Consultor Jurídico

Notícias

Sem equilíbrio

PEC acabará com garantismo na investigação, diz entidade de agentes da PF

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

37 comentários

Não entendi.

Bellbird (Funcionário público)

Independente da forma que vc me tratou, deixa ver se entendi o que vc quis dizer.

Acho que você foi policial e reagiu a um roubo e matou o assaltante ( ou quase matou). A delegada que assumiu o inquérito perseguiu você, o que fez você perder o cargo. De qualquer forma, para sua sorte, teve um ministério público que fiscalizou a ação da delegada e o juiz que concordou com seus argumentos.

Por isso você tem raiva de delegado e é contra a autonomia.

Bom dia dr. Falcão....

Pek Cop (Outros)

Tenho grandes amigos Delegados de Polícia, infelizmente é muito extenso para explicar, o Billbard tratou com descaso o meu sofrimento por isso me desabafei, entreguei tudo nas mãos da Justiça por ainda acreditar nela, do mesmo jeito que fui prejudicado por uma, já fui ajudado por muitos outros colegas autoridades policiais, se o senhor esta lotado na PF de São Paulo ou próximo eu me dirijo ate seu gabinete para explicar tudo se houver interesse em me ajudar, forte abraço virtual e fique com Deus....ahhhh estamos juntos contra o crime ate o final!!!!

Da arte de ler o que não foi escrito III

DPF Falcão - apos (Delegado de Polícia Federal)

Prezado senhor, de pseudônimo Pek.
Se o senhor não responder e informar objetivamente, não há como esclarecer os fatos que, me perdoe, estão muito difíceis de entender.
O senhor é contra a PEC 412/2009 mas não diz porque, parece alguém que não gosta de jiló porque disseram que amargo, mas nunca provou.
Se diz perseguido, preso, torturado por obra de uma Delegada, mas não informa qual a participação do MP e do Judiciário nesse caso que, repito, não tem como ser consultado com os dados informados.
Não fiz uma defesa, mas uma constatação, até porque entendo que o contraponto deve ser feito sempre com serenidade argumentos inteligentes, e não com ofensas, que podem revelar uma incapacidade, nem sempre presente.
Esclareça os fatos. A sua "acusação" é muito grave. Diga qual foi a participação de cada um, da Delegada, do MP, do Juiz, quem o torturou, como uma vítima de tentativa de homícidio e de roubo se tornou um condenado, onde tramitou o processo.
Ou, não traga acusações sem prova, máxime quando o alvo de sua ira não pode se defender, já que teria suicidado, como o senhor afirmou.
Por derradeiro, leia o texto da PEC 412/2009, e veja que o quanto ela é benéfica à sociedade:
"Art. 144...§ 1o Lei Complementar organizará a polícia federal e prescreverá normas para a sua autonomia funcional e administrativa e a iniciativa de elaborar sua proposta orçamentária dentro dos limites estabelecidos na lei de diretrizes orçamentárias, com as seguintes funções institucionais...".
Ou seja, a PEC 412/2009 Visa assegurar para a Polícia Federal, AUTONOMIA semelhante à da AGU, DPU, CADE, MP, Universidades, Defensorias Públicas Estaduais, Agências reguladoras, livrando-a de possíveis ingerências ou pressões político-partidárias e/ou econômicas.

Falcão x falcão....DPF

Pek Cop (Outros)

Em vez do senhor falar sem saber e ficar defendendo quem o senhor não sabe, vai e leia o processo....já senti na pele a perseguição e não concordo com pec 412 por isso!!!!

Pek x pec

DPF Falcão - apos (Delegado de Polícia Federal)

Alguém que se identifica por Pek cop, diz que foi vítima de tentativa de homicídio por perseguição de uma Delegada. Foi preso e torturado.
Expulso, cumpriu pena.
Em face desse relato, diz ser contra a PEC 412/2009, que visa a dotar a Polícia Federal com autonomia semelhante a de outras instituições, o que indica desconhecer o teor da proposta.
Diz também não confiar em Delegados sem acompanhamento do MP.
Pelo nº do processo que indicou, não é possível saber o estado em que tramitou, e se na Justiça Estadual ou Federal.
Mesmo assim, ao invés de esclarecer os fatos, preferiu ofender a wuem lhe questionou.
Ora, se foi preso, houve a interveniência do Judiciário e do MP, seja no flagrante, seja na ação penal.
Como alguém pode ser vítima de tentativa de homicídio e roubo por perseguição de uma Delegada, ser expulso e preso por isso?
Demais disso, o que a autonomia da Polícia Federal tem a ver com isso?
Como se manifestou o Ministério Público, e como decidiu o Judiciário nesse caso?

