Consultor Jurídico

Notícias

Acusações em série

Ex-ministro da Justiça diz que Moro é criminoso e o compara a gatuno

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

31 comentários

de volta

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Bom ver o Renato Aragao de volta. É um comediante e tanto , e dessa vez trouxe um monte e trapalhoes junto. Brasillllllllll!

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

E.Rui Franco (Consultor)

Esses dotos professores, me fazem rir.

Se.....

preocupante (Delegado de Polícia Estadual)

Caso tivesse sido Lula o convidado, todos esses indivíduos que assinaram essa carta estariam se esbaldando de alegria, além de usarem o fato como meio de defesa dele.

A conspiração dos "alemães"

Luiz Fernando Cabeda (Juiz do Trabalho de 2ª. Instância)

Enquanto os países americanos mantiveram neutralidade, no começo da II Gerra Mundial, a Alemanha desenvolveu intensa ação de espionagem na América Latina (especialmente no México e no Brasil), e sua estratégia era a de estabelecer uma ponte nesses países, para o caso de ter que neutralizar os EUA futuramente.
Pessoas ilustres estiveram envolvidas nessa conspiração real - não extraída de uma "teoria" - entre elas aquele que se tornou o tradutor para o alemão da obra de Guimarães Rosa. Conhecendo-se os neologismos e regionalismos do nosso autor, logo se vê que foi traduzido por alguém muito sofisticado intelectualmente, que conheceu e decifrou bem o português.
A carta de Aragão contra Moro (depois de outra em que ofende Rodrigo Janot, já publicada pelo ConJur, na qual confessa ter praticado o crime de tráfico de influência, ao impedir junto com Lewandowski a nomeação de Ela Wiecko, cujo nome já constava no decreto que Dilma assinaria) mostra agora que há uma articulação com outras pessoas que, como ele, tiveram formação na Alemanha, admiram sua cultura e com ela têm intimidade, a ponto de perder escrúpulos em tentar influir numa decisão acadêmica da Universidade de Heidelberg.
A linguagem áspera da carta coletiva e do e-mail de Aragão mostra que, em prejuízo da boa técnica e do uso do conhecimento para modificar uma realidade que vêem e não concordam, os autores descambaram para o chulo e o meramente difamatório. Tanto é assim que suscitaram os muitos comentários escatológicos aos seus textos.
Esses novos "alemães" de espírito arcaico parecem inspirados em um "nacionalismo de cultura", tal como os ilustres espiões que atuaram no Brasil e México, em favor de um regime que pregava abertamente a mentira, como assumido na frase célebre de Goebbels.

Petralhada x Sérju Molho: a guerra continua

Pé de Pano (Funcionário público)

Tudo orquestrado pela máfia esquerdopata petralhista, seja integrantes do antigo desgoverno, seja os bem pagos advogados do Molusco Nine Fingers, cujo objetivo é provocar o Sérju Molho para pegá-lo em algum deslize!!! Esse cara não foi ministreco da injustiça no desgoverno de Dilmão Pedalada? Portanto, tá explicado o chororó!!!

Moro e a roubalheira exacerbada

Valter (Prestador de Serviço)

Incrível constatar que duas dezenas de professores universitários assinem um documento absurdo desses!
O nível de roubalheira na gestão do PT atingiu níveis nunca antes verificados neste País e os senhores signatários desta malfada carta chamam de golpe a interrupção da catástrofe econômica em curso?
Inacreditável mesmo é que alguém possa dar crédito a pessoas que se propõe a defender um organismo podre que levou o Brasil e e a sua maior empresa à falência.
Na horda de delinquentes sempre sobram aqueles impunes ou beneficiários diretos ou indiretos do crime.
Que a população - que vai arcar com mais este rombo nas contas públicas - saiba separar o joio do trigo.
O Senhor Moro não é o culpado desta tragédia!

Bem lembrado...

incredulidade (Assessor Técnico)

Falou presidenta eu paro de ler...
Por que?
Porque quero! Dou-me ao direito de ler e não ler o que eu quiser.
Claro, nas "repúblicas" bolivarianas, é heresia não ler a palavra doutrinadora dos mestres vermelhos.
Por enquanto, em que pese a recente e vetusta demonstração de força e autonomia do STF, ainda considero que tenho o direito (ou a possibilidade) de ignorar manifestações progressistas.

