Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Necessidade imediata da JF

Luciano Thomé Fernandes (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

Desconheço a realidade dos outros TRF's do País, mas ao TRF1 a medida será salutar!
Quando da promulgação da CF/88 a distribuição foi muito mal executada.
Não é admissível que um Tribunal Regional Federal possua competência para um sem número de Estados Federados.
A título exemplificativo, possuo alguns processos que em menos de um ano foram sentenciados e hoje permanecem 6/7/8 anos aguardando o reexame necessário, em que pese irmos lá periodicamente diligenciar o andamento.
A situação do TRF1 é simplesmente insustentável!

trens da alegria

paulão (Advogado Autônomo)

Nosso sistema ferroviário está obsoleto, carcomido e quase inoperante. Já não é possível colocar outros trens da alegria nele. Já é um descalabro existir justiça de exceção como a federal (porque a União e seus penduricalhos têm foro privilegiado? porque não senta no banco comum dos mortais?); já não basta a justiça do trabalho, com um tribunal a cada esquina, precisando ampliar sua competência pra fingir que diz a que veio (EC 45)? que outro país tem esses dois elefantes atulhando o serviço público? O artigo falar em poder reformador seria hilário, não fosse trágico... Chamar de constituição cidadã essa feita pelo poder usurpador (não houve a assembleia nacional constituinte com que tanto sonhávamos); entregou-se o galinheiro à matilha, que legisla em causa própria, retalhando e costurando a CF sempre que ela atrapalha (por isso as quase cem emendas em 25 anos). Uma tragédia, e é chegada a hora da verdade... O paciente é terminal, e nem assim as sangrias estancam! Por uma assembleia nacional constituinte, de verdade, o fim dos privilégios, a instalação de uma nação sem castas!

Interesses Obscuros

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

O MPF e a AGU, bem como a OAB, precisam ficarem atentos contra mais essa malversação do dinheiro público.

Não é época de desperdício de dinheiro

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Senhores, não há mais dinheiro para sustentar vossos delírios por cargos, vantagens e vencimentos. A farta distribuição de dinheiro público a agentes do Estado e a vasta incompetência que toma conta do serviço público é a causa direta de uma profunda crise econômica, com grave reflexo no emprego e na renda dos mais pobres. Curitiba não precisa de mais um cabide de empregos, em que pese a vocação dos agentes públicos para a gastança desmedida. O TRF4 pode facilmente criar uma câmara local para julgamento de questões da competência da Justiça Federal do Paraná, sem a infinidade de cargos e a gastança que a criação de uma nova corte certamente irá gerar. Vamos deixar de lado, ao menos uma vez na história, o apego à gastança e à criação de cargos sem necessidade, e pensar um pouco no País e no sofrido jurisdicionado.

não precisamos de mais TRFs....

daniel (Outros - Administrativa)

com a informatização e uniformização de julgados não precisamos de mais TRFs. Precisamos de Varas, mas não de TRFs.

Comentar

Comentários encerrados em 18/09/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.