Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Oportunidades abundantes

Fabíola Cavalcanti assume mercado de capitais do TozziniFreire no Rio

Fabíola Augusta Cavalcanti é a nova sócia da área Corporate, Banking e Mercado de Capitais de TozziniFreire Advogados. Ela liderará a equipe na unidade do Rio de Janeiro.

A advogada chega ao escritório com o objetivo de promover novos negócios e assessorar transações em sinergia com as demais áreas e unidades do escritório. "Contar com uma profissional renomada e experiente em operações complexas como Fabíola está dentro do nosso princípio de 'one firm', que se expressa nas soluções jurídicas seguras e inovadoras que oferecemos aos nossos clientes em todo o país de forma coesa", afirma Darcy Teixeira Junior, sócio do escritório e coordenador da área Corporate.  

De acordo com Fabíola, o Rio de Janeiro está cheio de oportunidades de negócios e a economia local não depende apenas de petróleo e gás. “A cidade e o Estado têm muitas indústrias fortes em setores estratégicos como varejo, serviços financeiros e mercado imobiliário, por exemplo”, detalha. Para ela, opções como renegociação de dívidas e captações via mercado de capitais podem ser a saída mais viável para as empresas enfrentarem as adversidades atuais.

Fabíola começou a carreira no Banco Modal, em 1997. Em 2004 ingressou no Barbosa, Müssnich e Aragão Advogados, onde tornou-se sócia em 2010. Ela é recomendada pelos mais importantes guias jurídicos internacionais como Latin Lawyer 250 e Chambers & Partners.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 21 de setembro de 2015, 8h50

Comentários de leitores

1 comentário

Irrelevância

Bruno César Cunha (Advogado Assalariado - Civil)

Sinto em dizer que uma notícia dessa não tem qualquer relevância para a comunidade jurídica, ao que parece não passa de uma promoção pessoal da advogada. Lamentável que um mídia que traga assuntos de tamanha importância, como a coluna de Lênio Streck, entre outras, também se rebaixe à esse tipo de notícia aparentemente patrocinada. Duvido que este comentário será publicado, se for, ao menos reconhecerei que o Conjur respeita a liberdade de expressão.

Comentários encerrados em 29/09/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.