Dispares.

Thadeu de New (Administrador)

Os posicionamentos são bastante dispares e pelos comentários, dá se bem para avaliar lados. A que espere alguma forma de equilíbrio a tarefa é grande e penosa.

"epistola" e "aleivosia", nova dupla dinamica do besteirol

hammer eduardo (Consultor)

Na condição honrosa de "censurado contumaz" , Me dedico então a pegar uma "carona intelectual" no comentário curto e direto do Debatedor Macaco e papagaio.

Depois do conveniente "desaparecimento" a muitas luas atrás , agora temos o "companheiro do ET" e mais o divogadio de Rio Preto como nova dupla dinâmica do besteirol eletrônico.

Boa semana a todos !

Esse senhor não estatura

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

Esse senhor não estatura moral para atacar o juiz Sérgio Moro. queiram ou não queiram a roubalheira acabou. A cadeia se avizinha para muitos. O doutor aragão que queria punir os policiais federais, mas que não levantou uma única palavra contra os procuradores federais ou contra o dr. Janot por vazamento prova que é muito do que já se tem.

Partidarização

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Consequenciais da partidarização do poder judiciário por magistrados incautos nas respectivas instâncias.

Modus cagandi dos quadrúpedes antigolpistas

Macaco & Papagaio (Outros)

Decisões judiciais são corrigidas nos Tribunais, não através de comentários sobre bostas, como os estrumes produzidos pelo tal rodolpho, que, aliás, perfila bem o ´modus cagandi´de seus comparsas de ´junk science´, embora não se acredite que sua especialidade seja a advocacia após tanta escatologia intelectual e psicológica.
Que os excessos sejam objeto de processos judiciais, inclusive as ações movidas contra e pelo juiz Sérgio Moro contra essa trupe...e que a bosta continue sendo varrida da nação, sobretudo após o imaginário ´Golpe de 16/08/2016´.
Enquanto isso, sem Dedé, Muçum ou Zacarias, tem-se esse Aragão que se fosse só um trapalhão era bom; mas, visivelmente, suas ações fedem e deixam um rastro para os seus seguidores quadrúpedes.

"tentativa do Sergio Moro, e sua horda de fanáticos"???

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Sério?
Desafio quem quer que seja a apontar um comentário meu em que haja qualquer tipo de referência a Sergio Moro ou Joaquim Barbosa como salvadores da pátria ou coisa parecida. Se entendem que meus comentários revelam "fanatismo" por qualquer um desses magistrados que se tornaram celebridades nos últimos anos, deveriam pensar melhor.
Como advogado, discordo veementemente de propostas como o tal teste de integridade e a proibição de concessão de habeas corpus de ofício. Porém, como advogado e cidadão, entendo que as decisões de Sergio Moro que possam realmente ser entendidas como atentatórias aos direitos fundamentais (e não apenas as que sejam descritas dessa forma pelos petistas com evidente abuso de retórica) devem ser levadas às instâncias superiores e possivelmente também ao CNJ.
As tais vaias a Sergio Moro são tão relevantes quanto os aplausos da militância do PT e da CUT a Luis Inácio Lula da Silva. Algo perfeitamente esperado de depredadores de viaturas policiais e ocupadores de escola muitíssimo interessados nos estudos.
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Juiz sérgio moro

O IDEÓLOGO (Outros)

O Juiz Sérgio Moro, "ex-gênio da raça", exerce jurisdição sem a devida imparcialidade.
Adia audiências para atendimento de seus interesses em prejuízo da Nação e do Estado Brasileiro.

Corrupção

ValMello (Professor)

Senhores querem mais corruptos do que aqueles que recebem salários acima do teto máximo determinado pelo Constituição. Como pode um juiz falar de corrupção e receber 80.000,00 por mês??? Eu sei que "brasileiro burla ao obedecer, cede no atacado e radicaliza no varejo", como estamos fartos de ver na atual república das bananas. Ainda assim, todo aquele que recebe ou recebeu salário acima do teto máximo determinado pela Constituição deveria responder por crime de corrupção.

