maior participação e mais chapas a concorrer ao cargo para o qual ele foi eleito. Eleição de chapa única não é uma eleição compartilhada por todos, mas apenas por uma minoria. A marcha da família com Deus fez parte de um consenso e veja os 24 anos de ditadura de que todos fomos vítimas. Um país vai bem quando todos os partidos respeitam seus próprios programas. Nosso problema não é econômico é político e isto vem de muito longe. Se o advogado da parte sucumbente ganhar quem será sacrificado? ambas as partes do processo. Estabelecer vantagem para um lado é criar desvantagens para o outro lado. O Importante é manter os pratos da balança em equilíbrio. Fala em inflação como se o país vivera há anos sem ela e só agora ela aparece. Existe um contexto internacional que afeta todos os países e isso deve ser levado em conta. Em que governos anteriores foram apuradas e punidas as pessoas corruptas? Podemos sonhar e devemos fazê-lo, sim! mas sem esquecer da realidade que nos circunda. É mais uma conversa de aristocrata travestido de democrata.

Saneamento básico

Jair J. Dias (Advogado Autônomo)

Voto facultativo e "recall", combinados com a proibição de financiamento empresarial de campanhas, formam certamente o tripé para o saneamento da ação política no Brasil. E talvez possamos fazê-lo nesta geração, ao invés de transferir o encargo para nossos filhos e netos. Apoio com entusiasmo as ideias do presidente Lamachia.

Apenas mais um

Ariosto Moreira da Rocha (Bacharel - Administrativa)

È mais um que chega dizendo ser o salvador da pátria, quero ver se larga mão do osso por nome de exame da OAB, Diz a CF que "È livre o exercício de qualquer profissão". Será que a OAB se acha maior que a Constituição Federal? Apenas mais um para tirar dinheiro do Juristas desse País.

Nível do grande raymundo faoro

Jorge (Jornalista)

Muito bom - alto nível, como o do grande e saudoso raymundo faoro!

Ao menos uma coisa...

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

Pelo menos agora parece que não irá mais haver aquele alinhamento político descarado junto com o Governo, espero que ao menos isso mude.

Bravatas inócuas

Octavio Pires (Advogado Autônomo - Civil)

Começou mal o Presidente, com bravatas e pretensões inexequíveis. " o país tem corrupção endêmica": o povo não aguenta mais", "governo do povo pelo povo e para o povo". A corrupção e grande mas não endêmica. Caso contrário devemos supor que todos os funcionários públicos são ladrões, inclusive os juízes e promotores. Nas instituições que "analisam" a corrupção nos países, o Brasil não ´éo melhor, porém não é o pior qualificado. Quanto ao povo, e aqui me referindo mesmo a grande massa, ela mal sabe o que está acontecendo e se souber alguma coisa, há muito sim com que ficar indignada, pois há enorme violação os preceitos constitucionais, - o que não é observado pelo novo Presidente, nessa tal de lava jato, que, só lava um lado da calçada deixando o outro livre para a prática de todas as sujeiras.E ilusões midiáticas Há também a pretensão de se estabelecer honorários para advogado trabalhista.Além de necessitar de lei, é polêmico se, entre custo e benefício isso seria necessário, caso contrário, devemos assumir que a área trabalhista não mais seria pretendida por tantos. A bravata quanto a implantação imediata do CPC é histriônica. Sabemos todos que com este CPC ou com outro qualquer, a observação dele pelos juízes e outros que tais será sempre "modular".E ainda: estando dentro de uma táxi em New York, perto de Wall Street, vi um escritório de advocacia "office law", e falai à minha minha esposa, "olha, um escritório de advogacia". Ao que o cucaracho que dirigia interpelou de imediato: "são ladrões legalizados". Tratamos de ficar calados. Mas penso: não é diferente a opinião de grande parte da sociedade brasileira sobre nós. e pergunto: corrupção endêmica estaria também alcançando advs? Disso, de nossa imagem, o Pte não tratou, ao contrário

Acordar para voltar a crescer

Orlando Maluf (Advogado Sócio de Escritório)

Promissor o primeiro pronunciamento do novo presidente da entidade que já foi a mais expressiva no cenário da história contemporanea de nosso país. Os imortais grandes batonniers citados no discurso tiveram que enfrentar grandes dificuldades, principalmente o autoritarismo e as violações dos princípios que regem a dignidade humana. Venceram, à custa de muita coragem, sacrificio e abnegação pela causa. Agora a causa é outra, não mais cabem rançosos entulhos ideológicos que somente atrasam a vida do cidadão comum. Agora deve-se combater a corrupção sem preconceitos ou idealismos políticos de ocasião.

Presidente

Rivadávia Rosa (Advogado Autônomo)

Temos Presidente:

"Todos aqueles políticos que não respeitaram nossa confiança devem ser afastados do exercício. Hoje faltam recursos para saúde, segurança, educação, mas sobra para corrupção. O governo afirma que a única alternativa é a CPMF, mas vemos aumento do fundo partidário. Em tempos de 'lava jato', brasileiro não aguenta mais".

OAB SP aderiu de última hora.

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Não conseguindo cargo nenhum, não teve outra alternativa de ultima hora senão aderir. Fraqueza política. A maior Seccional e a mais rica do país ficou sem cargo.

Direito autoral

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Segundo reportagem publicada aqui mesmo na CONJUR o atual Presidente do Conselho Federal da OAB paga pessoas para fazer o discurso para ele. Nesse caso, quem será que fez o discurso?

Comentar

Comentários encerrados em 9/02/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.