Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Interrogatórios a distância

CNJ lança sistema nacional de videoconferência nesta terça-feira

O Conselho Nacional de Justiça lança nesta terça-feira (27/10), durante sessão plenária, o Sistema Nacional de Videoconferência. A ferramenta promete dar mais rapidez e segurança à atuação do Judiciário e poderá ser usada por todos os magistrados brasileiros em reuniões e na execução de atos processuais, como oitivas e interrogatórios.

A expectativa é que o sistema contribua para a redução dos gastos com deslocamentos e emissão de cartas precatórias, além de facilitar o trabalho dos magistrados. O sistema funcionará pela internet e o acesso poderá ser feito por qualquer magistrado cadastrado no sistema corporativo do CNJ. Os usuários poderão ainda compartilhar a conexão da videoconferência, encaminhando o link da sala virtual.

O lançamento da nova ferramenta será feito pelo presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, no início da sessão plenária. Em seguida, os conselheiros passarão a analisar uma pauta de cerca de 80 itens, entre pedidos de providências, revisões disciplinares, reclamações disciplinares, procedimentos de controle administrativo, sindicâncias e atos normativos, entre outros procedimentos.

Sessão virtual
No mesmo horário, terá início a primeira sessão plenária virtual do CNJ, em que 20 itens serão julgados. A sessão virtual terá duração de uma semana e poderá ser acompanhada por qualquer pessoa pela internet, em link que será disponibilizado no portal do CNJ. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 27 de outubro de 2015, 9h57

Comentários de leitores

1 comentário

"Dibôas"

F. Castle (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Aqui "dibôas", só esperando começar a cantilena de que a videoconferência "é inconstitucional por ferir o direito à ampla defesa"...

Comentários encerrados em 04/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.