Nem a ciência é neutra

ValMello (Professor)

Muito estranha a afirmação de que funcionário público precisa sem neutro. Nem a ciência é neutra. Há muito tempo que a ciência linguística provou que todas as nossas ações, condutas, pensamentos e o discurso são guiados por um viés político, pois nenhuma ação, conduta ou pensamento deixam de ser carregados de valores. Eu achava que todos já sabiam até no senso comum. A esse respeito há o livro "O mito da neutralidade científica", para os iniciantes pensarem a questão. http://docs12.minhateca.com.br/820791079,BR,0,0,Hilton-Japiassu---O-mito-da-neutralidade-cient%C3%ADfica.pdf Há também a dissertação O MITO DA NEUTRALIDADE E O PAPEL DA IDEOLOGIA NA CIÊNCIA DO DIREITO. Enfim deve haver livros e livros, teses e teses, para mostrar que até em pensamento tomamos partido. Eu fazia parte do Júri popular, podia ver os juízes e promotores tomando partido, pela escolha lexical, semântica e estilística das frases ou tom usado na fala ou na escrita. Até nos gestos e no "gestus" há valores e uma tomada de partido.

Epístola ao alvarojr (Advogado) e ao Ricardo (Outros)

rodolpho (Advogado Autônomo)

A sociedade é como o corpo humano, visto que o corpo humano produz poesia, mas também produz bosta.
Sem a produção de bosta o corpo humano morre.
Sem a produção de corrupção a sociedade desaparece.
A questão não é de qualidade, é de quantidade.
Com disenteria incontida a morte é certa, mas sem cagar diariamente a mais linda mulher vira defunto.
A corrupção é o erro que indica o acerto. Sem ela não se sabe o que é certo.
Controlá-la é possível, extingui-la é extinguir a sociedade, e essa tentativa do Sergio Moro, e sua horda de fanáticos, está caminhando para esse impasse.
Só um dos lados vai vencer, e esse lado é a sociedade, que continuará a produzir muita poesia e uma quantidade controlada e necessária de mijo e bosta.
Com 7 bilhões de seres humanos na Terra, temos 7 bilhões de litros de mijo e 7 bilhões de quilos de bosta fedida por dia.
Porém, temos toneladas de música, de poemas, de amor, com gente morrendo e crianças nascendo, num fluxo contínuo e interminável, até que o Planeta se choque com outro Planeta.
Ai a corrupção termina e as montanhas de bosta deixam de existir.

Ficou "bonito" no vídeo na Alemanha

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Já estão saindo os vídeos da Alemanha
http://www.sul21.com.br/jornal/moro-recebe-vaias-e-protestos-em-palestra-na-alemanha/

Ridículo!!!

alvarojr (Advogado Autônomo - Consumidor)

Essa conversa de "carta, assinada por 28 professores de Direito, História e Ciência Política" tem o único objetivo de conferir uma aparência de cientificidade nessa conversinha mole da militância que quebra viaturas da polícia e ocupa escolas para fazer valer suas razões.
Os americanos tem uma ótima expressão para se referir a esse tipo de coisa: junk science.
Os abusos alegados precisam ser especificados e demonstrados.
A divulgação das conversas entre o Brahma e sua criatura envolvendo a entrega do termo de posse pelo "Bessias" foi sim ilegal mas muito pior que a divulgação da conversa é o próprio conteúdo dela.
Fico muito decepcionado com o fato de certas pessoas que não vou mencionar terem se prestado ao papel ridículo de assinarem esse verdadeiro panfleto da CUT, contudo, surpreso com a ausência de nomes como Celso Antônio Bandeira de Mello e Marilena Chauí.
Álvaro Paulino César Júnior
OAB/MG 123.168

Esse Procurador é mau resolvido!

Ricardo, aposentado (Outros)

Quanto destempero.
E o pior é que ainda se identifica publicamente como Procurador da República e professor.
Opção política deveria passar ao largo de quem ocupa cargo público.
Mas o que esperar de quem não se dá ao próprio respeito?

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 18/12/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.