Funcionário publico billbard

Pek Cop (Outros)

Deixa de ser imbecil billbard, eu sou vítima de tentativa de homicídio e roubo nesse processo que expus, antes de abrir sua boca, leia o conteúdo processual para não falar besteira, como funcionário público deveria ter mais informações antes de escrever o que não deve!!!!

Do sonho à frustração.

DPF Falcão - apos (Delegado de Polícia Federal)

Corrigindo:

Desde os bancos escolares sonhamos com o sucesso na carreira que escolhemos trilhar.

Não podemos olvidar que, no serviço público, uma das maiores realizações profissionais - e pessoais - é exercer o cargo público em que se exige, especificamente, a formação acadêmica em que nos graduamos, como por exemplo, o bacharel em Direito como Advogado, Juiz, Promotor, Procurador, Defensor, Delegado, conquanto outros também se realizem nos diversos cargos em que não se exige formação específica (auditoria, controladoria, fiscalização, agentes de polícia)

O mesmo ocorre na iniciativa privada: o Bacharel que passa a advogar efetivamente; o Médico que exerce a medicina; o Engenheiro que atua nas várias áreas de sua formação etc; o Psicólogo que tem o seu próprio consultório, o professor de educação física que tem a sua própria academia, ou dá aulas, trabalha com esportes etc.

Uns, por não conseguirem a realização profissional, acabam exercendo cargos estranhos às suas formações acadêmicas. Uns se realizam nesses cargos; outros se frustram.

A esse respeito, é esclarecedor o depoimento de um policial federal recém nomeado, a um jornal de sua cidade natal:
"... A PF não foi a minha primeira opção (...) ficava trocando de emprego na iniciativa privada para tentar galgar carreira, e não conseguia emplacar uma posição profissional boa. Embora formado, sempre conseguia um cargo como técnico, nunca como gerente ou analista, então acabei desmotivado".

Mas... sempre haverá tempo para recomeçar!

Do sonho à frustração!

DPF Falcão - apos (Delegado de Polícia Federal)

Desde os bancos escolares sonhamos com o sucesso na carreira que escolhemos trilhar.
Assim, não podemos olvidar que, no serviço público, uma das maiores realizações profissionais - e pessoais - é exercer o cargo público em que se exige, especificamente, a formação acadêmica em que nos graduamos, como por exemplo, o bacharel em Direito como Advogado, Juiz, Promotor, Procurador, Defensor, Delegado, conquanto outros também se realizem nos diversos cargos em que não se exige formação específica (auditoria, controladoria, fiscalização, agentes de polícia)
O mesmo ocorre na iniciativa privada: o Bacharel que passa a advogar efetivamente; o Médico que exerce a medicina; o Engenheiro que atua nas várias áreas de sua formação etc; o Psicólogo que tem o seu próprio consultório, o professor de educação física que tem a sua própria academia, ou dá aulas, trabalha com esportes etc.
Uns, por não conseguirem a realização profissional, acabam exercendo cargos estranhos às suas formações acadêmicas. Uns se realizam-se nesses cargos; outros se frustram, tornam-se amargos, infelizes.
A esse respeito, é esclarecedor o depoimento de um policial federal recém nomeado, a um jornal de sua cidade natal:
"... A PF não foi a minha primeira opção (...) ficava trocando de emprego na iniciativa privada para tentar galgar carreira, e não conseguia emplacar uma posição profissional boa. Embora formado, sempre conseguia um cargo como técnico, nunca como gerente ou analista, então acabei desmotivado".
Mas... sempre haverá tempo para recomeçar!

Nas carreiras do FBI não existe o cargo de escrivão

DPF Falcão - apos (Delegado de Polícia Federal)

No que concerne ao cargo de Delegado, a nomenclatura pode variar, mas a essência do cargo é a mesma: é o dirigente e, nas Polícias do Brasil, a autoridade estatal.

Assim, por exemplo, nos EUA não existe "Ministro" como no Brasil, lá o cargo é Secretário!

Nos EUA, o Procurador Geral integra o Executivo, e hoje o cargo é ocupado por uma advogada, sendo que os membros do MP de lá não têm sequer estabilidade, podendo ser demitidos a qualquer tempo.

A PEC 412, trata, única e exclusivamente de AUTONOMIA PARA A POLÍCIA FEDERAL.

A PEC 361 (errônea e apelativamente chamada de PEC do FBI) trata de cargo único, e escalonamento salarial.
Como se sabe, no FBI não há carreira única, mas várias, e não tem tantas atribuições como a Polícia Federal.

Vejam em:

https://flitparalisante.wordpress.com/2014/10/20/fbi-e-carreira-unica/

Agora entendi.

