Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Política de ordem

Tereza Dóro será candidata a vice na
chapa de Ricardo Sayeg

Por 

Pré-candidato à presidência da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, Ricardo Sayeg afirmou à ConJur que sua vice será a ex-presidente da Subseção de Campinas, Tereza Dóro. Sayeg disse ainda que o marido de Tereza, Nivaldo Dóro, presidente da Associação dos Advogados e Estagiários de Direito Previdenciário de Campinas e Região, também o apoia.

Definição no RS
O secretário-geral da OAB-RS, Ricardo Breier, será o candidato da situação à presidência da seccional da entidade. A decisão foi tomada por aclamção pelos presidentes das subseções da seccional gaúcha da OAB, promovido na cidade de Rio Grande. Ao todo, 106 subseções compõem a OAB-RS. Breier terá como vice o atual suplente da entidade, Luiz Eduardo Amaro Pellizzer, e tem o apoio do atual presidente, Marcelo Machado Bertoluci, e do ex-mandatário da OAB-RS e vice-presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia.

Datas definidas
As datas eleitorais (eleições e o período para registro de chapas) das seccionais da OAB em Rondônia, Santa Catarina, Minas Gerais, Maranhão, Tocantins, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo foram definidas. Veja abaixo:

Estado Inscrição das chapas Eleições Edital
ES3/10 a 20/1019/novleia aqui
MAaté 21/1020/novleia aqui
MSaté 20/1020/novleia aqui
MGaté 22/1021/novleia aqui
RNaté 16/1016/novleia aqui
RSaté 19/1017/novleia aqui
ROaté 19/1017/novleia aqui
SCaté 16/1016/novleia aqui
TOaté 26/1025/novleia aqui

Urnas eletrônicas
O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins irá fornecer 39 urnas eletrônicas para o pleito à presidência da OAB-TO. No estado, ocorrerão eleições nas seguintes cidades: Palmas, Alvorada, Araguaína, Araguatins, Colinas do Tocantins, Djanópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Natividade, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Porto Nacional, Taguatinga e Tocantinópolis.

Propaganda antecipada
A Comissão Eleitoral da OAB-MT advertiu os pré-candidatos à presidência da seccional Claudia Aquino de Oliveira e José Moreno Sanches Junior pelo uso indevido das redes sociais para fazer campanha antecipada. A entidade proibiu ambos de fazer qualquer tipo de divulgação sob pena de multa de até dez vezes o valor da anuidade. Caso os autuados se neguem a cumprir a determinação, as chapas serão suspensas da disputa (clique aqui para ler a notificação).

Desistência no ES
O advogado Luciano Machado desistiu de concorrer à presidência da OAB-ES devido ao agravamento de problemas de saúde em sua família. O grupo Voz do Advogado, que era liderado por Machado, será encabeçado pelo atual presidente da seccional, Homero Mafra.

União na Paraíba
Os advogados Paulo Maia e Carlos Fábio formalizaram a união de suas candidaturas à presidência da OAB-PB. Maia será o candidato a presidente e terá como vice Raoni Vita. Carlos Fábio disputará a presidência da Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba. As informações são do portal PB Agora.

*Texto alterado às 13h10 do dia 5 de outubro de 2015 para correção.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 29 de setembro de 2015, 14h43

Comentários de leitores

6 comentários

Tereaa fora!

Carlos (Advogado Autônomo - Criminal)

Faço minhas as palavras de rodolpho (Advogado Autônomo).

Teresa Dóro foi a maior vergonha para a OAB Campinas.
Quando venceu a primeira disputa, gritava aos quatro ventos que era contra a reeleição (eu, pessoalmente, vi ela dizer isso quando da entrega da Carteira para alguns novos Advogados).
Depois, brigando contra toda a sua Diretoria, sendo que se afastaram dela, acabou concorrendo novamente e vencendo... sabe-se lá como isso se deu.

Logo depois de assumir, por anseio político, virou as costas para a OAB Campinas e se aliou ao então prefeito Hélio (cassado!)... ela estava envolvida nas questões da SANASA e, salvo engano, SETEC.

Em resumo, NENHUMA POSSIBILIDADE DE VOTAR EM UMA CHAPA EM QUE ELA FAZ PARTE!

Teresa dóro 1

rodolpho (Advogado Autônomo)

No jornal Correio Popular, de Campinas/SP, no artigo laudatório de 29/09/15, o escriba Manoel Carlos, com a arrogância e a prepotência de costume, biografou Teresa Dóro, bajulando-a do começo ao fim. O artigo é, de fato, uma propaganda eleitoral, já que Teresa Dóro é candidata a vice-presidência da Seccional da OAB Paulista, ou seja, do comando de toda a advocacia do Estado de São Paulo. Ora, Teresa Dóro foi o primeiro e único presidente de OAB que renunciou ao cargo no meio do mandato. E renunciou, não por motivo de saúde ou motivo de força maior. Renunciou por pura ambição política, e, aliada do prefeito Helio de Oliveira Santos, foi agraciada pelo mesmo com um importante e muito bem remunerado cargo na Prefeitura. Assumindo o cargo, entrou em sério confronto com o Ministério Público, em razão do deslocamento dos camelôs do centro para o bairro, confronto esse que ocupou a mídia escrita, radiofônica e televisionada. Todo esse estardalhaço porque Teresa Dóro já ambicionava candidatar-se a prefeita de Campinas. Frustrou-se a referida Teresa, em razão do escândalo da Sanasa que ameaça condenar a esposa do prefeito Helio a cerca de 400 anos de prisão, e que varreu o prefeito Helio com o estigma infernal da cassação, sendo que esse lamaçal submergiu e afogou as ambições políticas de Teresa Dóro.

Teresa dóro 2

rodolpho (Advogado Autônomo)

E, agora, por obra do escriba Manoel Carlos, ela renasce, querendo comandar toda a OAB Paulista. Vamos ressuscitar Castro Alves: “A vez primeira que eu fitei Teresa,/Como as plantas que arrasta a correnteza,/A valsa nos levou nos giros seus.../E amamos juntos... E depois na sala/”Adeus” eu disse-lhe a tremer co’a fala.../E ela, corando, murmurou-me: “adeus.”/Quando voltei... era o palácio em festa!.../E a voz d’Ela e de um homem lá na orquestra/Preenchiam de amor o azul dos céus./Entrei!.. Ela me olhou branca... surpresa!/Foi a última vez que eu vi Teresa!.../E ela arquejando murmurou-me: “adeus!”

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 07/10/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.