Bellbird (Funcionário público)

Querem crescer na carreira sem concurso público. Aí apresentaram uma PEC onde todos integrarão uma mesma carreira com um cargo único. Como os já policiais não fizeram concurso para a nova carreira, entrarão em extinção. Veja trecho da PEC.
"os ocupantes dos atuais "cargos da carreira policial
federal ingressarão na nova carreira", em suas classes e
padrões, por meio de enquadramento, ficando facultada a
opção, de forma irretratável, para se manterem nos
cargos atuais que ocupam, que passarão a constituir
cargos em extinção ou serem reaproveitados em outros
órgãos, nos termos da lei"
Os integrantes do atual cargo agentes, escrivães, delegado, papiloscopistas e peritos, vão optar ou não por integrar o novo cargo. Cargos que em nada se assemelham. Joga tudo em um liquidificador e viram um novo cargo.
Não precisa entender muito para ver que é inconstitucional. Fere o principio do concurso público. O pior é que se criar este novo cargo, logo será declarada inconstitucional parte da norma que junta os cargos em um só. Ocupará o novo cargo somente quem fizer concurso externo para ele. O restante, entra em extinção.
As vezes me pergunto se não existe, ao menos, uma cabeça pensante nesta associação.
Acredito que eles pensem que uma PEC não está sujeita a controle de constitucionalidade.
E não para por aí. Quem é aposentado e for agente, salta para o fim da nova carreira automaticamente. Ou seja, se tivermos como padrão o subsídio de um delegado de final de carreira da carreira atual, o agente de polícia final de carreira aposentado dá um salto e passa a ganhar o salário de um delegado final de carreira. Salta de 13,5 para 22,8.
E ainda vem dizer que é para melhorar a polícia. Bobinhos, né????

PEC dos delegados que querem ser Juíz.

ssppidder (Escrivão)

"Tanto a FENAPEF, que representa 90% dos policiais federais, quanto a APCF, representante dos peritos criminais federais, já se manifestaram contrárias à PEC 412 por ser uma proposta meramente corporativista dos delegados e que não promove melhorias nas investigações. Para o presidente da Fenapef, Luís Boudens, as polícias precisam ser mais bem organizadas e estruturadas em carreira, para que atuem com mais eficiência e produzam melhores resultados para a sociedade. “Existem propostas em andamento no Congresso que buscam essa modernização, como a PEC 361, conhecida como a “PEC do FBI” por sugerir a implantação da estrutura do FBI, uma das melhores polícias do mundo, na Polícia Federal brasileira”, afirmou Boudens."

Fala sobre a PEC 412

Bellbird (Funcionário público)

Todos sabem que não se trata de transformar a polícia em MP. Além do mais, um dos argumentos que o MP utilizava para poder investigar era que a polícia não tem autonomia. Agora a polícia quer autonomia e este mesmo MP acha errado. Querem ser a última coca cola gelada do deserto. Enquanto isso tem a tal da FENAPEF que fica coladinha no MP achando que vai ganhar alguma coisa. Pobre deles, não sabem o que vão ganhar. Ou sabem.

Caro Pek.

Bellbird (Funcionário público)

Perseguido? O MP te denunciou? Ele também Errou? A justiça recebeu a denúncia? Ela errou? Pois é, neste seu assunto, com certeza,deve haver várias verdades.

Pec 412 e seus perigos....

Pek Cop (Outros)

Fui vítima de roubo e tentativa de homicidio por perseguição policial por parte de uma delegada e que chegou ate minha expulsão como investigador, fui perseguido, preso, depois de nove meses torturado e preso e logo após eu ter saído da prisão ela se suicidou, hoje o crime prescreveu e o co-autor teve sua pena extinta....dá para confiar em delegados sem o acompanhamento do Ministerio Publico....acho que não!!!!proc. 0183194-18.1991.8.26.0002

Texto pobre

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

O procurador e outros membros do MPF deveriam ficar seu movimento contra a corrupção e propor o fim do foro por prerrogativa de função, a autonomia serve para garantir os recursos necessários às investigações, que agentes ou delegados em setor chave não sejam transferidos, antes, durante e depois das ações. A política criminal, que, anote se, nem existe continua do Estado, o controle externo da investigação continua e, deveria realmente alcançar a Polícia Civil e Militar. Agora como bem lembrado em um comentário, o MP investiga sem controle, assim o controle da Polícia deveria ser efetuado por outro órgão como o do Senado ou Assembleias

nenhum pais do mundo policia tem autonomia

daniel (Outros - Administrativa)

A policia quer inventar perseguiçÃo para se beneficiar

Quem é

Bellbird (Funcionário público)

esta tal de FENAPEF? Uma federação que é contra a autonomia de sua polícia não merece crédito. Sem comentários. O MP quer se meter nas outras instituições. Hoje o MP tem verdadeiro poder de polícia. Passou a investigar. Inclusive tem colete típicos das forças policiais. Uma polícia forte é uma polícia autônoma.
Quem é este tal de Bordon, sei lá Bourden?

Da arte de ler o que não foi escrito, parte II

DPF Falcão - apos (Delegado de Polícia Federal)

É óbvio que as instituições mencionadas, que possuem autonomia, não são de natureza policial.
Nada mais natural do que os detratores da Autonomia da PF sejam contrários a ela, máxime quando esses mesmos tentaram, por todos os meios possíveis, o cargo que desejam agora ver extinto, frustradas as suas pretensões, até agora.
Se perguntarem a todos os brasileiros se é justo que os maiores salários da República, somados a inúmeros privilégios e mordomias, devem receber auxílio moradia, ainda que tenham "casa própria", certamente a resposta seria negativa.
Essa entidade representa um quantitativo maior de policiais, é fato, já que não representam os dirigentes da PF que, como sabido, sempre são em menor número, como
no MP, no Judiciário, nas FFAA, nas PMs e PCs, por exemplo.
Que tal uma pesquisa nessas instituições sobre algo que diga respeito a elas e que eles sejam contrários?
O Procurador Geral dos EUA sequer é de carreira, e os "membros" tampouco são de carreira ou concursados, podendo ser demitidos a qualquer tempo.
Por que não implantar esse sistema aqui?
Por derradeiro, repetir mantras contrários à PEC 412/2009, sem apresentar argumentos consistentes, é atender a interesses classistas, e não ao interesse público.

Falácias

Karla R. (Outros)

Um ponto que já cansou qualquer um que tenha um pouco de conhecimento das estruturas dos órgãos públicos é esse publicado aqui em vários outros comentários quando se fala da PF, que os policiais querem virar delegados sem concurso, ora, mas que grande falácia. Os policiais não querem virar delegado sem concurso, querem uma polícia de carreira única, nos moldes do FBI e das melhores polícias do mundo. Mais pretensiosa ainda é a comparação de técnicos judiciários ou técnicos do MP se tornarem juízes os MP sem concurso. Nós estamos falando de policiais de uma mesma e única carreira como a própria CF traz no artigo 144, todos os policiais federais estão na mesma carreira, e não estamos falando de servidores administrativos e magistrados ou membros do MP, estes sim de carreiras distintas. Se quiserem comparar podem usar o exemplo de ter um concurso específico para procurador regional da república, ao invés deste importante cargo ser ocupado por procuradores da república experientes e com mérito para desempenhar tal mister, ou concurso para desembargador, ao invés de serem ocupados por juízes experientes e com méritos, ou se quiser comparar com cargos de servidores públicos de qualquer órgão, que a chefia dos servidores experientes seja ocupada por quem acabou de ingressar no órgão, sem a expertise específica desejada. Por fim, o único cargo que quer se transformar em outro sem concurso é o cargo de delegado, que almeja se transformar em juiz sem concurso, para isso, vide PEC 89/2015, que transforma delegados em juízes, bem como o substitutivo da PEC 412 que transforma delegados em Membros, como juízes e MP .

O substitutivo da PEC

Karla R. (Outros)

O que a reportagem deixou de colocar (talvez por desconhecer) e que muitos defensores desta PEC (estes sim em sua maioria sabendo muito bem e propositadamente escondendo) é que a associação dos delegados da Polícia Federal (os mesmos autores da PEC 37, que impedia o MP de investigar e que foi rechaçada após veemente combate nas ruas) editaram além dessa PEC 412, um substitutivo para ela, que lhes dá poder: a) fixar seus próprios salários e dos demais servidores do órgão; b) propor a criação e extinção de cargos, aí outro grande absurdo, pois a já citada associação de delegados quer criar o cargo de policial federal de nível médio, sendo que hoje todos os policiais federais são de nível superior, eu pergunto a quem interessa uma polícia menos capacitada, porque a associação de delegados quer policiais com menos escolaridade? Se alguém duvida deste posicionamento da associação, é só conferir o Caderno de Vila Velha da ADPF, onde a própria associação defende que a PF tenha policiais de nível médio e não de nível superior para os cargos que não sejam de delegado; c) postular diretamente em juízo, ou seja, atropelando o MP; d) os delegados passariam a ser MEMBROS, ou seja, agentes políticos, como juízes e MP, e não mais como os demais servidores públicos. Conclusão: o que está por trás dessa pretensa autonomia, é na verdade angariar poder e regalias, tendo em vista que autonomia investigativa a PF já tem, a Lava Jato prova isso, sendo que o próprio Diretor Geral da PF e o Superintendente da PF em Curitiba e aqueles que atuam na Lava Jato já afirmaram que nenhuma ingerência se operou e não tem como ocorrer.

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 16/04/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.